Carga de polietileno avaliada em R$ 300 mil é recuperada pela polícia

7 novembro, 2017 às 16:49  |  por Redação Bem Paraná
Polícia Civil

Polícia Civil

Uma carga de 50 toneladas de polietileno, avaliada em torno de R$ 300 mil, foi recuperada na madrugada desta terça-feira (07/11), pela Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas (DFRC) de Curitiba. Ação policial aconteceu no bairro Atuba, no município de Colombo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

A mercadoria foi apreendida depois que a equipe policial realizou horas de monitoramento em um barracão suspeito. A Polícia Civil chegou até o local durante uma sequência de investigações de inteligência e campo.

A especializada deu inicio as diligências assim que foi comunicada pela seguradora do veículo que o motorista que conduzia uma carreta havia desaparecido. O roubo aconteceu na noite do dia 3 deste mês de novembro, por volta da 22h30, em um posto de combustíveis situado no bairro Miringuava, em São José dos Pinhais (RMC).

Segundo informações apuradas pela polícia, duas pessoas invadiram a cabine do caminhão onde o motorista estava pernoitando, dando voz de assalto. Uma terceira pessoa também participou do roubo. “Dois dos suspeitos entraram na cabine e fizeram o motorista de refém, enquanto a terceira pessoa ficou dando cobertura do lado de fora em um carro prata”, conta o delegado-titular da DFRC, Ademair da Cruz Braga Junior.

Os suspeitos seguiram viagem para a região de Colombo e posteriormente colocaram a vítima no veículo prata, ficando com o motorista até o inicio da manhã do dia 04/11. Investigações apuraram que vítima foi abandonada nas proximidades do pedágio, na BR – 277.

Na manhã do dia 04/11 a equipe policial acabou encontrando o caminhão abandonado próximo a um supermercado na Avenida das Torres. “O veículo estava vazio e a perícia foi realizada no local”, relata o delegado.

Na sequência das investigações, os policiais da DFRC acabaram chegando até um barracão no município de Colombo. Ninguém foi encontrado e a carga foi localizada intacta. De acordo com o delegado, tudo indica que o local era utilizado para guardar cargas roubadas.

As investigações seguem para identificar as pessoas envolvidas no roubo, bem com os receptadores que usavam o local para armazenar os produtos roubados.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>