Arquivo mensais:novembro 2007

Governo desiste do ‘tarifaço’

30 novembro, 2007 às 17:10  |  por Marcus Vinícius

O governador Roberto Requião determinou, nesta sexta-feira (30), a retirada das mensagens que pretendiam ajustar o IPVA e o Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doações que tramitavam no Legislativo.
Para justificar a decisão, Requião despejou populismo barato. “Queríamos reduzir o imposto dos carros populares, zerar o das motocicletas de até 125 cilindradas e isentar o Imposto de Transmissão Causa Mortis dos pobres, aumentando o imposto pago pelos mais ricos. Entretanto, os deputados do DEM e do PSDB partiram em defesa dos milionários e, por isso, estamos retirando os projetos”, explicou o governador Roberto Requião.

Fora a balela, a decisão do governo atende o fato de que o PT preparava-se para fechar questão contra o aumento do IPVA e os próprios deputados peemedebistas não estavam convencidos da necessidade do reajuste. “Era um projeto inócuo que resultaria em um desgaste muito grande para o governo e, em contrapartida, uma arrecadação insignificante”, afirmou agora há pouco o deputado petista Tadeu Veneri.

Valha-me Deus

30 novembro, 2007 às 15:50  |  por Marcus Vinícius

00-marcelo.jpg

A sucursal do balacobaco viu a foto de Marcelo Rossi na coleção que serve de anabolizante de circulação do jornal da província e disparou: “Carregaram no Photoshop. Olhe a boca torta do padre (no detalhe). Tá parecendo o Popeye!”. Nem tanto, nem tanto.

Ao menos no mundo virtual, Jocelito Canto está eleito

30 novembro, 2007 às 13:54  |  por Marcus Vinícius

A pesquisa do Ibope, que apontou o deputado Jocelito Canto (PTB) com 40% das intenções de voto para a prefeitura de Ponta Grossa, animou o parlamentar a anunciar o seu secretariado um ano antes da eleição.  A lista está no blog de Jocelito (aqui) e inclui extensos comentários sobre cada uma das pastas.

O nome do “Projeto de Governo” também já foi batizado. Irá se chamar “São Francisco” em homenagem ao santo católico e vai levar ao pé da letra o termo “franciscano”.

‘Nosso compromisso é fazer uma campanha limpa, honesta, sem acordos, sem comprar ninguém, sem fazer uma única promessa, sem o tal famoso e enganador plano de governo que nunca funciona. Uma campanha que terá apenas o famoso santinho, o candidato de casa em casa, sem caminhões de som, muitas reuniões nos bairros e com líderes. Sem churrascada, sem linguiçada, café da tarde com presentes. Sem placas, bonecos, cabos eleitorais pagos a  peso de ouro’, afirma ele.

Na lista de secretários,  o ‘prefeito virtual’ relaciona os seguintes nomes:

Super Fundação de Assistência Social – Coronel Carvalho
Secretaria da Saúde – “Estou analisando nomes e atitudes”
Secretaria de Indústria e Comércio – Herculano Lisboa
Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente – Sandra Queiroz
Secretaria de Planejamento – Paulo Godoy
Secretaria de Recursos Humanos – Leovanir Martins
Secretaria de Educação – “Nome a ser definido pelo prefeito e membros da Educação”
Fundação de Esportes e TV Educativa – Professor Fauzi
Chefe de Gabinete do Prefeito – Pedro Sebastião
Secretaria de Transparência – Odivaldo Alves
Secretaria de  Finanças – Roberto Mongruel
Assessor em Curitiba e Brasília – Daniel Gaidex, o “Muru”
Secretaria de Negócios Jurídicos – Dra. Regina Wolochn
Autarquia de Trânsito e Guarda Municipal – Paulo Balancim

Mas, atenção, barnabés. Tudo pode mudar. Jocelito alerta: ‘Claro que alguns cargos poderão ser mudados à medida (sic) em que a pessoa cotada não aceitar o convite, ou porque, na sequência, entendermos (sic) que alguns não têm aquelas condições que eu achava que tinham. Ou, ainda, porque achei alguém no transcorrer do próximo ano que seja melhor que o indicado. Quanto aos indefinidos, é porque ainda tenho dúvidas.’

Direto no queixo

30 novembro, 2007 às 11:43  |  por Marcus Vinícius

Os resmungos e muxoxos de Requião foram em vão. Ontem (29), o Ministério Público Federal enviou ofício à TV Educativa solicitando, no prazo de 24 horas, o envio de cópia integral em DVD do Programa Escola de Governo (a “Escolinha”) da última terça-feira. O programa deve ser anexado ao já volumoso processo contra a rádio e televisão estatal. Na edição de terça-feira, a presidente da Associação Paranaense do Ministério Público, Maria Tereza Uille Gomes, esteve na “Escolinha” e mandou recado direto a Requião. “A TV pública tem cunho educativo” e não pode se transformar em palanque de desaforos e cismas políticas do governo. Tomou, papudo?

Nome ao boy

30 novembro, 2007 às 11:24  |  por Marcus Vinícius

Sandro Alex, da Rádio Mundi de Ponta Grossa, foi o autor do comentário comparando a barbie petista Gleisi Hoffmann e Michael Jackson (leia post aqui). Abaixo a foto que o inspirou.

00-gleisi3.JPG

00-michael3.jpg

Gleisi Hoffmann é a do alto.

Governo anistia perseguidos políticos… de Collor!

30 novembro, 2007 às 09:57  |  por Marcus Vinícius

DEU NA FOLHA DE S. PAULO

O governo federal vai reintegrar milhares de servidores públicos demitidos durante o mandato de Fernando Collor (1990-92), por considerar que foram vítimas de atos ilegais e de perseguição política.
Tramitam no Executivo cerca de 16 mil processos de servidores que se sentiram prejudicados e pedem a reinclusão na administração federal.
A maioria dos pedidos deve ser aceita e readmissões poderão ocorrer já em 2008, em pleno período eleitoral. Nesses casos, a vedação imposta pela lei eleitoral não será aplicada, pois não são novas contratações.
Encaixam-se os servidores demitidos de 16 de março de 1990 a 30 de setembro de 1992, período do mandato de Collor.
Em 94, depois da pressão dos servidores, o Congresso aprovou uma lei anistiando-os e assegurando a eles direito ao retorno ao trabalho. Mas, no governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), as readmissões ficaram congeladas.
Lula, ao assumir, prometeu resolver a questão. Formou uma comissão com representantes da AGU e os ministérios da Fazenda, Casa Civil e Planejamento. Representantes dos anistiados também participam.
Continuar lendo

Mensagem aos corintianos

30 novembro, 2007 às 09:34  |  por Marcus Vinícius

DO ZÉ SIMÃO:

‘É na merda que nasce o champignon’. (Pardon se não vai em francês).

Quaquaquá.

Ufa!

30 novembro, 2007 às 09:18  |  por Marcus Vinícius

00-girafa2.JPG

Ei, tá vendo a sexta-feira?