• 19/10/2018

    Quem vence o GP Bento Gonçalves?

    Quem vence o GP Bento Gonçalves?
    GP Bento Gonçalves é a atração do turfe brasileiro amanhã (Foto: Foto Portal O Sul)

    Está chegando a hora do GP Bento Gonçalves 2018. E o campo da prova chama a atenção por contar com alguns animais clássicos, entre eles os vencedores do GP Paraná 2017 e 2018. No Ar e Grand Amiga são cotados para vencer, assim como Ilustre Senador, que fez segundo no "Paranazão 2017" e terceiro na edição deste ano. Confira um pouco de cada competidor:

    Ilustre Senador é o atual campeão da prova e muito regular. Correu provas graduadas desde que secundou No Ar no GP Paraná 2017. Na Gávea venceu o Clássico Delegações Turfisiticas (Listed) deste ano, porém suas principais vitórias na campanha foram em 2.400 metros, o GP Presidente Antonio Correia Barbosa (G3) e a edição do Bento do ano passado. Conhece a pista gaúcha e terá reforço.

    Don Ita, o "faixa" da parelha de AlbertoTiellet Miorim deverá fazer apenas o papel de suporte. Vai bem leve, no entanto parece bem abaixo dos demais concorrentes. Venceu em 2.000 metros na última, mas o tempo foi aquém da turma que compete agora. Será um bom reforço, somente isso. 

    Namur corria provas especiais na Gávea com algum protagonismo. Chegou no Cristal e de primeira já levantou o GP Protetora do Turfe com facilidade. Leandro Henrique conhece bem o animal e deve trazê-los nos metros finais com muito afinco. Um dos animais com grandes chances na prova. 

    Magic Survivor está um pouco abaixo dos demais favoritos. Nunca teve grandes atuações em turmas fortes no Rio de Janeiro. Tem o "selo" Black Opal Stud, porém é difícil imaginar ele vencendo alguns nomes que estão inscritos aqui. 

    Diligente era um cavalo muito bom no Rio de Janeiro, mas correndo em distâncias maiores e na grama. No Cristal vem atuando bem abaixo e será uma surpresa se vencer. As últimas atuações dele não são nem sombra daquele cavalo que brilhou na Taça Quati. 

    Leão de Prata estava inscrito no GP Paraná e fez forfait devido a um problema no casco. Em suas principais atuações da campanha chegou em segundo, sempre em provas graduadas. Foi assim no GP Latinoamericano, no Bento do ano passado e no GP Nova Monteiro (por duas vezes). É uma das forças da prova. 

    Grand Amiga - pasmem - estreou apenas em novembro do ano passado. Em menos de doze meses venceu três provas de Grupo 3 e uma de grupo 2, além de duas vitórias em páreos de enturmação. Está em grande forma, vem de vitória autoritária sobre os craques High Chris e Ilustre Senador e deve ser a favorita da prova. Se gostar da areia do Cristal tem tudo para vencer. 

    No Ar teve contratempos físicos na última, segundo seu treinador. É um excelente competidor, já fez grandes provas na distância e vai correr com muita chance. Seu irmão inteiro, Olhar Mágico é forfait, então fica nas mãos, ou melhor, nas patas dele representar a criação da "Coudelaria Baptista". Defende o Stud My Hero Dad, de José Cid Campelo Filho. 

    Bolt da Lagoa é um cavalo regular, contudo vemos animais melhores inscritos. Não que ele não tenha chance. Em uma prova deste nível, qualquer animal tem chance de vitória. As dele são pequenas e quem gosta de um "azarão" deve apostar no filho de Quick Gipsy.

    A reunião do Festival do GP Bento Gonçalves começa às 14h15, com o páreo mais importante sendo corrido às 18h15. A TV Jockey transmitirá a reunião do Hipódromo do Cristal com apostas para todo o Brasil. 

    *Fotos: Marília Lemos (Grand Amiga) e site JCRGS (Namur). 

  • 18/10/2018

    "Replay" do Clássico Primavera é atração na próxima quinta

    Prova Especial Moyses Lupion é atraçã o na próxima quinta (Foto: Site JCPR por Porfirio Menezes)

    A Comissão de Corridas do Jockey Club do Paraná soltou hoje o programa informativo da próxima quinta-feira (25). E o páreo que mais chama a atenção conta com éguas classicas que há pouco disputaram o Clássico Primavera (Listed). 

    Mesmo com  campo reduzio a cinco animais, a prova que homenageia um dos grandes incentivadores do turfe do Paraná, Moyses Lupion, conta com éguas de respeito, a começar pela clássica Friends of Gold. A alazã do Bet Gold Stud tem em seu turf record diversas vitórias em provas graduadas e vem de vencer o Clássico Primavera (Listed), no último dia 23. 

    O campo também conta com a potranca Dalheconquistadora, que fez terceiro na carreira citada acima e já venceu Prova Especial em Cidade Jardim. Crémant, que conta com colocações clássicas em São Paulo está na prova, além de Flyer Black - também colocada em provas de Listed - e Alemoa. 

    A última chama muito a atenção, afinal, venceu carreira no último dia 11 "dividindo a raia". Uma corrida antes, perdeu prova incrível para Linda do Iguassu, mostrando franca evolução. Por ainda se tratar de uma protranca, vai com apenas 52 quilos, o que dá mais fé ao staff do Stud Markman em uma boa atuação.

    O Jockey Club do Paraná fica na Avenida Victor Ferreira do Amaral, 2299, em frente ao Estádio do Pinheirão. A entrada e o estacionamento são gratuitos. A reunião da próxima quinta terá início às 17h30 com previsão de término às 21 horas. 

    *Foto: Site ABCPCC por Marília Lemos.

     

  • 18/10/2018

    High Chris vai ao Rio de Janeiro disputar o GP Salgado Filho (G3)

    High Chris vai ao Rio de Janeiro disputar o GP Salgado Filho (G3)
    Prova Especial Moyses Lupion é atraçã o na próxima quinta (Foto: Porfirio Menezes)

    Um dos melhores animais treinados no Hipódromo do Tarumã, High Chris irá ao Rio de Janeiro para disputar o GP Salgado Filho (G3). A prova que será disputada no domingo (21), conta com diversos animais clássicos. 

    High Chris vem em processo de reaparecimento. Ele ficou praticamente um ano afastado das pistas até voltar no Tarumã, onde venceu a Prova Especial Heitor Valente. A corrrida em 1.600 metros serviu como um "aquecimento" para o GP Paraná Jockey Plaza (G3), no qual ele terminou na segunda colocação. 

    Mais aguerrido e voltando a seu ritmo, o crioulo do Haras Cruz de Pedra encara nove animais na prova carioca. Destaque para Last Hope, que venceu o mesmo Grande Prêmio no ano passado e Bold Retriever, que depois de grandes atuações na pista de grama volta para a areia. 

    High Chris é um filho de Christine's Outlaw e High Castle (Inexplicable), de propriedade do Stud Quintella. Em oito apresentações venceu seis, sendo quatro delas em provas clássicas. Será pilotado por Carlos Lavor.

    *Foto: Site JCPR por Porfirio Menezes.

  • 17/10/2018

    Domingo é dia de festa em Pernambuco

    Domingo é dia de festa em Pernambuco
    Prova Especial Moyses Lupion é atraçã o na próxima quinta (Foto: Foto Site JCB po Karol Loureiro)

    Neste domingo teremos o GP Bento Magalhães, principal prova do turfe pernambucano e uma das maiores do Nordeste. Com diversos amantes do turfe e, que investem no esporte pelo país inteiro, a festa no Hipódromo de Madalena deve ser prestigiada. 

    O Jockey Club de São Paulo, através de seu canal TV Jockey irá transmitir as provas em simulcasting, dando o protagonismo merecido ao festival. Serão nove provas, sendo que as principais - velocidade, "milha" e o Bentão - contam com animais que fizeram sucesso no Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná. 

    No GP Romeu Medeiros, em 1.000 metros, o atual recordista dos 1.300 metros no Hipódromo da Gávea encabeça a lista. Cornélio, que possui diversas colocações em provas clássicas enfrenta quatro animais. Estava cumprindo campanha em Sobral e enfrentará novamente o paranaense Super Academy, que o derrotou na prova de velocidade do Festival do GP Magi Averaldo. Super Academy é de criação do Haras J.B.Barros. Completam o campo da prova First Champion, Kamal e El Ricci. 

    Em 1.700 metros, praticamente uma volta inteira na pista de Madalena, o bicampeão do Bento Magalhães, Capanegra é quem mais chama a atenção. Além dele o tordilho Fernando, que também venceu diversas provas no Recife deve fazer bela prova. Mas o provável favorito é Disco Flyer, que possui excelente campanha no eixo Rio/São Paulo.

    Completam o campo da prova o paranaense Regal Ares, crioulo da Coudelaria Monte Parnaso, Panamá e Cavalo Marinho, cavalo do Stud São José dos Bastiões que iniciou campanha no Hipódromo do Tarumã e conta com colocações em provas de Listed (Clássico Derby Paranaense e Clássico Delegações Turfísticas). 

    Na principal prova da programação, o Stud Parente Sobral vai com força máxima. Energia Imagine, que tem excelente campanha no Hipódromo da Gavea está invicto no Nordeste e deve ser o favorito. No entanto, Desejado Outplay, que fez grande apresentação no GP Paraná (G3) deve vir do fundo do pelotão para brigar pela vitória. 

    Em Cima do Laço se destacou no turfe brasileiro como fundista, inclusive vencendo Grupo 3 na Gávea. Dr. Phelipe também corria a primeira turma das provas de areia no Rio de Janeiro, assim como Little Manduro. O paranaense Energia Gstaadd completa o campo desta equilibrada prova. 

    Jóqueis: 

    Zeferino Moura Rosa, radicado no Tarumã vai montar em muitas provas, assim como Marcos Ribeiro, que sempre monta em Curitiba, inclusive sendo quarto colocado nas estatísticas do Tarumã.

    Desde já nossa torcidda para que  festival seja um sucesso de público, de apostas e dentro da pista. O turfe - mais do que nunca - precisa se unir nas diversas regiões do país para que volte a ter o protagonismo de outrora. 

    *Fotos: Site Turfe Pernambucano e Site JCB.

  • 16/10/2018

    O que esperar dos paranaenses no Bento 2018

    O que esperar dos paranaenses no Bento 2018
    No Ar e Grand Amiga representam o turfe paranaense no GP Bento Gonçalves 2018 (Foto: Site JCPR por Luiz Melão)

    Os animais paranaenses que disputarão o GP Bento Gonçalves (G2) já estão na estrada. Embarcados neste fim de tarde, Grand Amiga e No Ar vão em busca de mais uma prova de grande importância no turfe brasileiro. E algumas coincidências unem estes dois animais. 

    A primeira é que tanto Grand Amiga quanto No Ar são treinados no Hipódromo do Tarumã. A segunda é que ambos também nasceram no Paraná. Os dois foram criados por grandes entusiastas do turfe, Alexandre Frare e Nestor Baptista. Além de que os dois venceram o GP Paraná (G3), No Ar em 2017 e Grand Amiga em 2018. 

    E seus dois treinadores tem algo muito especial em comum. Famosos no Brasil inteiro por vencerem diversas provas clássicas, Delmar Albres, que treina Grand Amiga pode repetir no próximo dia 10 de novembro um feito alcançado por Márcio Gusso em 2013, se tornar Tríplice Coroado Paulista.

    Mas antes disso os dois se enfrentam no Hipódromo do Cristal. Márcio leva grande fé em seu No Ar, que após sofrer alguns percalços no GP Paraná deste ano, agora está tinindo e corre para vencer. Delmar também leva em alta conta Grand Amiga, que se gostar da pista gaúcha pode vencer mais uma prova de grupo. 

    “As minhas expectativas são muito boas”, disse Márcio a respeito de No Ar. “Ele floreou muito bem em seu apronto. O cavalo é manso, acostumado a viajar e vai muito bem na distância. O André (Luiz Silva) já conhece o cavalo e é um excelente jóquei. Não será nenhuma surpresa se ele vencer o GP Bento Gonçalves.”

    Segundo Márcio, No Ar pisou em uma pedra durante a semana do GP Paraná, correndo "um pouco sensível". Além disso, sua endoscopia pós-prova acusou grande quantidade de catarro. Já Grand Amiga vem mantendo a ótima forma após a vitória, sendo que Delmar acredita que ela pode vencer novamente. 

    "A minha expectativa é a melhor possível”, contou Delmar. “Ela correu 2.400 metros com as fêmeas em São Paulo e foi muito bem. E a gente já percebeu aqui no Tarumã nas duas corridas que ela fez em 2.000 metros que ela vai bem correndo com duas curvas. A única diferença que vejo é a da pista de areia de Porto Alegre para cá. Não sei como ela irá se adaptar. Mas a pista é igual para todo mundo, então as expectativas são as melhores, mesmo na distância maior.”

    Existem muitos animais bons no campo da prova, como Leão de Prata, que fez forfait no GP Paraná devido a um problema no casco. Ilustre Senador é o atual campeão e, mesmo já tedo perdido para os dois animais paranaenses, deve fazer uma grande corrida. Olhar Mágico, que segundo Márcio estava muito bem não corre, então - parafraseando Márcio Gusso - não será nenhuma surpresa se a taça do Bento 2018 vier para o Tarumã. 

    *Foto: Leopoldo Scremin para o Portal Bem Paraná.

  • 16/10/2018

    Olhar Mágico fora do GP Bento Gonçalves

    Olhar Mágico fora do GP Bento Gonçalves
    No Ar e Grand Amiga representam o turfe paranaense no GP Bento Gonçalves 2018 (Foto: Site JCPR por Estéfano Lessa.)

    O paranaense Olhar Mágico está fora do GP Bento Gonçalves (G2). Depois de ótimas apresentações este ano e contando com vitória clássica na distância, o crioulo da Coudelaria Baptista não viajará para o Rio Grande do Sul. 

    Segundo Márcio Ferreira Gusso, seu treinador, o cavalo de propriedade do Haras Cariri/Stud São José dos Bastiões sefreu uma lesão no anterior direito em seu apronto no sábado. Depois do trabalho, o cavalo sentiu o casco, provavelmente ao pisar em uma pedra. 

    Além da sensibilidade no casco, algumas dores musculares na paleta direita foram percebidas e, em consenso com os proprietários foi decidida a retirada do animal. Márcio Gusso lamentou o forfait de seu pensionista, uma vez que acreditava em excelente atuação. 

    "Realmente foi uma pena", disse Márcio a nossa repotagem. "Ele estava muito bem. Tanto nós quanto os proprietários acreditávamos muito na atuação dele. Mas ele sentiu o casco da mão direita e posteriormente a paleta do anterior direito. Os caminhões estão indo para lá hoje e nós só enviaremos o No Ar."

    Olhar Mágico é um dos melhores animais de pista de areia do Brasil nesta distância. Em Cidade Jardim, o filho de Pioneering e If You Want (Giant Gentleman) venceu o GP Presidente Júlio Cesar Ferreira de Mesquita (G3), em 2.400 metros areia. Também conta em seu turf record com uma vitória no GP Chanceler Oswaldo Aranha (G2), em 2.200 também na areia. 

    O GP Bento Gonçalves acontece no próximo sábado, dia 20 no Hipódromo do Cristal. 

    *Foto: Estéfano Lessa (site JCPR) e Porfírio Menezes (site JCSP).

  • 15/10/2018

    Azarão surpreende no Clássico São Francisco Xavier (Listed)

    Azarão surpreende no Clássico São Francisco Xavier (Listed)
    Azarão de R$ 16,00 por 1 venceu principal prova do Hipódromo da Gáveal (Foto: Site JCB por Sylvio Rondinelli)

    A principal prova do fim de semana no Hipódromo da Gávea foi corrida hoje, segunda-feira (15). Em 1.200 metros pela variante, o Clássico São Francisco Xavier (Listed) contou com nove participantes e uma pista bem encharcada. 

    E surpreendeno os favoritos Akal e Espiritus, American Bull, de propriedade Ricardo Correa venceu bonita carreira. O filho do Benny the Bull e Velha Roupa (First American), pagou nada menos que R$ 16,00 para cada real apostado. 

    Logo na partida Espiritos saiu livrando vantagem, mas o favorito de devolução Akal foi logo atrás do ponteiro. Contido por seu jóquei, American Bull se colocava na terceira colocação, assistindo "de camarote" a briga dos rivais. 

    Na reta final, Espiritus despachou Akal e começou a livrar vantagem, quando pelo centro da pista surgiu o crioulo do Haras Guamiranga para disputar a primeira colocação. A briga durou até os metros finais, quando American Bull conseguiu livrar 3/4 de corpo para o segundo colocado. 

    Em terceiro chegou Kapoor, com El Bacan e Joe Andretti completando o placar. O favorito Akan chegou na última colocação. American Bull foi apresentado por J.A.Lopes e marcou 1'13"29 para os 1.200 metros. 

     

  • 14/10/2018

    Um rival para Halston

    Um rival para Halston
    Power-Quark surge como rival do paranaense Halston no Derby Paulista (Foto: Site JCSP por Porfirio Menezes)

    Uma das provas mais importantes para o turfe paranaense em 2018 acontece no dia 10 de novembro e, por incrível que pareça, não será realizada no Hipódromo do Tarumã. Estamos falando do GP Derby Paulista (G1), que pode consagrar mais um crioulo paranaense com a Tríplice Coroa. 

    Na história recente tivemos no Jockey Club do Paraná seis tríplice coroados, dos quais três eram paranaenses. Kahyasin, de criação do Haras Garcez Castellano, Vitalino Mestre criado pelo Haras Palmerini e o último a levar as coroas, Maisesperto Gais do Haras Cima. 

    Mas olhando para fora do Estado, mais especificamente nos Hipódromos da Gávea e Cidade Jardim foram apenas três na história recente. Halston, de criação e propriedade do Haras Cifra venceu o GP Ipiranga (G1) e o GP Jockey Club de São Paulo (G1) e, no próximo dia dez, luta para repetir o feito de apenas dez animais na história do turfe paulista: se tornar tríplice coroado. 

    Mas na tarde de ontem, na Prova Especial Emerson surgiu um rival para o filho de Setembro Chove. Power-Quark, de criação e propriedade do Haras San Francesco venceu de forma autoritária exatamente na distância do Derby, 2.400 metros. 

    Não que a turma fose das mais fortes. Na prova o mais graduado era o "vovô" Concilium, que com 9 anos reaparecia após ausência de seis meses. Cowboy Purse também frequenta a esfera clássica paulista, mas nada que o coloque como um grande craque. No entanto o potro - que  correu com grande vantagem de peso - chamou a atenção e surge como o "grande rival" de Halston no Derby Paulista. 

    A vantagem do filho de Quick Road e Paris-It (Astor Place) é ter experimentado a distância. Thiago Haidar, seu treinador também vem se destacando e a evolução do potro - graças ao seu trabalho - é visível. Resta saber se Power-Quark terá "bala na agulha" para enfrentar o líder inconteste da geração 2015. 

    Enfim, agora é esperar até o dia 10 de novembro para ver este embate. E claro, torcer para que Halston consiga repetir o feito de Roxinho, Fixador (Cidade Jardim) e Groove (Gávea). 

    *Fotos: Site Jockey Club de São Paulo por Porfirio Menezes. 

  • 13/10/2018

    Confira os pré-inscritos no Festival do GP Bento Gonçalves

    Confira os pré-inscritos no Festival do GP Bento Gonçalves
    Ilustre Senador é o atual campeão do GP Bento Gonçalves (Foto: Site JCB por Jefferson Bernardes - Agência Preview)

    O Jockey Club do Rio Grande do Sul divulgou os animais pré-inscritos no GP Bento Gonçalves (G2), que acontece no próximo dia 20 de outubro. O lote da prova - e do festival em si - está muito interessante, contando com diversos animais de alto garbo. 

    Representando o turfe paranaense teremos dois animais, incluido a campeã do GP Paraná Jockey Plaza 2018, Grand Amiga e o vencedor do ano passado, No Ar. A prova ainda conta com Ilustre Senador e Olhar Mágico, que chegaram na terceira e quarta colocação da principal prova do turfe paranaense deste ano. Leão de Prata, que fez forfait no GP Paraná devido a um problema no casco também está inscrito.

    No GP ABCPCC, prova de velocidade do Festival, o ganhador clássico e um dos melhores velocistas do Brasil Schweinsteiger, do Haras Rio Iguassu está inscrito. O alazão venceu o GP ABCPCC (G1) em São Paulo, fez terceiro nos GPs Major Sukow (G1) e Copa ABCPCC Velocidade (G3), além de levantar o Clássico Ciro Frare (Listed), isso só no ano de 2018.

    No GP Presidente da República (Listed), teremos a potranca Wild Vip, que venceu o Clássico Governadora do Estado (Listed) em sua última apresentação. Outro animal que correu esta prova no Hipódromo do Tarumã e "esticou" até Porto Alegre foi Cefas do Jaguarete, que chegou na sétima colocação. 

    Confira o campo das principais provas do festival:

    GRANDE PRÊMIO BENTO GONÇALVES (G2):

    MAGIC SURVIVOR (BLACK OPAL STUD), GRAND AMIGA (HARAS CIFRA), DON ITÁ (ALBERTO TIELLET MIORIM), ILUSTRE SENADOR (ALBERTO.TIELLET MIORIM), OLHAR MAGICO (HARAS CARIRI PE/STUD SÃO JOSE DOS BASTIÕES), NO AR (STUD MY HERO DAD), NAMUR (STUD DOCE ILUSÃO), DILIGENTE (STUD GLOBO), BOLT DA LAGOA (VIRIATO FARIAS MATTAR) e LEÃO DE PRATA (STUD SÃO FRANCISCO DA SERRA).

    GRANDE PRÊMIO ABCPCC:

    HEIDRUN (STUD SION), DUCHES BULL (STUD SOL DE AGOSTO), ENIGMA FATAL (HARAS NIJU E DEUCLIDES PALMEIRO GUDOLLE), SANGUE MISSIONEIRO (JOSE VECCHIO FILHO E GIL IRALA), ESBANJADOR (STUD SÃO PEDRO DO RIO GRANDE), PERFECT BULLET (STUD DUPLO OURO), DOUTOR HALO (JORGE GREEN), SCHWEINSTEIGER (HARAS RIO IGUASSU) e ABOVE THE STARS (FABIO BENJAMIN ARALDI). 

    GRANDE PRÊMIO LUIZ FERNANDO CIRNE LIMA:

    OLÉ GREMISTA (STUD CASABLANCA), LINDA NUI (STUD SION), BEST DUBAI (CLAUDIO OLIVEIRA OSORIO MARQUES), MADAME QUICK (STUD F. F. F. J.), BACANONA (STUD FERRAGUS), FERTILITA (STUD FERRAGUS), JUST EVENT (FERNANDO LAFAIETE DUARTE NAHAS), ENDORFINA (LEONARDO RUAS DE OLIVEIRA), SIRINX (RAFAEL SANTOS FORTES) e DHARKAN (STUD ITAARA). 

    GRANDE PRÊMIO PRESIDENTE DA REPUBLICA (LISTED):

    NADADOR LÔ (STUD CASABLANCA), TOTOTOCOSDEMALOCOS (STUD SION), WOZZECK (STUD BORBA & SCHNEIDER), JOÃO BONITÃO (STUD COLORADO DOS PAMPAS), BARISHNIKOV (STUD M.P.S.), WILD VIP (ALENCAR ZOLIN), CEFAS DO JAGUARETE (STUD JAGUARETE) e HUBLI (STUD KID). 

    *Fotos: Site o Favorito por Porfírio Menezes.

  • 12/10/2018

    Emoção e ótimos rateios marcaram corridas de ontem no Tarumã

    Emoção e ótimos rateios marcaram corridas de ontem no Tarumã
    Ilustre Senador é o atual campeão do GP Bento Gonçalves (Foto: Site JCPR po Estéfano Lessa)

    A 507° reunião do Jockey Club do Paraná foi um sucesso. Mesmo com chuva e frio, os turfistas compareceram e o movimento de apostas - total de R$ 197.602.78 - foi considerado bom, uma vez que só foram disputados oito provas. 

    O equilíbrio foi a tônica, já que com a pista enchrcada a característica dos animais muda. Nem todos os favoritos venceram e, com chegadas de arrepiar, as carreiras de ontem proporcionaram muita emoção a quem foi ao Jockey ou acompanhou via TV Turfe. 

    No primeiro páreo Forest Spa surpreendeu o favorito Amuletto, que tinha poule de devolução de capital. O potro do Haras Rio Iguassu ponteou durante a primeira parte do percurso, mas após cansar um pouco viu o crioulo do Haras Cima dominar e entrar a reta dominante, de onde não saiu até o disco de chegada. Jerico Cat ficou com a dupla em longa atropelada, com Jouet na terceira colocação. Treinamento de Olivio Zantedeschi e pilotagem de Vicente Paiva. 

    Na segunda prova mais uma "zebra". Don Naif, do Stud Parente Sobral brigou pela ponta durante toda a prova e conseguiu conter os ataques de A Fast Pionner, que "voava" no final. Esta prova também teve rateios ótimos, uma vez que os dois favoritos ficaram de fora do placê. A dupla exata pagou R$ 34,10 po cada real apostado. Treinamento de Antenor Menegolo Neto e direção de A.A.Santos. 

    O primeiro favorito a emplacar na reunião de ontem foi Rio Camaquã, que dividia o protagonismo com Étrange Obsession. O cavalo do Haras Rio Iguassu sobrou na prova e, mesmo encaixotado durante a reta, teve sobras para vir por fora e vencer. Outra Kavalla e Étrange Obsession completaram a trifeta. Treinamento de A.Oldoni (substituindo o suspenso Ademar Pereira) e pilotagem de M.C.Santos. 

    Outro favorito a vencer foi Just Speaker, do Stud Lecce. Corrido na expectativa por V.S.Paiva, o crioulo do Haras Palmerini venceu com autoridade. Zizinho Mestre em boa atropelada e Attimo completaram a trifeta. O filho de Public Speaker foi apresentado por A.Andrade.

    Mas a maior bomba veio no quinto páreo. Nós avisamos aqui ontem que Uno Prospector era uma ótima poule e, quem acreditou, pode se deleitar com um rateio de R$ 10,20 para cada real apostado. O "vovô" de 9 anos ponteou a prova inteira e conseguiu se defeder dos ataques de Starbarrack Road. Treinamento de O.Zantedeschi e pilotagem de E.Cordova.

    Esta prova era o Claimng Extra, que contava com bonificação especial. Além disso, qualquer um dos animais poderia ser adquirido por apenas R$ 3.000,00. E isto aconteceu com Soberana da Lagoa, que foi comprada por Anderson Da Silva Castro e Et Phone Home, adquirido por Francielle Cristine Menegolo. 

    No sexto páreo a potranca Alemoa confirmou sua última atuação, quando perdeu por pequena diferença. Defendendo a farda da Coudelaria Markman, Alemoa chegou ao disco com 2 corpos de vantagem para Aventtureiro. My Girl foi a terceira e Agnes Jolie completou a quadrifeta, que pagou R$ 3.994,70. Treinamento de L.Veríssimo e pilotagem de Everton Cordova. 

    Tamarod enfim voltou a vencer. Cavalo bom, que nunca sai da quadrifeta, vinha de grande atuação e confirmou as expectativas. O castanho de Israel Cristiano Coelho é muito bom na pista pesada e na grama deve melhorar ainda mais. Inspetor Fong, Reghal Obhion e Vinhaço completaram a quadrifeta. Treinamento de E.Soares e pilotagem de Vicente Souza Paiva.

    Na última prova deu Rochedo, em chegada emocionante. O cavalo do Stud Spetto’s Grill conseguiu aparar o forte ataque de Dá-lhe Salvadora e conquistou bela vitória. Sempre bom ver um crioulo do grande Haras J.B.Barros na foto da vitória. Em terceiro chegou Isabella Girl e em quarto Kitty Moresby. Treinamento de L.Veríssimo e pilotagem de Ivaldo Santana. 

    DESTAQUES: 

    Com a ausência - por compromissos profissionais - de Gerson Borges de Macedo, Vaccari Neto e Erick Cunha fizeram excelente transmissão. O popular "PV" está cada vez melhor, tanto na narração quanto na apresentação e condução da transmissão. 

    Vicente Paiva assumiu a liderança das estatísticas, já que venceu três das oito provas. Ótimo jóquei, levou ao disco Tamarod, Forest Spa e Just Speaker. Vale ressaltar que Valmir Rocha, antigo líder está suspenso e deve perder mais algumas reuniões.

    Entre os treinadores, O.Zantedeschi e L.Veríssimo emplacaram dua vitórias cada. Zantedeschi empatou com Márcio Ferreira Gusso na segunda colocação e agora vai atrás de Ademar de Barros Pereira, que ainda está na ponta. Márcio e Ademar estão suspensos pelo mesmo motivo: falta de peso na repesagem. 

    O Site do Jockey Club do Paraná agora publica os resultados completos da reunião incluindo replay, de uma maneira mais dinâmica. Você pode conferir os resultados completos, rateios e os vídeos CLICANDO AQUI. 

    Fotos: Estéfano Lessa (site Jockey Club do Paraná). 

DESTAQUES DOS EDITORES