Conheça a vida do Papai Noel em Curitiba

Há 16 anos, Orlando Sálvaro se transforma no período natalino para encarnar o espírito do ‘bom velhinho’

06/12/17 às 23:00 - Atualizado às 11:47 Rodolfo Luis Kowalski
Orlando Sálvaro conta sua “vida” como Papai Noel em Curitiba (foto: Franklin de Freitas)

Dia 25 de dezembro. No Polo Norte faz frio, como sempre. Em Curitiba, porém, o Papai Noel encara o verão vestindo suas pesadas roupas vermelhas. Um sofrimento? Não. Uma rotina – e das mais gostosas – para Orlando Sálvaro, de 75 anos, dezesseis deles atuando como Papai Noel no período natalino.
A primeira vez em que vestiu o traje foi em 2001, para uma propaganda do Shopping Mueller. Ali, quase que por acaso, acabou por descobrir o que representa ser o Papai Noel. “Lá tinha um menino que ficava me olhando encantado. Nunca esqueci aquele olhar, era como se a roupa vermelha fosse mágica. Ali decidi que devia ser o Papai Noel”, conta Sálvaro.
Desde então, todos os anos ele participa de uma série de ações em Curitiba para shoppings, empresas e eventos familiares, o mais recente uma campanha comercial para o Shopping São José. Por onde passa – e independente da idade do público – atrai olhares apaixonados, ouve mensagens carinhosas e recebe pedidos de foto.
“É muita magia. As crianças, quando me veem, arregalam os olhos. Os adultos também não se contém, pedem para tirar fotos, abraçam. É um resgate da infância...”, conta Sálvaro. “Quando coloco a roupa, me transformo. Sou meio bravo, mas quando me visto, viro realmente o Papai Noel”, complementa.
Para este ano, aliás, a agenda do Papai Noel está corrida. É que no ano passado os filhos de Sálvaro e ajudantes do Papai Noel, Julio e Luciana, criaram o site e Facebook do “Papai Noel Curitiba”. Com isso, seguidores foram conquistados e aumentou a demanda por ações, ao ponto de resolverem oferecer vídeos para o Natal.
“Desde novembro já começaram os compromissos. Temos algumas datas ainda disponíveis, mas a véspera de Natal já está com agenda cheia há semanas, sendo que a maioria dos horários foi contrato ainda em setembro”, afirma Luciana.
Mesmo com toda a correria, porém, há espaço para fazer ações beneficientes. No ano passado, por exemplo, foi feita uma parceria com o Lar Lisa, que abriga crianças órfãs ou em risco social, e este ano, vai repetir a visita em 16 de dezembro. “A responsável pelo Lar comentou que era a primeira vez que eles ganharam o Papai Noel. Fiquei muito feliz de ajudar e pretendo aparecer lá todos os anos”, diz Sálvaro.

Centro histórico tem bloqueio para a encenação do Auto de Natal

O cruzamento das ruas do Rosário e Nestor de Castro e também o da Mateus Leme com a Treze de Maio terão bloqueios de trânsito na noite de hoje, em função da programação de Natal na região do Largo da Ordem. Ontem, o bloqueio já foi realizados nos mesmos pontos. A interrupção do tráfego de veículos pelos locais será das 18h30 às 22h30, com orientação de agentes da Superintendência de Trânsito.
Nesta semana, o Auto de Natal transforma o Centro Histórico em cenário para uma ópera a céu aberto. A apresentação tem início no Palacete Wolf, sede do Instituto Municipal de Turismo, em frente à Fonte da Memória, e segue para o Solar do Rosário, Casa Hoffmann, Igreja da Ordem e será encerrada no Memorial de Curitiba. O espetáculo acontece a partir de 20 horas.

Secretaria arrecada 6,6 mil brinquedos

A Secretaria de Obras Públicas arrecadou aproximadamente 6,6 mil brinquedos novos para campanha Natal Solidário, da Fundação de Ação Social (FAS). Os brinquedos foram repassados ontem ao prefeito Rafael Greca pelo vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, Eduardo Pimentel. “A FAS agradece a doação e a participação dos servidores da Smop nessa grande rede de solidariedade que se formou com a campanha Natal Solidário. A mobilização de todos garantiu a arrecadação de 60 mil brinquedos, o dobro de nossa meta inicial que era de 30 mil”, disse a presidente da FAS, Elenice Malzoni.

A campanha Natal Solidário teve início em 23 de outubro e contou com a colaboração da população, de empresários, igrejas e time de futebol. A campanha foi desenvolvida para arrecadar brinquedos para crianças que vivem em situação de vulnerabilidade social no município, mas por determinação do prefeito Rafael Greca, crianças que estão internadas em hospitais também receberão os brinquedos. A entrega dos presentes para as comunidades nas regionais será realizada em festas natalinas nos 45 Centros de Referência da Assistência Social (Cras).
“Muito feliz com a demonstração de carinho dos servidores e empresas parceiras da Prefeitura que fizeram essa doação que irá alegrar e trazer felicidade às crianças curitibanas”, afirmou o prefeito Rafael Greca. “Os brinquedos arrecadados serão todos direcionados para crianças atendidas pelos programas sociais da Prefeitura”, disse o vice-prefeito.

 

0 Comentário

Você precisa acessar o seu perfil para comentar nas matérias.

Blogs
Ver na versão Desktop