Publicidade
Em entrevista

Weintraub afirma que erro na correção do Enem atingiu 6 mil candidatos

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, estimou em seis mil pessoas o número de afetados por erro na correção da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. A contabilização foi feita em entrevista à Rádio Gaúcha, do Rio Grande do Sul, o chefe da pasta considerou "baixo" o impacto e disse que as notas serão corrigidas ainda na segunda-feira (20).

"A gente já tem o número de pessoas e vai ser corrigido hoje à noite", disse Weintraub. "Estamos falando de 0,1% das pessoas, isso dá cerca de cinco ou seis mil candidatos, problemas que vão ser corrigidos. O impacto é baixo e não vai ter nenhum efeito para a maioria das pessoas."

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES