Publicidade

Zuckerberg: foco da Libra é criar um sistema global de pagamentos, não uma moeda

O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, afirmou em sessão da Câmara dos Representantes em Washington que "o foco de Libra é criar um sistema global de pagamentos, não uma moeda".

Segundo ele, "se perceber que a Libra não avançará, de acordo com nossos princípios, Facebook não participará nela." Zuckerberg fez o comentário ao ser questionado pelo representante republicano Blaine Luetkemeyer sobre o que sua companhia faria caso aumente o número de companhias que desistiram de participar da proposta de criação desta moeda digital. Da associação original de companhias que apoiam a Libra, algumas empresas deixaram o consórcio, entre elas PayPal, Visa e Mastercard.

Hoje 21 empresas apoiam a criação de Libra. Ele apontou que se outras companhias quiserem lançar a moeda digital sem a aprovação dos órgãos reguladores dos EUA "não participaremos", disse, referindo-se ao Facebook.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES