• Blogs

    Tarumã: Fortes chuvas transferem corridas para a próxima segunda

    Tarumã: Fortes chuvas transferem corridas para a próxima segunda
    (Foto: Foto por Beatriz Calderari Vianna )

    Um temporal de dimensões grandes atingiu Curitiba na tarde de ontem. O que parecia ser uma "chuva de verão" causou muitos estragos depois de horas intermitentes de grande quantidade de água. 

    Diversas localidades da cidade ficaram alagadas, árvores caíram e com isso as linhas de transmissão da Copel, fornecedora de energia no Paraná foram atingidas. O bairro do Tarumã, onde se localiza o Jockey Club do Paraná foi muito atingido, fazendo com que a luz não voltasse em sua totalidade. 

    Estádio Vila Capanema completamente inundado.

    Assim, a Comissão de Corridas e a Diretoria do clube, am ação rápida com o Jockey Club do Brasileiro, decidiu menos de 1h30 após o programado para o cânter do primeiro páreo transferir a reunião para o dia 25 de fevereiro, segunda-feira. 

    O programa e os páreos serão os mesmos, apenas alterando os horários de realização das provas. O primeiro páreo será corrido às 18h15. O prejuízo causado ao clube através de funcionários diaristas, equipe de transmissão e locação do sinal de satélite foram absorvidos. 

    A torcida do clube agora e que o movimento de apostas na segunda-feira seja alto para suprir este déficit, na casa de R$ 30 mil. Como as apostas acontecerão em simulcasting com as corridas de segunda-feira no Hipódromo da Gávea, isso é extremamente possível. 

    Uma curiosidade é que esta transferência vai coincidir com outra data importante, fazendo com que a reunião receba ainda mais público. O Jockey vai realizar nesta segunda (25) a inauguração da Escola Preparatória de Jóqueis Guido e Iolanda Pelanda, a partir das 16 horas. 

    Com diversos cômodos e comodidade para os novos talentos, a edificação construída substitui a antiga, que foi feita em área tombada pelo patrimônio histórico e demolida. A previsão é que seis alunos comecem na Escola, que contará com Zeferino Moura Rosa como instrutor residente. 

  • Blogs

    Tarumã: Cinco destaques sobre as corridas desta quinta

    Tarumã: Cinco destaques sobre as corridas desta quinta
    (Foto: Site JCPR por Porfirio Menezes)

    Chegamos a mais uma reunião turfística no Jockey Club do Paraná. Então é hora de falarmos sobre detalhes importantes envolvendo as provas de hoje. Serão cinco, que podem fazer toda a diferença na hora da aposta. 

    Olho em Belo do Rock: 

    Na reunião passada um azarão estreou vencendo a prova de potros. Nós já avisávamos que não seria fácil abrir a Supertri inicial naquela oportunidade. Hoje também não, já que temos dois animais que despontam como favoritos, Hard Ticket e Bom de Briga. 

    No entanto, está muito comentado Belo do Rock. Na verdade ele já estava sendo especulado na última reunião. Entao fique de olho no potro treinado por Edgar Araújo. 

    Chegou a hora de Noble Weels?

    Canadian Boy volta depois de descansar por um mês e é a força do segundo páreo. Mas Noble Wells vem perdendo para tempos muito melhores que os assinalados pelo cavalo de Ari de Azevedo Perez. O embate será bom, contudo, parece que chegou a hora do animal do Stud Yelow River tirar foto novamente. 

    A barbadona de hoje: 

    Vangelis retorna ao Claiming Extra e é a grande força da prova. Perdeu carreira incrível para Fly Low e agora, além de estar dois quilos mais leve que o adversário, corre na distância que mais gosta. Se não tiver nenhum contratemmpo é a grande barbada da reunião. 

    Melhor carreira da reunião: 

    O Prêmio Antônio Jorge Ribeiro de Camargo é a prova mais equilibrada da reunião. Olhando o campo da prova fica difícil imaginar que não teremos uma quadrifeta de quatro dígitos. Claro que para isso acontecer, os apostadores tem que ir ao guichê e apostar "com gosto". 

    Fast Beautiful venceu bem, mas subiu de turma. Zaza Glory vem de vitória, no entanto retorna após dois meses parada. Gulliver é um ótimo nome, assim como Zanzibar Prince, que corre com grandes chances. 

    E ainda tem mais três ou quatro animais que podem surpreender e entrar nesta quadrifeta. Não se surpreendam se um azarão vencer esta prova, pois ela está realmente aberta. 

    Top Tarumã Stud deve chegar à primeira vitória: 

    Um novo Stud estreou há duas reuniões. Chamado de Top Tarumã Stud, conta com turfistas como Sergio Buzato e José Cid Campêlo Filho. Tudo sob a tutela de Carlos Cesar Carlindo. Na ocasião perderam nos metros finais, então agora devem vencer. 

    No sétimo páreo eles tem na pista Afamado Trinni, de criação do Haras Ponta Porã. Não existe dúvida que está muito bem preparado, então não se surpreendam se ele derrotar as parelhas do Haras Rio Iguassu e Haras Belmont. 

    As corridas acontecem no Jockey Club do Paraná, que fica na Avenida Victor Ferreira do Amaral, 2299, Tarumã, em frente ao Estádio do Pinheirão. Entrada e estacionamento são gratuitos. O início é às 17 horas, com previsão de término às 21 horas. 

  • Blogs

    Happy Hour com corridas esta quinta no Jockey

    Happy Hour com corridas esta quinta no Jockey

    O Jockey Club do Paraná realiza nesta quinta-feira (21) mais uma reunião turfística. Com oito provas a serem disputadas a partir das 17 horas, o clube centenário aposta novamente em entretenimento para atrair cada vez mais curitibanos para seu happy hour.

    Com grande espaço arborizado, o Jockey por vezes lembra até um dos parques da cidade. A diferença é que a cada 35 minutos acontece uma corrida de cavalos na pista principal, proporcionando emoção e até algum “dinheiro” para quem se arriscar a apostar.

    Dentro da pista serão três provas principais, o primeiro, o sexto e o sétimo páreo. Serão homenageados nestas provas Jael Bergamaschi Barros, Antônio Jorge Ribeiro de Camargo e Luiz Carlos Moletta.

    Fora da pista um festival de food trucks, o restaurante que serve a melhor carne de onça de Curitiba, chope gelado e muita diversão, em um horário acessível para todos. A entrada, a rede de Wi-Fi e o estacionamento são gratuitos. O Jockey Club do Paraná fica na Avenida Victor Ferreira do Amaral, 2299, Tarumã, em frente ao Estádio do Pinheirão.

    Baile de Pré-Carnaval anima o Jockey no sábado:

    Contamos aqui na semana passada que a diretoria social do Jockey está organizando diversos eventos para arrecadar fundos. Com grande acervo artístico, que conta com obras de pintores renomados, o clube precisa restaurá-los para poder colocá-los em exposição.

    E neste sábado (23) acontece o Baile de Pré-Carnaval do Jockey. Que contará com as bandas Alohabana, que toca o melhor da música caribenha e Calango Brabo, banda paulista de forró. A festa acontece no Salão Almeida Prado, que fica na parte superior da arquibancada social. O início será às 21 horas e a festa conta com open bar de caipirinha.

    Os convites podem ser adquiridos na Secretaria do Jockey. Para mais informações e reserva de mesas os números são 41 3075-2121 e 41 9 9972-7879.

    Indicações:

    1° Páreo: Hard Ticket (n°01) – Bom de Briga (n°02) – Belo do Rock (n°05).

    2° Páreo: Noble Wells (n°07) - Canadian Boy (n°05) – Kihale (n°08).

    3° Páreo: Tom Maior (n°04) – Kanji (n°01) – Jogo de Cartas (n°06).

    4° Páreo: Agnes Jolie (n°01) – Another Special (n°05) – Ibiza Dancer (n°06).

    5° Páreo: Vangelis (n°02) – Fly Low (n°05) – Uno Prospeector (n°10).

    6° Páreo: Fast Beautiful (n°09) – Zaza Glory (n°02) – Cacique da Aldeia/Gulliver (n°05).

    7° Páreo: Afamado Trinni (n°04) – Parelha 02 (n°02) – Joane/Old Kowboy (n°06).

    8° Páreo: Zagorski (n°07) – Parelha 05 (n°05) – Doutorado (n°04).

  • Blogs

    Um Haras no Centro de São José dos Pinhais

    Um Haras no Centro de São José dos Pinhais

    Quem mora em São José dos Pinhais já deve ter passado pelo menos uma vez na vida pela Avenida Rui Barbosa. Ou mesmo quem não mora, mas trabalha no polo industrial da cidade que conta com o segundo maior PIB do Estado, alguma vez já passou nesta movimentada avenida, que praticamente atravessa a cidade de um lado ao outro.

    Mas o que ninguém imagina é que, dividindo a calçada com os pedestres, se encontra um centro criatório de cavalos de corrida. Isso mesmo, próximo a concessionárias de veículos, fábricas, lojas, restaurantes e até uma casa de shows, existe um haras que cria cavalos de corrida. E o proprietário é o criador mais velho do Brasil.

    Aos 91 anos, Clemente Moletta parece um menino ao contar a história de seu haras. Estabelecido no mesmo lugar desde 1959, o “Seu Clemente” relembra que quando decidiu pela região para começar a criar cavalos foi criticado por alguns, afinal, ali já era o Centro de São José dos Pinhais.

    “Quando eu comecei aqui alguns amigos falaram que eu era louco, que aqui não iria dar certo”, conta o turfista. “Mas aqui na rua passava um carro por mês. Quando comecei aqui só passava charrete e carroça, nem tinha a rua asfaltada ainda.”

    Com o tempo a região foi crescendo e o haras foi começando a ficar cercado pela civilização. Com isso, Clemente teve que se adaptar a modernidade. A água para os cavalos, que não pode ser a que vem da rua (tratada com cloro) é retirada de poços artesianos. O pasto, um dos principais alimentos dos cavalos criados lá, foi plantado por especialistas e hoje brota em grande quantidade, semelhante ao que acontece nas fazendas. E mesmo com indústrias o cercando, os resultados nas pistas são muito bons.

    Criando cavalos dentro da metrópole, o Haras Clemente Moletta já venceu diversas provas graduadas no Brasil. Inclusive o Grande Prêmio Paraná, principal prova do estado. A qualidade dos crioulos do “Seu Clemente” é tão grande que ele já venceu nos Hipódromos de Maroñas e Las Piedras, no Uruguai. E para a surpresa de todos, na semana passada o seu cavalo Dá-lhe Ghadeer bateu o recorde dos 1.200 metros no Hipódromo de Omã, na Península Arábica.

    O resultado disso, segundo Clemente é o amor pelos cavalos. Além, claro, da qualidade de suas matrizes e de seu garanhão, o reprodutor É do Sul, que desde 2007 mora no “Centrão de São José”.

    Resultados nas pistas impressionam:

    Criando em um local que para muitos não é adequado, o Haras Clemente Moletta tem excelentes resultados nas pistas brasileiras e internacionais. Uma das melhores éguas do Brasil saiu de lá, Dalheconquistadora.

    O irmão dela, Dá-lhe Ghadeer já venceu no Brasil, no Uruguai e em Omã, na Península Arábica. O filho da reprodutora Spade ganhou duas das três provas que correu em Mascate, uma delas em tempo recorde.

    Mas o maior feito deste haras que fica no meio da cidade foi em 2004. Dá-lhe Grison venceu o Grande Prêmio Paraná (G1), maior prova do estado e na época a maior prova em pista de areia do Brasil. Os resultados são impressionantes e até surreais, uma vez que de dentro dos pastos é possível ver os ônibus passando na Avenida Rui Barbosa.

    Ao todo são 26 animais alojados em cerca de dois hectares, localizados de frente para uma das maiores avenidas de São José dos Pinhais. O proprietário, Clemente Moletta reside no local com sua família, fazendo dali uma espécie de residência/chácara/haras no Centro da sexta cidade mais populosa do Paraná.

  • Blogs

    Leilão de treinamento com inscrições até dia 22

    Leilão de treinamento com inscrições até dia 22
    (Foto: Site JCSP por Porfirio Menezes)

    Se você é proprietário de cavalos de corrida e pretende abrir espaço na sua cocheira para os animais da nova geração, a hora é agora. A Pro Turfe está colhendo inscrições até o próximo dia 22 para o Leilão Virtual de Treinamento Pro Turfe. 

    Com o sistema de pré-lances e bancos de vídeos dos animais, este concorrido leilão contará com diversos animais em treinamento, oferecendo grande oportunidade de venda e de compra. 

    Já estão confirmadas inscriçoes de animais clássicos. Terá a participação já confirmada do Haras Regina e Haras Moema. O Stud Castelabatte irá liquidar todo o seu plantel neste leilão.

    Serão recebidas inscrições até às 12 horas da sexta-feira (22 de fevereiro). O leilão acontecerá no dia 10 de março. Para mais informações e adesões os telefones são 11 9 9977-2512 (Leo Friedberg) ou 21 9 9167-4866 (Rodrigo Lopes). 

    Inscrições para o Leilão de Potros Paranaenses são prorrogadas: 

    A Pro Turfe também divulgou que as inscrições para o Leilão de Potros Paranaenses foi prorrogada para o dia 08 de março. Como o evento que acontecerá no Jockey Club do Paraná está marcado para o dia 11 de abril, nada mais justo que dar tempo para que ainda mais criadores paranaenses façam parte. 

    O Leilão recebe o apoio do Jockey Club do Paraná e da ACPCCP. Já estão confirmados os seguintes criadores: Haras Santarém (Glória de Campeão - Dubai World Cup), Haras Santa Rita da Serra (Barollo - GP Brasil), Haras Springfield (Jaffar - GP Governadora do Estado), Haras Cima (Slam of Cat - GP Antenor de Lara Campos), Haras Palmerini (Hassenah - poli clássica), Haras Valente (Roxinho e Fixador - Tríplice Coroados), Roberto Belina (Pateo do Batel e Pixilim) e ainda Dr. Newton Birkis, Dr. Joaquim Alda e Dr.Alessandro Mercadante, todos ótimos criadores e responsáveis por grandes centros criatórios. 

    Entre os produtos já inscritos se encontram filhos de Tiger Heart, Forestry, Salto, Kodiak Kowboy, É do Sul, Courtier, Impression, Amigoni, Phone Time e Molengão. Os telefones para maiores informações e adesões são 41 3266-5093 - Dariu e 11 99977-2512 - Leo Friedberg. 

     

  • Blogs

    Garbo Talks e Grandeza conquistam a primeira coroa carioca

    Garbo Talks e Grandeza conquistam a primeira coroa carioca

    Há pouco aconteceu as primeiras etapas da Tríplice Coroa Carioca. E Garbo Talks e Grandeza colocaram a mão na primeira das três taças cariocas. As carreiras de ambos foram um pouco diferentes, porém combinaram na hora de cruzarem o disco. Vitórias incontestes e que nos dão esperanças de vermos novos tríplices coroados. 

    Grande Prêmio Henrique Possolo (G1):

    Inscrita como "faixa" e preterida pelo jóquei titular do Haras Santa Maria de Araras, a filha de Put it Back venceu de maneira espetacular e desde já se torna favorita ao Grande Prêmio Diana (G1). 

    Logo na partida Grandeza tentou a ponta, mas forçando pelo lado de fora foi Doppio Shanghai quem assumiu a primeira colocação. A égua do Haras Cifra foi seguida de perto por Mariko Kori, com Grandeza e Mendieta a seguir.

    Na grande curva a égua do Santa Maria de Araras se aproximou, entrando a curva praticamente emparelhada com Doppio Shanghai. Mendieta, pilotada por Jorge Ricardo veio junto e até deu impressão de que disputaria a prova. 

    Nos 300 finais Lisboeta até se aproximou, mas tocada por seu jóquei Grandeza começou a abrir, despachando a rival. Na segunda colocação chegou Lisboeta, com Pineapple Pie, Mendieta e Gaivina. 

    Filha de Put it Back e Vanua Levu (Wild Event), Grandeza é de criação e propriedade do Haras Santa Maria de Araras. Foi apresentada por Christiano Oliveira e assinalou 1'35"27 para os 1.600 metros na grama pesada. 

    Grande Prêmio Estado do Rio de Janeiro (G1):

    No páreo seguinte foi a vez de Garbo Talks confirmar as expectativas de seus proprietários. Depois de vencer com extrema facilidade a prova preparatória, o defensor do Haras do Morro chegava para derrotar Leviatan, o favorito os apostadores. 

    Na partida ele foi para ponta, como é sua característica. Dark Bobby tentou acompanhar o ponteiro, mas não conseguiu. Leviatan, com Valdinei Gil tentou acompanhar os trem dos dois, correndo em terceiro perto. 

    Na reta final, o cavalo do Haras do Morro colou na cerca interna e começou a livrar vantagem. Sem ação, Leviatan "pulava no mesmo lugar", não confirmando a liderança que todos acreditavam que ele tinha. Taksim, sempre regular ainda tentou manter o segundo posto, no entanto foi alcançado nos metros finais por Gol na Certa. 

    Filho de Put it Back e Road to Jamaica (Blush Rambler), Garbo Talks é de criação do Haras Santa Maria de Araras. Foi apresentado por Luis Esteves e teve a direção do atual campeão das estatísticas Vagnr Borges. O tempo foi de 1'34"85. 

  • Blogs

    A incrível vitória de Dá-lhe Ghadeer em Omã

    A incrível vitória de Dá-lhe Ghadeer em Omã
    Criado em São José dos Pinhais, Dá-lhe Ghadeer venceu em tempo recorde.

    Que o turfe brasileiro faz sucesso por onde passa não é novidade. A cada dia mais animais são exportados e conquistam mercado em diversos lugares do mundo. 

    Já tivemos vitórias importantes em Cingapura, Estados Unidos, Hong Kong e Dubai. Também somos campeões de exportação no Uruguai e vencemos diversas provas na Argentina. Enfim, nossa criação está entre as melhores do mundo. 

    Mas um mercado até então desconhecido está surgindo e o turfe brasileiro está começando a protagonizar por lá. O Hipódromo de Omã, na Península Arábica está chamando a atenção pela organização, quantidade de cavalos e claro, pelos petrodólares. 

    E o Haras Clemente Moletta decidiu mandar dois de seus principais animais para correrem lá. Depois de vencer no Brasil e Uruguai, agora os filhos de É do Sul, Dá-lhe Salvador e Dá-lhe Ghadeer estão brilhando na Península Arábica. 

    Na úlima semana Dá-lhe Ghadeer, filho de É do Sul e Spade (Wild Event), irmão de Dalheconquistadora e de Dá-lhe Senadora, venceu sua segunda carreira em três saídas no Hipódromo de Omã. Se na primeira vitória ele já havia se destacado, nesta então o paranaense foi espetacular. 

    Correndo contra 15 animais dos Estados Unidos, Irlanda, França e Inglaterra, principais centros turfísticos mundiais, o crioulo de Clemente Moletta venceu um Handicap de 1.200 metros em recorde. E não foi só isso, a maneira com que ele venceu chamou muito a atenção. 

    Nos primeiros 300 metros ele briga com grande parte do lote pela ponta. Consegue livrar paleta e continua em um trem muito ligeiro. Na altura dos 600 metros finais ele se desvencilha do último animal que ainda conseguia o acompanhar e, a partir dali, dá um verdadeiro show. 

    Criado no Centro de São José dos Pinhais, com uma estrutura surpreendente, Dá-lhe Ghadeer é mais um nome brasileiro a brilhar fora do Brasil, começando a abrir mercado para outros animais da criação paranaense e brasileira. 

    Dá-lhe Salvador, líder da geração em Cidade Jardim quando potro, também com vitória no Uruguai está em Omã e, se seguir o caminho do compatriota logo deve vencer sua primeira na Península Árabe. Carreira tem para isso, uma vez que na estreia fez segundo chegando à frente de Dá-lhe Ghadeer. 

    É o turfe nacional encontrando novas praças para mostrar seu valor. É o turfe paranaense voltando a brilhar na região do Golfo Pérsico. E principalmente, é um reprodutor nacional começando a provar que merece mais éguas para espalhar sua descendência. 

  • Blogs

    A cachorrada vai invadir o Jockey Club

    A cachorrada vai invadir o Jockey Club
    Campeonato Brasileiro de Agility acontece neste fim de semana (Foto: Divulgação)

    Quem está acostumado a ver os belos cavalos de corrida no Jockey Club do Paraná, terá uma surpresa neste fim de semana. A “cachorrada” vai invadir as dependências do clube para o Campeonato Brasileiro de Agility, que reunirá as melhores duplas de cachorro/adestradores do país.

    Em um circuito que os adestradores guiam seus cães para superar os obstáculos, o agility é uma combinação de habilidade e velocidade. O Brasil já foi duas vezes campeão mundial por equipes, em 2002 e 2008.

    Mas não é só o local do evento que liga os cães que praticam o agility com os cavalos. O esporte foi inspirado no hipismo, onde os cavalos saltam obstáculos. A grande diferença é que no agility os condutores humanos não podem tocar nos animais, apenas guia-los com gestos e comandos de voz.

    Além da disputa do campeonato brasileiro, será disponibilizada uma pista auxiliar para que o público possa levar seus cães para experimentar a prática do agility. Outros atrativos como food trucks, feira de doações de animais, espaço pet e um encontro da raça Border Collie também estarão à disposição dos presentes.

    A entrada é gratuita, assim como o estacionamento. O evento acontece no sábado e domingo a partir das 10 horas. O Jockey Club do Paraná fica na Avenida Victor Ferreira do Amaral, 2299, Tarumã, em frente ao Estádio do Pinheirão.

    Feijoada Beneficente no sábado:

    E quem for assistir o Campeonato Brasileiro de Agility terá uma opção a mais de diversão. Será realizada nesta sábado a “Primeira Feijoada Cartolas Jockey Club”, a partir das 13 horas no Salão Almeida Prado, que fica na arquibancada social do Jockey.

    Servindo a famosa “feijoada completa”, a diretoria social do clube pretende atrair não só turfistas e sócios, como também o público que estará assistindo a apresentação dos cães. Além da feijoada, serão servidas caipirinhas e outros drinks. Tudo com música ao vivo e com um telão para os presentes acompanharem as corridas.

    Este é o primeiro de vários eventos que serão realizados para angariar fundos. O clube conta com grande acervo de obras de arte, no entanto, para elas voltarem a serem expostas necessitam de restauração. A ideia é em um futuro próximo ser criado um espaço para a visitação do acervo. O telefone para informações e reservas é o 41 3075-2121.

  • Blogs

    Conheça os competidores do GP Estado do Rio de Janeiro (G1)

    Conheça os competidores do GP Estado do Rio de Janeiro (G1)
    Olímpico vai ao Rio em busca da primeira prova da Coroa Carioca (Foto: Site JCSP por Porfirio Menezes)

    Ontem nosso post falando a respeito das competidoras do GP Henrique Possolo (G1), primeira prova da Tríplice Coroa da éguas fez muito sucesso. Então além de agradecer muito a todos pela leitura, hoje vamos falar sobre os machos. 

    O GP Estado do Rio de Janeiro (G1) é sempre uma prova que deixa nomes marcados. Já assistimos diversos craques vencerem esta prova e este ano o campo é igualmente interessante. 

    Quem usará o número "1" é Olímpico, cavalo de muita carreira e que depois de um tempo parado está voltando aos poucos. Não é novidade que Victorio Fornasaro prepara animais como ninguém. E este trio - Haras Moema, Fornasaro e Jeane Alves - já venceu Grupo 1 com o saudoso Braço Forte no Rio. 

    Garrison é um potro pouco corrido, que leva muita fé de seu staff. Correu a preparatória e chegou quarto a apenas 5 corpos. Dark Bobby impressionou tanto em suas duas vitórias que está sendo tido em alta conta nesta prova. O animal da sociedade Stabile/Quintella pode surpreender e permanecer invicto. 

    Taksim é aquele cavalo que todo mundo quer ter. Sempre chega colocado e dando torcida. Lembra muito Arrocha e, com Jorge Ricardo como jóquei, pode conseguir a tão esperada vitória clássica. Defende as cores de Carlos do Santos, seu criador.

    Leviatan é o grande favorito e não e para menos. Depois de perder carreira incrível na estreia não sabe o que é derrota. Talvez Lamartine, seu ex-parceiro de cocheira fosse melhor. Contudo, nesta prova ele entra como força destacada.

    Olympic Impact também é um bom potro. Sempre tido em alta conta por Sergio Coutinho Nogueira, ele já frequenta a esfera clássica há algum tempo. Inclusive venceu o GP Sandpit (G3). 

    Garbo Talks venceu a preparatória em um verdadeiro galope de saúde. Um dos líderes da geração desde os dois anos, o cavalo do Haras do Morro pode complicar a vida de Leviatan. A vitória no GP José Buarque de Macedo (G3) foi impressionante. 

    Gol na Certa tinha feita ótima prova no fim do ano passado, porém na preparatória correu meio segundo pior. Filho da craque Requebra, talvez tenha mais sucesso em distâncias menores. 

    E por fim, fechando o lote de competidores da primeira prova da Tríplice Coroa Carioca, o potro Inforcer. No dia do GP Brasil 2018 ele impressionou a todos, atropelando para vencer o GP Jockey Club Brasileiro (G1) maravilhosamente. Porém, ninguém ainda entende o porquê de não repetir aquela atuação. Já voltou a correr na grama pesada, experimentou os 2.000 metros, correu em raia leve e nada. Pode surpreender, mas tem este handicap desfavorável. 

    O GP Estado do Rio de Janeiro (G1) acontece no próximo domingo, com largada prevista para às 17h55. Você pode acompanhar as provas pela TV Turfe. 

    CONFIRA O RETROSPECTO COMPLETO CLICANDO AQUI.

  • Blogs

    Quem são as competidoras do GP Henrique Possolo (G1)

    Quem são as competidoras do GP Henrique Possolo (G1)
    Doppio Shanghai representa a farda paranaense do Haras Cifra (Foto: Site O Favorito por Porfirio Menezes)

    Chegou a hora de conhecermos os verdadeiros líderes de geração do Hipódromo da Gavea. Com a realização no próximo domingo (17) das primeiras etapas da Tríplice Coroa Carioca, as atenções dos turfistas estarão todas lá. 

    E hoje vamos falar a respeito do GP Henrique Possolo (G1), primeira prova das potrancas, que será corrido em 1.600 metros na pista de grama. São oito números e onze competidoras. 

    O Stud Red Rafa apresentará sua parelha composta por Mariko Mori e Mendieta. Apostando no reprodutor Cape Town, a tradicional farda laranja e vermelha contará com Jorge Ricardo montando Mendieta. 

    O Haras Figueira do Lago também apresentará uma parelha muito forte, porém muito escalonada em distâncias curtas e longas. Lisboetta mostrou ser melhor na milha, onde venceu o GP Margarida Polak Lara (G1), sendo desclassificada por sua faixa prejudicar Gaivina. A faixa em questão também está inscrita e é muito boa, porém demonstrou preferir distâncias maiores. Estamos falando de Little Bad Girl. 

    O Haras Santa Maria de Araras também conta com forte parelha. Gaivina parece ser a melhor na distância e tem a preferência de Valdinei Gil. Grandeza, que já venceu em distâncias maiores é muito corredora e bom reforço. 

    O Haras Doce Vale preferiu preparar duas de suas potrancas - Platine e Perigoosa - para o GP Diana (G1), então escreveu para a primeira prova apenas Pineapple Pie. O Haras do Morro conta com Naomi Broadway, que vem de bela carreira na prova preparatória. 

    Gana Forte também correu bem o GP Roger Guedon (G3), então está inscrita com a farda da Coudelaria Araras. Sem poder contar com Olympic Imola, que encerrou campanha, o Haras Regina será representado por Olympic India. 

    Fechando o campo da prova uma estreante de muita classe. Doppio Shanghai vai debutar na Gávea. Depois de um tempo de preparação no CT Vale do Itajara, a potranca filha de Shanghai Bobby deve fazer bela carreira. Ela é melhor em distâncias maiores, mas nunca risquem o nome de um animal do Haras Cifra de uma prova da Tríplice Coroa. 

    A prova acontece às 17h15 de domingo, com transmissão do da TV Turfe para todo o Brasil. 

    CONFIRA O PROGRAMA OFICIAL CLICANDO AQUI.

  • Blogs

    Jockey Club do Paraná promove feijoada beneficente neste sábado

    Jockey Club do Paraná promove feijoada beneficente neste sábado

    Tem melhor programa para sábado que acordar cedo, assistir os trabalhos dos cavalos no Jockey e depois curtir uma feijoada completa com música ao vivo? Não, principalmente para os turfistas do Jockey Club do Paraná. 

    A diretoria social do Clube está promovendo uma série de ações beneficentes com o intuito de angariar fundos. A ideia é restaurar e valorizar o acervo artístico e histórico do Jockey. Para isso, precisa que os turfistas apoiem e compareçam a estes eventos. 

    Oferecendo uma feijoada completa, diversos drinks, música ao vivo, telão com transmissão das corridas e distribuição de alguns brindes, a Diretora Social Sônia Birskis espera que os turfistas assíduos participem. Além de ajudar o Clube, ainda terão um momento de lazer e confraternização. 

    "O Jockey tem um acervo enorme e muito importante, que inclusive é exposto no Salão Almeida Prado em grandes eventos", contou Sônia em entrevista na última sexta-feira. "Porém estas obras precisam de restauração para ficarem expostas em definitivo. Para isso contamos com os turfistas e sócios nos prestigiando neste evento."

    A Diretora Social também explica que existe a ideia de se montar um espaço para a exposição de obras que contem a história do Jockey Club do Paraná. Tudo isso só será possível com a participação de todos durante os eventos. O Jockey tem um acervo grande e altamente relavante, que conta não só a história do Clube, mas também de Curitiba. 

    A "Primeira Feijoada Cartolas Jockey Club" terá um chamariz a mais. No mesmo dia acontecerá o Campeonato Brasileiro de Agility, onde duplas donos/cães participam de um grande evento. Além de comer a feijoada, os convidados ainda poderão assistir esta interessante prova. 

    Na semana que vem outro evento será realizado, um baile de pré-carnaval. Com open bar e várias bandas, o evento também angariará fundos para a restauração das obras que o Jockey possui.

    Serviço: 

    Primeira Feijoada Cartolas Jockey Club.

    Data: 16 de fevereiro, a partir das 13 horas. 

    Local: Salão Almeida Prado, localizado na Arquibancada Social do Jockey Club do Paraná (Avenida Victor Ferreira do Amaral, 2299, Tarumã, em frente ao Estádio do Pinheirão). 

    Como comprar: Compra antecipada na Secretaria do Jockey Club ao preço de R$ 60,00, com direito a feijoada completa + uma mini caipirinha. Pagamento em dinheiro ou cartão. 

    Informações e reservas: Nos telefones 41 9 9972-7879 ou 41 3075-2121. 

  • Blogs

    Star Wars e Garbo vencem edições da Prova Especial Falcon Jet

    Star Wars e Garbo vencem edições da Prova Especial Falcon Jet
    (Foto: Site JCB por Sylvio Rondinelli)

    Um dos maiores craques do início da década de 90 foi homenageado com duas carreiras. Falcon Jet, filho de Ghadeer e Victress, de criação e propriedade do Haras Santa Ana do Rio Grande emprestou seu nome a dois páreos preparatórios para a segunda prova da Tríplice Coroa Carioca. 

    A versão "A" contou com oito potros de três anos. E um filho do promissor Bold Start levou de maneira categórica a prova. Correndo sempre entre os ponteiros, Star Wars venceu bela carreira para o Stud Duplo L do Rio. 

    A dupla da prova se destacou desde os primeiros metros. Medjugorje assumiu a primeira colocação logo após a partida, onde foi seguido de perto por Star Wars e Trem Bala. Os três mantiveram as colocações até a grande curva. 

    Próximo dos mil metros finais, Star Wars começou a se aproximar mais do ponteiro. Grand Prix, que corria na quinta colocação também se aproximou mais pelo interno da raia, juntamente com Trem Bala que vinha mais por fora. 

    Na reta final, Medjugorje colou na cerca interna e começou a se defender dos ataques de Star Wars, promovendo uma reta emocionante. Trem Bala por fora e Grand Prix por dentro também tentavam descontar a diferença. 

    Nos metros decisivos em grande direção de Leandro Henrique, o crioulo do Stud Duplo L do Rio conseguiu ultrapassar o castanho do Haras Nacional, que também fez grande carreira. Em terceiro chegou em boa atropelada Galrito, com o irmão inteiro do craque Bal a Bali, Grand Prix em quarto. Na quinta colocação chegou Forte Cheyenne. 

    Filho de Bold Star e Rosata (Our Emblem), Star Wars foi apresentado por Ronaldo Marins Lima. O tempo para os 2.000 metros na grama macia - com cerca móvel de 9 metros - foi de 2'04"33. 

    Na versão "B" foi a vez de Garbo brilhar. Depois de boas atuações em provas de enturmação, o defensor da farda do Stud Yatasto venceu praticamente de ponta a ponta. 

    Na largada quem assumiu a primeira colocação foi Jet Lag, seguido por Garbo, que logo tomou a ponta. Na terceira colocação corria Uyuni Gold bem perto com Lindo Maravilhoso na quarta colocação. 

    A ordem não se alterou até a segunda metade da grande curva, quando Uyuni Gold e Jet Lag se aproximaram mais. Quem melhorou muito foi Pallito, que saiu do fundo do lote para brigar pela quarta colocação. 

    Na reta final Garbo começou a livrar vantagem. Lindo Maravilhoso era o que mais mostrava ação até que Palitto, mesmo manheirando muito - e chegando a prejudicar um adversário - começou forte atropelada. 

    Nos 150 metros finais Palitto embalou, no entanto o potro se jogou para dentro nos metros decisivos, perdendo ação. Sem ter nada a ver com as manhas do adversário, Garbo manteve a ponta conquistando bela vitória. 

    Na terceira colocação chegou Miracle Mile, com Jet Lag e Lindo Maravilhoso a seguir. Filho de Wild Event e Rainbow Bright (Bush Rambler), Garbo é de criação do Haras Santa Maria de Araras. O castanho foi apresentado por Dulcídio Guinhoni, pilotado por Henderson Fernandes e assinalou 2'02"82 para os 2.000 metros. Tempo bem superior ao da edição "A" da prova.

  • Blogs

    Motivo de Glória vence a Prova Especial Ubaldo Siqueira

    Motivo de Glória vence a Prova Especial Ubaldo Siqueira
    (Foto: Site Jockey Club do Paraná por Estefano Lessa)

    O Jockey Club do Paraná realizou corridas na tarde/noite de ontem, com destaque para a Prova Especial Ubaldo Siqueira, disputada em 2.000 metros. E mostrando toda sua categoria Motivo de Glória foi o vencedor. 

    O castanho de criação e propriedade do Haras Monte Carlo havia reaparecido após 7 meses na última reunião, perdendo prova incrível para Liberty Corner. Ontem, no rigor de Valmir Rocha o filho do argentino Impression confirmou toda a confiança de seu staff. 

    Na partida, em frente as arquibancadas, quem assumiu a primeira colocação foi Peter-Pilotto, eleito como favorito pelos apostadores. Na segunda colocação corria Flyer Black, com Modigliani, Motivo de Glória e Liberty Corner. 

    Na reta oposta Flyer Black emparelhou com Peter-Pilotto, dividindo a primeira colocação. Dois corpos atrás corria Modigliani. Mais afastados Liberty Corner e Motivo de Glória assistiam a briga dos ponteiros. 

    Na grande curva Modigliani melhorou muito, pelo externo da pista. O cavalo da TBS International Stud deu o "bote" por fora, assumindo a primeira colocação na entrada da reta. Peter-Pilotto, cansado, abortava a disputa. 

    Nos 400 metros finais Modigliani abriu boa diferença para Flyer Black, que vinha na segunda colocação. Tirado pelo meio da pista, Motivo de Glória começava atropelada com grande ação. 

    Na seta dos 200 finais Motivo de Glória alcançou o ponteiro, que em excelente carreira ainda tentou voltar por dentro. Contudo, com mais ação, o pupilo de Olívio Zantedeschi confirmou a bela vitória, livrando 1 1/4 para Modigliani. 

    Na terceira colocação chegou Flyer Black, com Liberty Corner e Peter-Pilotto completando o placar. O filho de Impression e Malydar (Parme) venceu sua segunda carreira em seis atuações. O tempo foi de 2'11"1 para os 2.000 metros na areia macia. 

  • Blogs

    Tarumã: Cinco destaques para as corridas de hoje

    Tarumã: Cinco destaques para as corridas de hoje
    (Foto: Site Jockey Club do Paraná por Estefano Lessa)

    Daqui a pouco - 17 horas - começa mais uma reunião turfística no Jockey Club do Paraná. Com entrada e estacionamento gratuitos, o Clube espera por grande público, uma vez que a temperatura está amena e sem chuvas em Curitiba. 

    Então vamos dar cinco destaques para você que vai ao Jockey ou que acompanhará a transmissão pela TV Turfe: 

    Páreo de potros irá surpreender: 

    O primeiro páreo do programa é um atrativo para os turfistas chegarem mais cedo. Muita gente está indicando Mágico do Iguassu (inclusive nós), um filho de Mindshipman que estreou fazendo segundo. 

    No entanto, a prova parece muito mais complexa que o esperado. A potranca do Haras Freeway, Xá Comigo tem tudo para vencer na estreia. Outros dois potros muito comentados são Belo do Rock e King Three. Então não se engane achando que a Supertri Inicial está fácil de acertar. 

    Olho em Uno Prospector: 

    O "vovô" Uno Prospector é um cavalo de coração muito grande, sempre fazendo provas sensacionais. Na última, após grande vitória ele entrou em sexto. Mas vale lembrar que ele estava voltando após um mês, devido a uma nutaliose. 

    Agora ele corre mais aguerrido, e se o turfista reparar suas corridas são sempre melhores quando acontecem em sequência. Temos ótimos nomes no segundo páreo, porém o filho de Blade Prospector não pode ser esquecido nem subestimado.

    Motivo de Glória é barbada:

    Na Prova Especial Ubaldo Siqueira temos ótimos cavalos, como Peter-Pilotto e Liberty Corner. Mas Motivo de Glória voltou de uma parada de sete meses fazendo uma "carreiraça". Perdeu na troca de galão e tem tudo para vencer hoje. 

    O castanho do Haras Monte Carlo já conhece a distância, inclusive escoltando Grand Amiga no Clássico Derby Paranaense (Listed). Pode haver alguma surpresa, contudo podemos dizer que ele é a grande barbada da reunião. 

    Dilson Antunes pronto para "desencantar":

    Todos conhecem Dilson Antunes e sua capacidade de treinar cavalos. Com diversos proprietários apostando em seu talento, sempre conseguiu excelentes resultados. Porém ele anda meio "encabulado". 

    Após começar bem a temporada, a sorte não vem andando ao seu lado. Perdeu duas carreiras incríveis na última reunião e quer ir a forra. Na reunião de hoje tem inscrito diversos animais, com destaque para o potro King Three, para a égua Ibiza Dancer e para o castanho Piston Negro. Os dois deram fila na última, então é bom ficar de olho. 

    Vai sair faísca no últim páreo: 

    O campo da última prova do programa está sensacional. Houve o encontro de duas turmas, então diversos animais que vêm de boas atuações podem vencer. É bom ficar atento ao peso e disposição dos animais no cânter. 

    Entre os que mais chamam a atenção temos Eroina Carol, que mesmo em turma mais forte vem de duas vitórias consecutivas. Piston Negro, que perdeu carreira incrível na última. Tom Maior, que venceu aos esbarros e mesmo com redução de distância é um bom nome. 

    Além destes três muita atenção em Rio Camaquã, que está tinindo e deve fazer ótima carreira. Joe Bird, que mesmo fracassando deve atuar melhor na areia macia e Bungee Jumper, um animal que chegou "feio" ao Tarumã e aos poucos está sendo "ajeitado". Vai correr melhor que na última. 

    No mais é aproveitar este dia bonito que faz em Curitiba, levar a família e amigos ao Jockey e se divertir. Um ótimo ambiente para o happy hour, seja no hipódromo ou em alguma agência credenciada. 

  • Blogs

    Prova Especial Ubaldo Siqueira é destaque no Jockey

    Prova Especial Ubaldo Siqueira é destaque no Jockey
    (Foto: Site JCPR por Rubens Nemitz Jr)

    Nesta quinta-feira o Jockey Club do Paraná abre suas portas para mais uma reunião turfística. Serão oito páreos, com início às 17 horas e previsão de término às 21 horas.

    Em destaque a Prova Especial Ubaldo Siqueira, primeira do ano em 2.000 metros. As corridas nesta distância chamam muito a atenção do público, uma vez que sua largada acontece em frente da arquibancada social.

    O destaque da prova é Liberty Corner, que vem de vencer Pesos Especiais. Motivo de Glória, que perdeu por diferença mínima na última atuação deve ser a grande diferença. Completam o campo do páreo Peter-Pilotto, Modigliani e Flyer Black. Cara Salto, previamente inscrita não será apresentada.

    Vale lembrar que o Jockey Club do Paraná disponibiliza amplo espaço para recreação, festival de food trucks, restaurantes, lanchonetes, além de rede Wi-Fi livre para o público. O Jockey fica na Avenida Victor Ferreira do Amaral, 2299, Tarumã, em frente ao Estádio do Pinheirão. Entrada e estacionamento são gratuitos.

    Hassenah vence e vai ao Chile

    Contamos na semana passada da epopeia da égua paranaense Hassenah, que lutava para chegar à maior prova da América do Sul, o Gran Premio Latinoamericano Longines (G1).

    Para conseguir ir ao Chile, onde a prova será disputada no dia 10 de março, Hassenah precisaria derrotar sete machos na seletiva paulista, o Grande Prêmio Linneu de Paula Machado (G3).

    Pois bem, no último sábado (02) a égua do Stud AML não tomou conhecimento dos adversários e venceu bela carreira, conquistando a vaga. Então o Paraná terá uma representante na maior prova da América.

    Ela já está sendo preparada por Luiz Roberto Feltran e deverá contar novamente com a direção de Zeferino Moura Rosa, seu piloto na última atuação. Se vencer, será a primeira égua brasileira a vencer o GP Latinoamericano.

    Indicações:

    1°Páreo: Mágico do Iguassu (06) - Xá Comigo (04) - King Three (03)

    2°Páreo: Tchê Barbaridade (03) – Kihale (06) - Invencible Hill (02)

    3°Páreo: Noble Wells (08) - Jogo de Cartas (03) - Heart Crafty (07)

    4°Páreo: Motivo de Glória (03) - Liberty Corner (04) - Peter-Pilotto (02)

    5°Páreo: Quanto Luxo (05) - Ba Gentleman (03) - Tricky Step (06)

    6°Páreo: Ibiza Dancer (07) - Another Special (05) - Heitor Troia (09)

    7°Páreo: Vangelis (09) - Avvocato Adriano (02) - Cacique da Aldeia (06)

    8°Páreo: Tom Maior (06) - Eroina Carol (01) - Piston Negro (04)

    *Foto: Porfírio Menezes/Site O Favorito.

  • Blogs

    Mais cinco grandes criadores se juntam ao Leilão de Potros Paranaenses

    Mais cinco grandes criadores se juntam ao Leilão de Potros Paranaenses
    Haras Valente, que criou Fixador está confirmado. (Foto: Imagem divulgação site JCSP)

    Mais cinco grandes criadores foram confirmados para o Leilão de Potros Paranaenses, que acontece no dia 11 de abril no Jockey Club do Paraná.

    Já contamos aqui que este leilão unirá apenas centros criatórios do Paraná, que vem tendo amplo destaque na criação nacional. Com o apoio da ACPCCP e do próprio Jockey, este leilão proporcionará aos potros mais comodidade, pois não precisarão viajar para serem vendidos. 

    E os anúncios começam com um haras que tem uma excelência absurda, afinal, criou dois Tríplice Coroados paulistas e um vencedor do GP Brasil. Estamos falando do Haras Valente, que entre centenas de cavalos vencedores e dezenas de craques, trouxe ao mundo Roxinho, Fixador e Thignon Boy. 

    O segundo grande criador que foi anuciado esta semana é o Haras Sprignfield, de Salomão Soifer. Com uma estrutura fantástica, investimento alto em matrizes de excelência e o comando das operações a cargo da equipe do Dr. André Boff, o Haras Sprignfield cria diversos animais de qualidade por ano. 

    O último a se destacar é Jaffar, que depois de vencer o Clássico Governadora do Estado (Listed) e fazer segundo na Pegasus Brasil, foi ao Uruguai e mesmo com o rebate da viagem de mais de mil quilômetros fez terceiro no Gran Premio Pedro Piñeyrua (G1). Uma geração antes teve em Hard Trick o vencedor do GP Presidente da República (G2), em São Paulo. 

    Roberto Belina, que cria sempre com qualidade e em suas gerações sempre alcança as vitórias clássicas estará ofertando seus potros. Dos últimos criados pelo atual presidente do Jockey Club do Paraná temos Rio Amazonas vencedor de Listed, Pixilim vencedora de Grupo 3 derrotando a craque Hassenah, Listed e ainda segundo em Grupo 1 e Pateo do Batel, vencedora do GP OSAF (G1), além de diversas colocações clássicas. 

    Vale ressaltar que estas duas éguas citadas foram exportadas e vão levar o nome do turfe brasileiro para a Austrália e Japão. Além de poder comprar uma craque, quem participar do Leilão de Potros Paranaenses poderá atingir este público do exterior em futuras vendas, afinal, o mercado já foi aberto. 

    E quem apresentará também sua criação é o Dr. Alessandro Mercadante, responsável por diversos haras de renome, como Haras do Morro entre outros. Seus crioulos também farão parte do Leilão. 

    Fechando os anúncios desta semana outro médico veterinário e criador de alta conta, Dr. Newton Bisrkis. Com sua criação alinhada em Tijucas do Sul, ele sempre apresenta potros concorridíssimos graças a sua excelência na criação. 

    Estes nomes se juntam aos já anunciados Haras Santarem (Glória de Campeão), Santa Rita da Serra (Antonella Baby e Barolo), Haras Cima (Slam of Cat e Cara Salto) e Stud Don Juan (Dr. Joaquin Alda, que recriou o fenômeno Fitzgerald). 

    Restam poucas vagas, pois o número de inscrições é limitado para uma melhor apresentação e tempo de pista, tudo para valorizar os futuros craques que passarão pelo Leilão de Potros Paranaenses. 

    Para maiores informações sobre inscrições os telefones são 11 9 9977-2512 e 41 9 9912-2541.

  • Blogs

    Criação Cifra brilha com Papito

    Criação Cifra brilha com Papito
    (Foto: Site JCB por Sylvio Rondinelli)

    Nem bem se estabeleceu no CT Vale do Itajara e o Haras Cifra já começa a brilhar no turfe carioca. Claro que não se trata de um animal levado de Curitiba ao Rio de Janeiro pela tradicional farda paranaense, mas não deixa de ser um presságio de boa sorte. 

    Quem brilhou em questão foi Papito, criado pelo Haras Cifra e de propriedade do Stud Alvarenga. Em prova especial para potros de 2 anos, que homenageava o melhor animal que defendeu este Stud (Bal a Bali), o filho de Midshipman - grande aposta para este ano - deu um show. 

    Mostrando velocidade, Papito de golpe assumiu a primeira colocação. A seguir vinha por dentro Petrus, acompanhado de Marrom Bombom, Hipness e Hareback. As posições não se alteraram até o fim da variante. 

    Sempre com boa postura, o "cara branca" entrou na reta e manteve dois corpos de diferença. Petrus por dentro, Marrom Bombom pelo meio da raia e Hareback por fora tentavam descontar. 

    Mas quando Papito foi exigido a fundo por seu piloto a diferença aumentou, despachando os rivais antes da seta dos 150 metros finais. Dali em diante a briga foi apenas pela segunda colocação, com Petrus conseguindo se destacar. 

    Na terceira colocação chegou Marrom Bombom, com Hareback e Hipness completando o marcador. Filho de Midshipman e Mandaguaçú (Jules), Papito foi apresentado por Julio Cesar Sampaio e pilotado por Leandro Henrique. 

    O crioulo do Haras Cifra começa a dar destaque ao reprodutor Mindshipman, que foi trazido para uma temporada no Brasil e estourou lá fora. É esperado que neste ano muitos filhos dele chamem a atenção. O tempo da estreia de Papito foi de 57"42para os 1.000 metros na pista de grama com cerca móvel de 9 metros. 

  • Blogs

    Soy loco por ti América

    Soy loco por ti América
    Hassenah garante vaga para o GP Latinoamericano (Foto: Site ABCPCC por Marília Lemos)

    No início da noite deste sábado o turfe paranaense explodiu em festa. Hassenah, égua que nasceu no Haras Palmerini e é espetacularmente mantida pelo Stud AML venceu uma carreira sensacional e será um dos representantes brasileiros no Gran Premio Latinoamericano Longines (G1). 

    A prova que acontece no início de março, no Club Hípico de Santiago poderá marcar pela primeira vez a vitória de uma égua brasileira. E para conseguir chegar lá, a filha de Red Runner precisou vencer os melhores machos de Cidade Jardim. 

    Na partida vários animais buscaram a primeira colocação, com destaque para Mary Jane e Eleito, que após os primeiros 400 metros assumiu a ponta. O trem foi mais moroso e Hassenah vinha em terceiro, pelo externo de Mary Jane. 

    Quando entraram na grande curva Eleito fugiu um pouco mais na ponta, com Hassenah despachando Mary Jane e vindo atrás do ponteiro. Olympic Ipsiwich melhorou, brigando pela terceira colocação com o potro do Mary Jane Stud. 

    Na reta final, Eleito fez a curva melhor por dentro e tentou fugir na primeira colocação. No entanto, aos galopes pelo meia da pista Hassenah buscou a ponta, dominando nos 400 metros finais. 

    Depois disso o que se viu foi Olympic Ipswich e mais por fora Kris Five tentando descontar, porém completamente em vão. A craque Hassenah só administrava a diferença, garantindo sua vaga como representante brasileira no Gran Premio Latinoamericano (G1) e mantendo o sonho de conquistar a América vivo. 

    A seguir chegaram Olympic Ipswich, Kris Five, Eleito e Rasgado de Birigui. Crioula do Haras Palmerini, a filha de Red Runner e X-Terra (Sulamani) foi apresentada de forma espetacular por Luiz Roberto Feltran. Não menos espetacular foi a direção de Zeferino Moura Rosa, que assinalou com Hassenah 2'01"086 para 2.000 metros na pista de grama.

    A vitória no GP Linneu de Paula Machado (G3) foi a nona na campanha da égua do Stud AML, que agora tentará colocar seu nome na história e vencer a principal carreira do calendário OSAF.  

  • Blogs

    Cristal: De galope, Sangue Missioneiro vence Clássico

    Cristal: De galope, Sangue Missioneiro vence Clássico
    (Foto: Divulgação site Jockey Club do Rio Grande do Sul)

    No Hipódromo do Cristal foi corrido o Clássico Presidente Luiz Cláudio Sperb na tarde de hoje (01°) e mais uma vez Sangue Missioneiro provou que é diferenciado. Correndo contra animais de 3 e mais anos, o potro deu um verdadeiro galope nos adversários. 

    O que mais impressiona é a polivalência do filho de Bold Start, que após vencer provas clássicas em 1.200 e 1.400 metros levou sua primeira na milha, com uma facilidade impressionante. 

    Logo na largada Sangue Missioneiro assumiu a ponta, liderando até o final da variante. Sem querer deixar o favorito florear na frente, Mucho Fon forçou pelo lado de fora, chegando a assumir a primeira colocação. 

    Mas na seta dos 1.200 metros Sangue Missioneiro já havia retomado a ponta, aumentando a vantagem na grande curva. A seguir vinha Mucho Fon dois corpos atrás, com grande distância para Royal Class, Energia Ink e Diligente. 

    Na reta final, com Claudinei Farias praticamente em pé, Sangue Missioneiro livrou mais vantagem, praticamente não dando nenuma chance aos rivais. Royal Class melhorou e assumiu a segunda colocação, recebendo carga de Diligente, que corria muito nos metros finais. 

    No final, Sangue Missioneiro ainda abriu mais diferença, assinalando 1'44"47 para os 1.600 metros. A seguir chegaram Royal Class, Diligente, Dessert e Mucho Fon. Filho de Bold Start e Best Cindy (Pátio de Naranjos), Sangue Missioneiro foi apresentado por F.Vieira. O crioulo do Haras América do Sul defendeu as cores de José Vecchio Filho e Gil Irala.

    Pesos Especiais: 

    Logo em seguida foi corrido uma prova de Pesos Especiais em 1.100 metros. Com alguns nomes que frequentam a esfera clássica gaúcha, destaque para a reta emocionante entre Joe Jordan e Exponential. 

    Exponential assumiu a ponta após a partida, logo recebendo os ataques de Xaxá Glory e Joe Jordan. Mais atrás pelo externo da pista vinha Get a Job com Kampes e os demais. O panorama não mudou até a segunda metade da grande curva, quando Joe Jordan emparelhou e assumiu a primeira colocação.

    Na reta final o duelo entre o representante do Stud Sion e o defensor da farda de Marcia Almeida Batista durou quase que toda a reta, com Joe Jordan abrindo pouco mas de um corpo nos metros finais. 

    Na segunda colocação em bela atuação ficou Exponential, com El Toro Benny em terceiro, Get a Job em quarto e Don Rucca completando o placar. Crioulo do Haras Campestre, Joe Jordan foi apresentado por A.Soares e pilotado por C.Machado. O tempo foi de 1'08"88 para os 1.100 metros.  

  • Blogs

    Cidade Jardim: Programação de férias no Jockey aberta ao público

    Cidade Jardim: Programação de férias no Jockey aberta ao público

    Em uma ótima sacada, o Jockey Club de São Paulo busca aproximar o público paulistano para um maior envolvimento com o turfe. Para isso, o clube está abrindo suas portas para o "Jockey Club Patrimônio Cultural da Cidade de São Paulo" desde o último dia 15 de dezembro. 

    Com exposições sobre a história do Clube, contada em fotos, vídeos, obras de arte, obras históricas e marcos urbanísticos, o Jockey oferece grande programa para o período de férias na capital paulista. 

    Além dos itens serem todos com audiodescrição e audioguia, um monitor também guia os visitantes para que possam conhecer e até serem fotografados como se estivessem vestindo roupas de época ou fardas que marcaram a história da instituição. 

    No entanto, a novidade que mais chama a atenção para o turfe em si é o Jockey Experience. Este modelo proporciona passeios guiados pelas cocheiras, fazendo que os visitantes tenham contato com os cavalos, aumentando sua curiosidade pelo esporte. 

    O projeto tem o apoio do Ministério da Cultura e Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, com patrocínio exclusivo da CSN. 

    As visitas a exposição já estão abertas, funcionando de quinta a domingo. O horário de quinta e sexta-feira é das 14h às 18h, já no fim de semana ele se estende até às 19 horas. 

    O Jockey Experience já está acontecendo este mês, e a partir de fevereiro até o dia 15 de março receberá os participantes todas as sextas-feiras, às 16 horas. Para agendamento e maiores informações os contatos são o telefone 11 9 9945-3643 (apenas via aplicativo WhatsApp) e no e-mail agendamento@viadasartes.com.br

    *Bem Paraná com informações do Portal G1.

Quem faz o blog

DESTAQUES DOS EDITORES