14º

Policial é acusado de sequestro e estupro no Rio

16/04/12 às 00:00

Um policial militar do Rio de Janeiro é acusado de sequestrar e estuprar uma jovem de 21 anos na madrugada de ontem em Campo Grande, na zona oeste do Rio da Janeiro.
Identificado e levado à delegacia, o policial militar, porém, conseguiu fugir e está sendo procurado pela polícia.
O caso veio à tona após o namorado da vítima ter ido à delegacia (no 35ª Delegacia Policial de Campo Grande) na madrugada para registrar o suposto caso de sequestro e estupro de sua namorada, de 21 anos. Os nomes dos envolvidos não foram revelados pela polícia.
Após a denúncia, a delegada Elaine Villar enviou dois policiais militares que davam plantão na delegacia até o local do suposto crime.
Lá, eles detiveram o policial militar Frank Cimas Barbosa de Oliveira, lotado no 17º Batalhão da Polícia Militar (BMP), da lha do Governador, e apontado pelas vítimas como autor do sequestro e do estupro. Os dois policiais militares encarregados da tarefa eram de 40º Batalhão, de Campo Grande.
O policial militar, porém, conseguiu fugir da delegacia enquanto aguardava o registro criminal. Em nota, a Polícia Civil diz que as “circunstâncias” da fuga serão investigadas pelas corregedorias das polícias Civil e Militar.
No momento em que os dois policiais militares chegaram à delegacia com o acusado, a delegada Elaine Villar e mais seis policiais civis estavam de serviço. O policial militar não estava algemado nem recebeu voz de prisão.

Publicidade
0 Comentário