Publicidade
74 anos

Você sabia que o doce brigadeiro tem origem na política? No dia dele, veja cinco receitas diferentonas

(Foto: Divulgação)

oje, o doce tipicamente brasileiro, completa  74 anos e ganhou esse nome em homenagem ao Brigadeiro Eduardo Gomes, que foi candidato à presidência do Brasil em 1946. Sim, o doce mais amado do Brasil tem uma ligação direta com a política.  Heloísa Nabuco de Oliveira, membro de tradicional família carioca que apoiava a candidatura do brigadeiro, criou um tipo de doce, ligeiramente diferente da versão atual sendo feito com leite, ovos, manteiga, açúcar e chocolate, e o denominou com a patente do candidato preferido. A guloseima, feita de leite condensado, manteiga, açúcar e chocolate em pó, inicialmente feita como uma forma de arrecadar fundos para a campanha, rapidamente ganhou popularidade e se espalhou pelo resto do país junto da campanha do Brigadeiro. Como as festas dos correligionários e cabos eleitorais eram muito disputadas pela população, estes logo começaram a chamar os amigos para irem comer o "docinho do brigadeiro". Com o tempo, o nome "brigadeiro" se tornou tão associado ao doce que o mesmo passou a ser conhecido apenas como "brigadeiro". Apesar do apoio recebido, Eduardo Gomes foi derrotado nas eleições, tendo a eleição sido vencida pelo então general Eurico Gaspar Dutra. A receita, sempre irresistível, foi sendo aprimorada com o passar do tempo. Hoje o brigadeiro continua sendo servido em seu formato tradicional, mas também para comer de colher, compor sobremesas e rechear bolos. A criatividade dos chefs não têm limites diante de uma receita tão versátil.

Veja no Barulho Curitiba dicas de lojas especializadas e receitas

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES