Greve na Catalunha provoca bloqueios em ruas

09/11/17 às 00:00

Sindicatos separatistas da Catalunha promoveram ontem uma greve para contra o quadro político no país. O Serviço Catalão de Tráfego informou que mais de 50 vias foram afetadas pelos protestos dos grevistas, muitos deles nos acessos para grandes cidades da região, incluindo a capital regional, Barcelona. A operadora nacional de trens, Renfe, informou que havia composições paradas em dezenas de linhas locais, após manifestantes ocuparem essas vias. Também houve atrasos ou desvios nos trens de alta velocidade. Os sindicatos separatistas protestam contra a intervenção das autoridades centrais da Espanha na Catalunha. Partidos políticos e grupos civis pediram aos trabalhadores que se reúnam ao meio-dia nas principais cidades e novamente à noite para protestar contra a prisão de ex-membros do governo destituído da Catalunha, liderado por Carles Puigdemont, que foi para a Bélgica. O premiê belga, Charles Michel, se recuou a comentar as ações políticas de Puigdemont, com o argumento de que o caso dele deve ficar a cargo apenas das autoridades judiciais.

SEPARATISMO
Anulação
O Tribunal Constitucional da Espanha decidiu ontem que foi ilegal uma votação recente no Parlamento da Catalunha para declarar a independência da região do restante do país. O tribunal espanhol havia inicialmente suspendido a implementação do pronunciamento separatista, no mês passado, enquanto estudava sua legalidade, após o governo do premiê Mariano Rajoy contestar a medida. O voto parlamentar pela secessão foi boicotado por boa parte dos legisladores oposicionistas, mas acabou aprovado por 70 votos a 10, no Parlamento catalão de 135 integrantes.

ELEITO
Democrata
Os eleitores da Virgínia e de Nova Jersey deram aos candidatos a governadores do Partido Democrata importantes vitórias na terça-feira e também enviaram uma clara mensagem de recusa ao presidente Donald Trump, do Partido Republicano. Na disputada corrida eleitoral da Virgínia, o vice-governador democrata Ralph Northam derrotou o republicano Ed Gillespie. Em Nova Jersey, Phil Murphy bateu com folga o vice-governador republicano Kim Guadagno para suceder o impopular governador republicano Chris Christie.

PAPA
Celulares
O papa Francisco criticou ontem, o uso de telefones celulares por fiéis, padres e bispos para fazerem fotos durante a missa. Ele disse ficar “triste” quando isso acontece. “Por que, a um certo ponto, o sacerdote diz ‘corações ao alto?’ Ele não diz ‘celulares ao alto para tirar foto!’ Não! Fico triste quando celebro e vejo muitos fiéis com os celulares para cima. Não só os fiéis, mas também sacerdotes e até bispos. A missa não é espetáculo, é ir ao encontro da paixão e ressurreição do Senhor. Lembrem-se: chega de celulares”, declarou.

ASSEMBLEIA
Transgênero
Pela primeira vez na história dos Estados Unidos (EUA), uma transgênero foi eleita para um cargo legislativo. A democrata Danica Roem foi escolhida representante da Assembleia Legislativa do estado da Virginia. Danica venceu o conservador Bob Marshall na disputa por uma vaga na assembleia - cargo semelhante ao de deputado estadual. A campanha acabou polarizada sobre o debate dos direitos de homossexuais e transgêneros. Marshall, de 73 anos, é um político conservador e luta contra o movimento pela igualdade de gênero.

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop