Curitiba terá a 1ª Pedalada pela despoluição do Rio Belém no dia 25 de junho

21/06/17 às 00:00 Ceres Battistelli | cerestb@gmail.com

A campanha “+Vida no Rio Belém” promoverá, no próximo dia 25 de junho (domingo), uma pedalada de 18 km, pelas ruas de Curitiba pedindo a despoluição do Rio Belém. Com o lema “Você quer ver o Rio Belém com vida?”, o deputado estadual Rasca Rodrigues (PV) e o vereador Goura (PDT), que organizam a atividade, pretendem reunir cicloativistas, lideranças comunitárias, religiosas, políticas e da sociedade em geral como forma de mostrar que à população não aguenta ver o rio morto. A concentração será a partir das 9h, no Jardim de Sofia, em frente ao Palácio das Araucárias, no Centro Cívico, ao lado das margens do Rio Belém.


Governo anuncia veto à MP 756, mas propõe nova lei para reduzir florestas
O ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, anunciou o veto a Medida Provisória 756, que reduz a proteção de 37% do território da Floresta Nacional do Jamanxim (PA). Em compensação, um novo Projeto de Lei, com o mesmo teor, será enviado ainda esta semana ao Congresso Nacional para tramitar em caráter de urgência. A ONG WWF-Brasil intensificou uma campanha pelo veto integral das duas Medidas Provisórias, que juntas deixavam vulneráveis cerca de 600 mil hectares de áreas protegidas na região. O ator e ativista Leonardo Di Caprio e a modelo Gisele Bündchen postaram em suas redes sociais o apelo levado pelo WWF.


Compensação Ambiental beneficiou 150 unidades de conservação
A Compensação Ambiental Federal destinou R$ 411,53 milhões a 150 Unidades de Conservação (UCs) do país em 2016. Captados a partir de condições estabelecidas para 30 empreendimentos licenciados pelo Ibama, os recursos foram distribuídos entre as esferas federal (85,5%), estadual (13,2%) e municipal (1,3%). Atualmente, a compensação ambiental é uma das principais fontes de recurso para UCs. O valor da compensação estabelecida na licença é definido com base no grau de impacto do empreendimento.


Paraná cria plano para controle da poluição do ar e proteção da atmosfera
O Governo do Paraná criou o Plano Estadual de Controle da Poluição do Ar e de Proteção da Atmosfera (Proepar). A resolução foi assinada pela governadora em exercício Cida Borghetti, na última segunda-feira (19).

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Últimas de Conteúdo sustentável
Blogs
Ver na versão Desktop