Publicidade
PontoCom

WhatsApp Business no Reclame Aqui impulsiona canal

A Infobip, uma das maiores plataformas próprias de mensageria e comunicação do mundo, implementa o WhatsApp Business no Reclame Aqui, maior site de reclamações no Brasil. Com isso, o Reclame Aqui abriu mais um canal de reclamações para usuários, além de aplicativo e site. Atualmente, cerca de 200 mil usuários já reclamam via WhatsApp. E esse é um número com potencial de crescimento.

De acordo com pesquisa Panorama da Mensageria, divulgada em março, o WhatsApp está presente em 97% dos smartphones brasileiros. Além disso, 68% dos usuários se comunicam com marcas pelo aplicativo, e 76% o fazem para tirar dúvidas e pedir informações.
Com base nessas informações, Maurício Vargas, CEO do Reclame Aqui, decidiu apostar na ferramenta para atingir um público que ainda não fazia reclamações no portal do Reclame Aqui. “Muitos usuários não têm um celular capaz de rodar nosso aplicativo, e acabam desistindo de fazer reclamações justamente por não dispor de um canal disponível para isso. Não é prático para o usuário voltar para casa, abrir o computador, entrar em nosso portal e, enfim, reclamar”, comenta o executivo.

Em um mês de WhatsApp Business, 1 milhão de conversas e 14 milhões de mensagens foram trocadas pelo canal. Mais de 750 mil consumidores diferentes utilizaram o WhatsApp para efetuar reclamação, o que representou aumento de 20% na base de cadastros do Reclame Aqui. Além disso, o número de reclamações aumentou para 4 mil por dia – crescimento de 12%. Agora, a Reclame Aqui pensa em expandir o serviço para outros países. “Pensamos em entrar na Europa, talvez em Portugal, Espanha e Itália. Depois, chegaremos à Índia e ao México e a toda América Latina”, afirma Vargas.

Setor imobiliário

Os fundos Dragooner e SoftBank acabam de anunciar um aporte de US$ 250 milhões no QuintoAndar, startup que usa tecnologia e design para simplificar a locação de imóveis residenciais e com isso passa a ser considerada um unicórnio. O Dragoneer já investiu em empresas como Nubank e Uber, enquanto o SoftBank apostou em startups como Rappi e Gympass.
O valor será utilizado para a ampliação da equipe de tecnologia e expansão comercial, assim como para concretizar os planos de iniciar operações fora do Brasil em 2020.

A inovação tecnológica está provocando transformações profundas no mercado imobiliário. Por meio da integração da Inteligência Artificial - ramo da ciência da computação que elabora dispositivos capazes de simular a competência humana de raciocínio -, as startups do setor estão cada vez mais aptas a descobrir as dores de seus clientes e conquistar novos públicos. vasto potencial que eles veem no produto, alguns também nos mostraram como o smartphone precisa de alguns ajustes que garantam a melhor experiência do usuário. Para avaliar completamente esse feedback e executar mais testes internos, decidimos atrasar o lançamento do Galaxy Fold”, escreveu a empresa em nota.


Bizarrices

O assunto é moda – Luzes sempre dão o que falar seja pelo tempo gasto no salão, seja pelo preço. Mas as ‘luzes jaguatiricas’ são as campeãs do assunto nos últimos dias. Tem quem diga é um erro e tem quem goste

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES