Espécie ameaçada

Zoo de Curitiba comemora nascimento de filhote de lontra durante a pandemia

(Foto: Divulgação/Zoo)

Quando a pandemia deixar de ser uma ameaça e as vias internas do Zoológico de Curitiba voltarem a receber os turistas e estudantes para informações sobre conservação da fauna, todos terão surpresas. Além dos cuidados com os animais e da manutenção, que não param, novos moradores chegaram por lá.

Entre as novidades, um filhote de lontra nascido há cerca de 45 dias e que vem evoluindo de forma bastante satisfatória, de acordo com a equipe do Zoo. Iberê, que já pesa cerca de 2 kg, é o segundo filhote do casal Bella e Canauã e o décimo nono da espécie a nascer no Zoo de Curitiba.

A instituição foi pioneira em obter sucesso na reprodução de lontras. O primeiro nascimento da espécie fora da natureza na unidade de conservação aconteceu ainda no início da década de 1990. Apesar de não ser considerada uma espécie em extinção, o nascimento é comemorado.