Arte ao Redor

Marianna Camargo

Publicidade

Sagaz Marciel Conrado

Conrado em ação. Foto Divulgação

O blog "Arte ao Redor" traz este ano uma série de mini entrevistas de artistas visuais que atuam no Paraná. O primeiro convidado é Marciel Conrado, artista, educador e designer.

Conrado imprime sagacidade em suas obras, o que torna seu trabalho questionador.  É daqueles artistas que você identifica o trabalho logo que vê. Em Curitiba e no mundo, nos lugares por onde passou, as pessoas podem encontrar sua arte de traços fortes e provocativos – com a excelência técnica de quem é especialista no que faz. Arte-educador, Conrado crê na importância da educação, em compartilhar o conhecimento e no fazer junto. Como designer gráfico colaborou em várias exposições e como artista de muitas mostras individuais e coletivas ao longo de sua trajetória. Nas ruas da cidade, seu trabalho está nas esquinas, nos muros, na passagem que transforma a paisagem e torna o dia a dia mais suave, com firmeza e poesia.

O que é arte para você?

Hoje é a necessidade de existir pra além da banalidade, que é só aparente mesmo, forçada nos condicionamentos. Acompanha o desejo de suspender uma ordem e fazer-se visto, e talvez tornar visível coisas para deixar a realidade mais suportável. Tem a ver com egoísmo, expurgo e utopia.

Qual seus projetos mais relevantes?
Penso que é o último, no período que dura um certo deleite. Há outros que gosto e mantenho um olhar terno, reconheço neles resultados de processos, desafios. Entre estes tem a pintura do painel na Praça Generoso Marques. Gostaria de fazer algo novo em cima este ano.

Quais são suas percepções do que está sendo produzido atualmente no Estado?
Certamente tem muita coisa legal e é necessário dar mais atenção para as produções que estão próximas,  que nos revelam algo sobre contextos que estamos inseridos. Carecemos de espaços e políticas voltadas pra cultura, isso já foi melhor.

Onde ver suas obras em Curitiba?
Em paredes da cidade no tempo que elas duram, nas exposições que busco participar regularmente, e na minha casa, para quem queira visitar combinando comigo.

O que está produzindo atualmente?
O semestre anterior foi bem importante, aprendi um tanto com a pintura. Agora estou iniciando algumas peças de cerâmica. Continuo com o graffiti e quero fazer uma exposição.

Principal motivação:
Tentar entender o mundo e estar em contato com as pessoas.

Um sonho:
Viver de arte com dignidade.

Técnica mista. Foto divulgação

Para conhecer mais sua obra:instagram/marcielconrado

Qualquer sugestão, comentário e opinião, por favor envie um e-mail para:marianna.camargo@gmail.com

Quem faz o blog

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES