Publicidade

Zagueiro Nino comemora boa fase da defesa do Flu e elogia Marcão e Muriel

Em franca reação no Campeonato Brasileiro, o Fluminense somou sete dos nove pontos possíveis nas últimas três rodadas e não sofreu sequer um gol. Para o zagueiro Nino, o bom momento recente não é resultado apenas da evolução da defesa tricolor. Na sua avaliação, o time todo cresceu nos últimos jogos, graças principalmente ao trabalho do técnico Marcão.

"Ficamos muito felizes pelos três jogos sem levar gols. Vemos uma mudança de mentalidade de todos, não podemos atribuir o fato de tomar gols só ao setor defensivo, é todo mundo empenhado a isso. A gente conta novamente com a boa fase do Muriel. E o Marcão tem nos ajudado muito nisso", comentou o defensor, ao dividir os méritos com o grupo.

Na sua opinião, a atuação de Marcão também vem sendo determinante para o crescimento do time. O treinador, então auxiliar, assumiu como interino assim que Oswaldo de Oliveira foi demitido no dia 27 do mês passado. E foi efetivado no dia 4.

"O Marcão é um cara que a história já mostra o amor dele pelo Fluminense. Ele conhece muito o clube e cada jogador. A gente reconhece nele um amigo, uma liderança que trata todos da mesma forma, não tenho nem muito o que falar, mas agradecer a oportunidade de trabalhar com ele", declarou.

Nino também fez questão de exaltar as últimas atuações do goleiro Muriel. Ele foi o principal jogador da equipe na vitória sobre o Bahia por 2 a 0, sábado, no Maracanã. "Para eu falar da importância do Muriel, eu tenho que falar da liderança dele fora de campo. Eu conversei com ele sobre como ele mudou nosso ambiente. Muriel é um cara muito para cima, sempre disposto a ajudar os outros", comentou.

"Mas creio que o que ele mais mudou no nosso time foi fora de campo. Um cara de liderança forte, além do grande goleiro que ele é, além de tudo que ele tem feito dentro de campo, um cara que nos representa. Isso que nos dá segurança, isso mostra que a gente é uma família, que nos faz saber que independentemente do que aconteça no campo, a gente vai poder sair de lá e se abraçar. O futebol é muito mais do que acontece dentro de campo", disse o defensor.

Nino afirmou também que o crescimento do Flu nesta segunda metade do campeonato é natural em razão do calendário mais leve, sem a disputa simultânea de outras competições. "No primeiro turno, estávamos também em outras competições, com atenção dividida, além disso a gente viu jogos em que tínhamos muito mais oportunidades, mas o adversário ia lá e, em uma bola, fazia o gol. Futebol é feito de detalhes. Isso não tem como explicar o por quê, mas vale ressaltar que a gente sempre trabalhou e sempre teve com a cabeça boa sabendo que uma hora essa maré ia virar."

Com a boa sequência recente, o Flu subiu para o 14º lugar, com 29 pontos, cada vez mais distante da zona de rebaixamento que o time já ocupou até semanas atrás. A equipe de Nino voltará a campo na quinta-feira para enfrentar o Athletico-PR, no Maracanã, pela 26ª rodada do Brasileirão.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES