Paraná perde o 'jogo da década' e vê cair série invicta

31/10/17 às 23:29 - Atualizado às 15:04 Silvio Rauth Filho
Alemão, do Paraná, vê jogador do Oeste tirar a bola da área (foto: Geraldo Bubniak)

O Paraná Clube perdeu por 2 a 1 para o Oeste, nessa terça-feira (dia 31) à noite, na Vila Capanema, pela 33ª rodada da Série B. Apesar da derrota, o time paranaense continua na 4ª colocação, com 56 pontos. O Oeste está na 5ª colocação, com 55 pontos. Ou seja, a “folga” dentro do G4 caiu de quatro pontos para um.

Clique aqui para ver a classificação da Série B no site Srgoool.

Por ser um confronto direto na luta pelo G4, o jogo dessa terça-feira era tratado como o mais importante dos últimos dez anos pelo técnico do Paraná, Matheus Costa. Mesmo com a derrota, boa parte da torcida aplaudiu a equipe, que lutou até o fim.

Clique aqui para ver a galeria de fotos do jogo.

"Nosso time errou. Demos muitos espaços no contra-ataque", disse o zagueiro Brock.

A derrota interrompeu a série de dez vitórias como mandante do Paraná. Essa foi a maior sequência de resultados positivos em casa de um clube nas duas primeiras divisões. O time paranaense também possuía a maior série invicta como mandante, com 13 partidas.

Nas últimas cinco rodadas da Série B, o Paraná ainda vai enfrentar Brasil-RS (em Pelotas), Luverdense (em Curitiba), Santa Cruz (em Recife), CRB (em Maceió) e Boa (em Curitiba).

DESEMPENHO
O Paraná jogou com garra e aplicação tática na partida. No entanto, não soube fugir da forte marcação adversária e cometeu muitos erros por nervosismo no segundo tempo. Além disso, a parte tática não funcionou na segunda etapa. Clique aqui para ver a análise do desempenho individual dos jogadores.

PÚBLICO
A partida teve o segundo maior público do Paraná na Vila Capanema na Série B, com 13.133 pagantes. O maior foi contra o Londrina, com 14.006. O recorde do time como mandante na competição ocorreu contra o Internacional, na Arena da Baixada, com 39.414.

MELHOR MANDANTE
O Paraná segue com a melhor campanha do returno da Série B, com 29 pontos nas últimas 14 rodadas. O time também é o melhor mandante da competição, com 41 pontos em 17 jogos em casa (13 vitórias, 2 empates e 2 derrotas).

ARBITRAGEM
O atacante Alemão, do Paraná, correu o risco de ser expulso aos 33 minutos do 1º tempo, quando acertou carrinho no goleiro Rodolfo. Ele levou apenas um amarelo pela jogada.

TÉCNICO
Esse foi o 13º jogo de Matheus Costa no comando da equipe. Ele soma 8 vitórias, 1 empate e 4 derrotas pelo clube.

ESCALAÇÃO
O Paraná não tinha Leandro Vilela, Guilherme Biteco e Minho, todos em recuperação. O esquema tático foi o 4-2-3-1 de sempre, com três meias ofensivos: Renatinho (centro), João Pedro (direita) e Robson (esquerda).

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo foi de muita marcação, disputa física, entradas fortes, escorregões e nervosismo. O futebol quase não entrou em campo. O Oeste não deu espaços para o quarteto ofensivo do Paraná e soube segurar os volantes e laterais do adversário. Foram 45 minutos sem chances reais de gol. O time paranaense só chegou ao gol aos 46, em chute de longa distância de Vinícius Kiss, que entrou no cantinho: 1 a 0.

SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo teve outro cenário. O Oeste saiu para o jogo e a partida ficou aberta, com ataques frequentes das duas equipes. O Paraná teve duas boas chances aos 8 e aos 9 minutos. Depois disso, o time paulista passou a chegar com facilidade. E empatou aos 21. Daniel Borges lançou e Vasconcelos entrou livre para chutar no canto: 1 a 1. Aos 19 e aos 28, saíram Renatinho e Alemão. Entraram Giovanny e Felipe Alves. As substituições não surtiram efeito e o Oeste seguiu melhor. O gol da vitória do Oeste veio aos 41, em jogada de contra-ataque finalizada por Vasconcelos.

PARANÁ 1 x 2 OESTE
Paraná: Richard; Cristovam, Maidana, Brock e Igor; Gabriel Dias, Vinicius Kiss, João Pedro, Renatinho (Giovanny) e Robson (Vitor Feijão); Alemão (Felipe Alves). Técnico: Matheus Costa
Oeste: Rodolfo; Daniel Borges, André Vinícius, Leandro Amaro e Guilherme Romão (Willian Cordeiro); Wilson Matias (Henrique), Betinho, Gabriel Vasconcelos, Mazinho e Lídio; Robert (Jheimy). Técnico: Roberto Cavalo
Gols: Vinícius Kiss (46-1º), Gabriel Vasconcelos (21-2º e 41-2º)
Cartões amarelos: Robert, Leandro Amaro (O). Alemão (P).
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (PE)
Público: 13.133 pagantes (14.155 total)
Renda: R$ 333.780,00
Local: Vila Capanema

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
2 – Renatinho lança. Cristovam tabela com João Pedro e cruza na medida. Alemão chuta mal, para fora.
18 - Falta no meio-campo. Mazinho lança para a área. Robert cabeceia sobre o gol.
25 – Rodolfo lança. Robert desvia de cabeça. Mazinho fica em boa posição, mas Maidana tira.
32 - Alemão ajeita e Renatinho chuta de fora da área. O zagueiro trava e a bola vai para fora.
45 – Mazinho arrisca de longe. A bola vai sobre o gol.
46 – Gol do Paraná. Vinícius Kiss recebe de João Pedro e chuta de longe. A bola vai no cantinho.

Segundo tempo
2 – Gabriel Vasconcelos recebe na área e chuta. Maidana bloqueia e salva o Paraná.
8 – Gabriel Dias ajeita. João Pedro chuta da entrada da área. A bola vai sobre o gol.
9 – Boa troca de passes. A bola chega até Alemão, na área. Ele gira e chuta fraco. O goleiro defende.
21 – Gol do Oeste. Daniel Borges lança e coloca Gabriel Vasconcelos na cara do gol. Ele chuta no canto.
25 – Henrique tabela com Gabriel, entra na cara do gol e chuta. Richard defende.
32 – Contra-ataque. Mazinho entra na cara do gol e chuta. Richard tira com as pontas dos dedos.
33 – Depois de escanteio, a bola sobra para Lídio, que chuta perto, ao lado.
41 – Gol do Oeste. Contra-ataque. Troca de passes. Jheimy toca para Vasconcelos, livre na área. Ele chuta por baixo do goleiro.
47 – Giovanny tenta de fora da área. O goleiro pega no canto.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop