TJPR elege seis novos integrantes para o Órgão Especial

As eleições da cúpula diretiva do TJ foram marcadas para o dia 12 de novembro

24/09/12 às 22:10 Redação Bem Paraná com informações do TJ

O Tribunal de Justiça do Paraná elegeu nesta segunda-feira (24/9), seis novos desembargadores para o Órgão Especial. Foram eleitos, nas vagas destinadas a membros da carreira da magistratura, os desembargadores: Paulo Roberto Vasconcelos, com 86 votos; Antônio Martelozzo, com 69; Eugênio Achille Grandinetti, com 68; Guilherme Luiz Gomes, com 64 e José Augusto Gomes Aniceto com 61 votos.

Na vaga destinada a membros originários do Ministério Público foi escolhido o desembargador Clayton Coutinho de Camargo, com 65 votos.

Como suplentes foram eleitos os desembargadores: Jurandyr Souza Júnior, com 55 votos; Luis Carlos Xavier, com 50 e Luiz Sérgio Neiva de Lima Vieira, com 40 votos.

Os eleitos ocuparão a vaga por dois anos, sendo admitida a recondução por uma vez.

 Antes do iniciar a sessão do Pleno, o presidente do TJ, desembargador Miguel Kfouri Neto, comunicou que as eleições da cúpula diretiva do TJ foram marcadas para o dia 12 de novembro. Os desembargadores interessados em concorrer às cadeiras diretivas da Corte tem até o dia 11 de outubro para oficializarem as candidaturas.

 

Perfil dos novos integrantes do OE

DESEMBARGADOR PAULO ROBERTO VASCONCELOS - Nascido em Santo Thomaz de Aquino (MG) em 1947. Formado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Paraná, em 1973 e em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, em 1975. Atuou como juiz substituto nas comarcas de Guarapuava, Palmital, Pitanga, Prudentópolis, Paranaguá, Clevelândia e Guaratuba. E como juiz de Direito titular, nas comarcas de Tomazina, Ibaiti, Wenceslau Braz e Foz do Iguaçu. Nomeado como juiz de Alçada em 2002. Tomou posse como desembargador em 2005.

DESEMBARGADOR ANTÔNIO MARTELOZZO - Natural de Sertanópolis, formou-se em Direito, pela Universidade Federal do Paraná, em 1969. Ingressou na Magistratura como juiz substituto nomeado para Pato Branco em 1972. Após passar pelas comarcas de Clevelândia, Peabiru, Maringá e capital, foi promovido ao  Tribunal de Alçada. Tomou posse como desembargador em 2005.

DESEMBARGADOR EUGÊNIO ACHILLE GRANDINETTI - Curitibano, nascido em 9/1/52, formou-se em Direito pela Universidade Federal do Paraná, em 1975. Em 15 de dezembro de 1980, foi aprovado em Concurso Público de juiz substituto tendo sido designado para a comarca da Lapa. Judicou nas comarcas de São Mateus do Sul, São João do Triunfo, Campo Largo, Palmeira, Ponta Grossa, Capanema, Prudentópolis, Rio Branco do Sul. Piraquara e Curitiba. Em abril de 2002 foi promovido ao cargo de juiz do Tribunal de Alçada do Paraná. Tomou posse como desembargador em 2005.

DESEMBARGADOR GUILHERME LUIZ GOMES – Paranaense, nascido em 1950.  Formado pela Faculdade de Direito de Curitiba. Ingressou na carreira da Magistratura no ano de 1982, por meio de Concurso Público. Atuou como juiz substituto em Umuarama e Foz do Iguaçu e como juiz de Direito em Matelândia, Umuarama, São José dos Pinhais, Ponta Grossa e Curitiba. Nomeado como juiz do Tribunal de Alçada do Estado do Paraná em 2004. Tomou posse como desembargador em 2005.

DESEMBARGADOR JOSÉ AUGUSTO GOMES ANICETO - Nasceu em Ourinhos (SP). É formado pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Ingressou na Magistratura em 1978. Atuou nas Comarcas de Ipiranga, Engenheiro Beltrão, Ivaiporã, Cianorte e Curitiba. Em abril de 2002 foi promovido ao cargo de Juiz do Tribunal de Alçada do Paraná. Tomou posse como desembargador em 2005.

DESEMBARGADOR CLAYTON COUTINHO DE CAMARGO - Paranaense, nascido em 1946. Formou-se pela Faculdade de Direito de Curitiba, em 1973. Em 1974, após concurso, ingressou no Ministério Público, como promotor substituto. Foi efetivado na carreira em 1976, tendo atuado nas comarcas de Mandaguari, Bocaiúva do Sul, Colombo, Assis Chateaubriand, Ponta Grossa e Curitiba. Em abril de 1995, foi nomeado ao cargo de juiz do Tribunal de Alçada, na vaga do Quinto Constitucional, destinada ao Ministério Público. Em fevereiro de 2002, foi eleito presidente do Tribunal de Alçada do Paraná. Tomou posse como desembargador em 2003.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop