Eleições 2020

WhatsApp baniu mais de 360 mil contas por disparos em massa durante campanha eleitoral

WhatsApp: parceria com o TSE para combate às fraudes e uso irregular de aplicativo de mensagens
WhatsApp: parceria com o TSE para combate às fraudes e uso irregular de aplicativo de mensagens (Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil)

Relatório divulgado hoje pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em parceria com o WhatsApp aponta que o aplicativo de mensagens baniu mais de 360 mil contas no Brasil por envio massivo ou automatizado de mensagens (abuso/spam), no período de setembro a novembro de 2020, durante a campanha das eleições municipais de 2020. A parceria foi estabelecida entre as duas entidades para combater a viralidade e as notícias falsas, dentro do Programa de Enfrentamento à Desinformação.

No período eleitoral de 27 de setembro a 29 de novembro, a plataforma de denúncias para contas suspeitas de disparos de mensagens em massa recebeu 5.180 registros, sendo 199 denúncias descartadas por não estarem relacionadas às eleições, de acordo com os relatos enviados pelos denunciantes. Após esse primeiro filtro, o TSE enviou 4.981 denúncias para o WhatsApp, para verificação de possíveis violações dos Termos de Serviço do aplicativo.

Leia mais no blog Política em Debate