Correios deve indenizar em R$ 10 mil cada trabalhador vítima de assaltos nas agências

31/10/17 às 13:51 - Atualizado às 14:54 Redação Bem Paraná

A Justiça do Trabalho condenou os Correios a indenizar em R$ 10 mil cada trabalhador de Curitiba e Região Metropolitana cujas agências foram assaltadas nos últimos cinco anos. A ação foi movida pelo Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do Paraná. Apesar de representantes dos Correios não terem comparecido à audiência, ainda cabe recurso.

Na sentença, a juíza Christiane Bimbatti Amorim, do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região, afirma que “ainda que a adoção de portas giratórias e vigilantes não sejam mecanismos suficientes a impedir investida de criminosos... é fato que são obstáculos que dificultam sua atuação. E que o fato de não ter sido adotado medidas suficientes a fim de evitar roubos e, via de consequência, abalo mental dos que lá trabalham já enseja em culpa”.

A falta de reforço no sistema de segurança nas agências dos Correios onde funcionam o Banco Postal, tem sido alvo de inúmeras denúncias por parte do Sindicato. Em muitas cidades, as agências dos Correios são as únicas a ofertar serviços bancários aos moradores, incluindo o pagamento de benefícios como INSS e FGTS.

“Temos agências que foram assaltadas seis vezes um uma única semana. Sempre com criminosos armados. É crescente o número de funcionários desses locais sofrerem com síndrome do pânico, depressão, aumento de pressão arterial e riscos cardíacos e de AVC”, comentou Marcos Rogério Inocêncio, secretário geral do Sintcom-PR.

Diante da recusa da direção dos Correios em informar o número de boletins de ocorrência de assaltos ocorridos no Paraná, o Sintcom solicitou os dados à Polícia Federal e está aguardando pelo levantamento. Somente em 2016, o número de assaltos aos Bancos Postais no Estado, saltou 600% em relação a 2015, com três registros diários, em média. “Sabemos que 2017 foi muito pior”, adiantou-se Inocêncio.

O Sintcom-PR ingressou com mais 11 ações dessa natureza, uma para cada subsede e sua região, e também em lugares caóticos em relação a assaltos.

As cidades abrangidas pela indenização são: Adrianópolis, Cerro Azul, Doutor Ulysses, Lapa, Porto Amazonas, Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Colombo, Contenda, Curitiba, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Mandirituba, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Rio Branco do Sul, São José dos Pinhais, Tunas do Paraná, Antonina, Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá, Pontal do Paraná, Agudos do Sul, Campo do Tenente, Piên, Quitandinha, Rio Negro, Tijucas do Sul.

 

 

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop