15º

Normas de sustentabilidade na Rio+20

ABNT vai apresentar como as normas técnicas podem ajudar as empresas

05/05/12 às 17:01   |  Agência Brasil

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e a International Organization for Standardization (ISO) vão participar da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, programada para junho próximo no Rio.
 
Durante o seminário Normas Internacionais da ISO  e Economia Verde: Solução para Desafios Globais, as duas entidades vão mostrar como as normas técnicas podem auxiliar as empresas na busca do desenvolvimento sustentável em seus aspectos econômicos, sociais e ambientais.
 
O Comitê da ONU para a Rio+20 confirmou à ABNT que ela terá um espaço na conferência oficial no dia 18 de junho, das 9h30 às 11h, no Riocentro. “O tema é demonstrar quanto as normas internacionais contribuem  para os objetivos da economia verde”, disse à Agência Brasil o gerente de Relações Internacionais da associação, Eduardo Campos de São Thiago.
 
Conferencistas estrangeiros, ligados ao tema do desenvolvimento sustentável, darão testemunhos de normas internacionais que foram desenvolvidas  para cumprir os objetivos da Rio+20, entre elas a que estabelece critérios de sustentabilidade para bioenergia. Será abordado também o papel da ABNT como parceiro estratégico da ISO para fortalecer a participação dos países em desenvolvimento.
 
Outros eventos paralelos que contarão com a participação da ABNT durante a Rio+20 já estão confirmados. Um deles será organizado pelas federações das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) e de São Paulo (Fiesp) no Forte de Copacabana. A associação terá espaço também na exposição que a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, fará no Píer Mauá.
 
Eduardo São Thiago informou que as apresentações da ABNT nos dois eventos estão marcadas para os dias 16 e 20 de junho, respectivamente, de manhã. ”Nós vamos demonstrar para o público como as normas internacionais  podem contribuir para o desenvolvimento sustentável”, reforçou.
 
A ABNT vai demonstrar a importância das normas como ferramenta para o desenvolvimento sustentável sob a ótica do usuário, englobando a indústria, o governo, as organizações não governamentais e os trabalhadores
 
Um dos destaques das apresentações da associação na conferência oficial e nos eventos paralelos é a norma ABNT NBR ISO 26.000 de Responsabilidade Social, publicada ao final de 2010, disse São Thiago. Essa norma envolveu 450  especialistas de quase 100 países no esforço de “tornar concreto o anseio da sociedade mundial, que era ter uma orientação sobre responsabilidade social”, destacou. O processo se estendeu de 2005 a 2010, na busca de consenso sobre a matéria.
 
O gerente da ABNT disse que um evento como a Rio+20 traz intenções que, para serem concretizadas, necessitam de normas. Lembrou que um dos resultados apresentados pela Conferência da ONU para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, realizada no Rio em 1992, foi a elaboração da  norma de gestão ambiental ISO 14.000. “Foi um resultado direto da Rio 92”.

Publicidade
0 Comentário