Brasileirão

‘Visitante pífio’, Athletico pega o xará goiano fora de casa

Nikão (à direita): retorno provável após oito jogos
Nikão (à direita): retorno provável após oito jogos (Foto: Fabio Wosniak / site oficial do Athletico)

O Athletico enfrenta o Atlético Goianiense neste sábado (17), às 19 horas, em Goiânia. A partida é válida pela 17ª rodada do Brasileirão e faz com que o time paranaense tenha que desafiar seu retrospecto fora de casa, que até agora tem números pífios.

Neste Brasileirão, o Athletico tem o segundo pior desempenho em jogos fora de casa. Somou apenas 3 pontos em seis jogos e aparece à frente apenas do Goiás (2 pontos em 6 jogos). Venceu apenas uma partida – 2 a 0 sobre o Fortaleza, ainda na primeira rodada. E marcou apenas 5 gols, o pior desempenho entre todos os visitantes.

Para piorar, o Athletico também não tem emplacado em casa. Na última rodada, perdeu para o Corinthians (1 a 0) na Arena da Baixada. Como consequência, o time paranaense caiu para a zona de rebaixamento, com apenas 15 pontos. O Coritiba, primeiro time fora da ZR, tem 16 pontos.

Para o técnico Eduardo Barros, o fator casa não terá tanto peso. “Acreditamos que podemos ir lá, surpreender o Atlético e fazer uma grande partida, transformar as chances que a gente tem criado em gols e retomar o caminho das vitórias, que elas não estão distantes”, disse ele.

Barros tem dois alentos: os retornos do goleiro Santos e do meia-atacante Nikão. Santos esteve na seleção brasileira e foi desfalque nas duas últimas rodadas. Nikão, por sua vez, está recuperado de lesão no joelho, que o deixou de fora dos últimos oito jogos. Por outro lado, o lateral-direito Jonathan será poupado. Como Erick, que também joga por ali, está suspenso, a tendência é que Khellven seja escalado.

Atlético-GO

O Atlético-GO faz campanha mediana no Brasileirão. Está em 9º lugar, com 16 pontos. Para este sábado, o técnico Eduardo Souza não conta com o lateral-esquerdo Nicolas (que pertence ao Athletico e não joga por questão contratual) e o atacante Gustavo Ferrareis, machudado. A tendência é que Natanael entre na lateral. Para o ataque, o técnico Eduardo Souza pode escalar Matheuzinho na ponta ou então Matheus Vargas mais centralizado e deslocar Chico.

ATLÉTICO-GO x ATHLETICO

Atlético-GO: Jean; Dudu, João Victor, Éder e Natanael; Willian Maranhão, Marlon Freitas e Chico; Janderson, Zé Roberto e Matheuzinho (Matheus Vargas). Técnico: Eduardo Souza
Athletico: Santos; Léo Gomes (Khellven), Thiago Heleno, Pedro Henrique e Abner Vinícius; Wellington, Christian e Léo Cittadini; Nikão, Renato Kayzer e Carlos Eduardo. Técnico: Eduardo Barros
Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Local: Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, sábado, às 19 horas