Após críticas, Temer escolhe novo retrato oficial de seu mandato

09/11/17 às 20:26 Folhapress
GUSTAVO URIBE BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Depois de ser criticado pela fotografia anterior, o presidente Michel Temer escolheu um novo retrato oficial para sua administração à frente do Palácio do Planalto. Na nova imagem, o peemedebista aparece em pé, ao lado da bandeira nacional, sem vestir a faixa presidencial e com uma estante de livros atrás. A fotografia é diferente da anterior, na qual havia sido colocada no fundo da imagem um céu azul por meio de computação gráfica. O retrato, feito em maio na biblioteca do Palácio do Alvorada, é de autoria de Beto Barata, fotógrafo oficial da Presidência da República. O cenário de uma biblioteca é similar ao utilizado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em seu retrato oficial. A imagem anterior foi criticada nas redes sociais pela utilização exagerada de recursos gráficos. Na época, após a repercussão negativa, o peemedebista desistiu de utilizá-la. Inicialmente, o presidente estava resistente a posar para um retrato oficial, mas foi convencido de que seria um gesto necessário para reafirmar a sua legitimidade no cargo. O peemedebista ainda não decidiu se a fotografia será colocada em gabinetes ministeriais ou prédios públicos, como seus antecessores à frente do Palácio do Planalto. O retrato não será colocado na galeria de presidentes, na entrada do Palácio do Planalto. Ao assumir o comando do Palácio do Planalto, em 2011, um retrato colorido de Dilma Rousseff foi colocado na galeria, mas ela pediu na época para retirá-lo.
0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop