Publicidade
Mercado da bola

Yan Couto pode se tornar o jogador mais caro da história do Coritiba

Yan Couto com a camisa da seleção brasileira
Yan Couto com a camisa da seleção brasileira (Foto: Divulgação/CBF/Alexandre Loureiro)

O lateral-direito Yan Couto, 17 anos, pode se tornar a maior venda da história do Coritiba. Segundo o site Goal.com, o Barcelona está disposto a pagar 5 milhões de euros pelo jogador. A proposta, porém, prevê mais bônus por produtividade (metas atingidas), que pode render mais 3 milhões de euros ao clube paranaense. Ou seja, o total chegaria a 8 milhões, conforme a participação do jogador no clube europeu.

Os valores com bônus superariam a maior venda da história do Coritiba, que foi a transferência do lateral-direito Rafinha para o Schalke, da Alemanha, por 5 milhões de euros em 2005. Em seguida, em 2010, o clube alemão vendeu o jogador para o Genoa, da Itália, por 8 milhões de euros. Em 2011, o Bayern de Munique pagou 5,5 milhões de euros por ele. Com o fim do contrato na Europa, em julho de 2019, ele veio a custo zero (apenas por salários) ao Flamengo.

Os dados são do site alemão Transfermarkt.de, da Alemanha, especializado em transações de jogadores em todo o planeta. Com base nos dados dos alemães, o Bem Paraná montou o ranking das dez maiores vendas pelo Coritiba em toda história. No site, porém, não há dados da negociação do meia Alex para o Palmeiras, em 1997. Segundo os arquivos do Bem Paraná, o jogador foi vendido por 2,8 milhões de dólares para o clube paulista. O valor é equivalente a 2,5 milhões de euros, considerando a cotação de 2020.

A venda de Alex ocorreu em outra realidade. O mercado do futebol mundial girava com valores mais baixos. Para se ter uma ideia, o atacante Ronaldo 'Fenômeno' quebrou em 1997 o recorde de maior transferência da história até então ao ser comprado por 28 milhões de euros pela Internazionale. Hoje, essa transferência é apenas a 9ª maior da história. O recorde é de Neymar, comprado em 2017 por 222 milhões de euros pelo Paris Saint-Germain.

O ranking foi feito em euros, devido à estabilidade da moeda. Além disso, a Europa é o maior mercado do futebol mundial. A conversão para reais provocaria distorções. O meia Alex, por exemplo, foi vendido em um período com a cotação do dólar a R$ 1,2. Hoje, a moeda dos Estados Unidos está R$ 4,2.

OS MAIS CAROS DA HISTÓRIA DO CORITIBA

Jogador

Posição

Preço em Euros

Ano

Destino

Rafinha

lateral-direito

5 milhões

2005

Schalke (Alemanha)

Juninho

zagueiro

3 milhões

2017

Palmeiras

Alex

meia

2,5 milhões*

1997

Palmeiras

Lucas Mendes

zagueiro/lateral

2,3 milhões

2013

Olympique (França)

Henrique

zagueiro

2,2 milhões

2008

Palmeiras

Adriano

lateral-esquerdo

2,1 milhões

2005

Sevilla (Espanha)

Dodô

lateral-direito

2 milhões

2018

S.Donetsk (Ucrânia)

Miranda

zagueiro

2 milhões

2006

Sochaux (França)

Davi

meia

1,9 milhão

2012

Guangzhou R&F (China)

Junior Urso

volante

1,8 milhão

2014

Shandong (China)

*Alex foi vendido por 2,8 milhões de dólares, o equivalente a 2,5 milhões de euros na cotação de 2020

Fonte: Transfermarkt.de e arquivo Bem Paraná

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES