Publicidade

Waldery: municípios receberão 15% de valor líquido de leilão de petróleo

O secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, explicou nesta segunda-feira, 5, que, além dos 15% do valor líquido que a União receberá do megaleilão do petróleo que serão partilhados com os Estados, os municípios receberão outros 15%. Os 30% que serão repassados aos entes federativos correspondem a cerca de R$ 21,9 bilhões. Ele participa de audiência no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre os repasses da Lei Kandir.

A União definiu em R$ 106,6 bilhões o valor do bônus de assinatura que será pago pelas empresas vencedoras no megaleilão. De acordo com Waldery, descontados os R$ 33,6 bilhões que serão pagos a Petrobras, sobram R$ 73 bilhões líquidos para a União. Anteriormente, durante fala na audiência, o secretário havia citado R$ 72 bilhões.

A cessão de R$ 21,9 bilhões do valor líquido da União aos entes resultará em repasse de R$ 10,9 bilhões para Estados e R$ 10,9 bilhões para municípios, segundo o secretário. Na exposição, Waldery havia citado o valor de R$ 11,5 bilhões.

A medida foi colocada em mesa durante audiência que reúne representantes dos Estados, União e do Ministério da Economia no Supremo Tribunal Federal (STF) para discutir os repasses relacionados à Lei Kandir. A audiência foi convocada pelo ministro Gilmar Mendes, que é relator de ação na Suprema Corte que trata do tema.

Representantes do governo, no entanto, trouxeram para exposição várias medidas que a equipe econômica está trabalhando sobre repasse de valores aos Estados, já que não houve, até agora, proposta em torno dos valores da Lei Kandir.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES