Assine e navegue sem anúncios [+]
Faísca, Fumaça e Fuligem

Zoo de Curitiba tem novos moradores; veja quem chegou

(Foto: Divulgação/SMCS)

Os cachorros-do-mato Faísca, Fumaça e Fuligem são os mais novos reforços da Educação Ambiental do Zoológico de Curitiba. Os três se mudaram, nesta segunda-feira (20/1), para um recinto espaçoso e com uma série de estímulos e elementos para promoção do bem-estar na unidade de conservação do Alto Boqueirão.

Eles estão na bateria de recintos dos canídeos brasileiros, próximos ao graxaim-do-campo e ao lobo-guará. “Lá, os visitantes e, em especial, as crianças podem aprender sobre a importância da conservação da espécie”, destacou o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna da Secretaria do Meio Ambiente, Edson Evaristo.

Os três vieram para Curitiba encaminhados pelo Instituto Água e Terra (IAT), antigo Instituto Ambiental do Paraná, em outubro do ano passado, após perderem a mãe em uma fazenda no Norte do Paraná. Eles passaram uma temporada no setor técnico do Passeio Público para suplementação de vitaminas, alimentação adequada para a espécie e a imunização necessária.

O Zoo de Curitiba foi escolhido por ter espaço físico e equipe capacitada para o tratamento dos animais, que já não têm condições de viver sozinhos na natureza.

Seu recinto é composto por área livre com vegetação similar ao que eles encontram em seu ambiente natural e área coberta, com espaço para manejo e fornecimento de alimentação balanceada e atendimento de outras necessidades.

“As touceiras compõem intencionalmente o ambiente do recinto”, contou Evaristo. “Eles podem escolher ficar visíveis ou não, estimulando seu comportamento e com foco no bem-estar dos animais”, completou.

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK