Jorge Ricardo

Ricardinho planeja voltar ao Brasil no fim de agosto

(Foto: Arquivo Internet)

A vida dos jóqueis brasileiros não está sendo fácil na Argentina. Indo para o quinto mês sem corridas nos grandes hipódromos, só agora Palermo voltará a dar carreiras, a partir do dia 28 deste mês. 

E devido às incertezas de quantas reuniões serão dadas por semana, assim como a aceitação das apostas online pelo público turfista, o recordista mundial de vitórias Jorge Ricardo deu uma entrevista a Revista Palermo, falando sobre a situação da volta das carreiras. Porém, o título da matéria - e seu conteúdo - "aqueceram" o coração dos brasileiros: Jorge Ricardo tem a intenção de passar um período montando no nosso país até que chegue o Grande Prêmio Brasil, no fim de setembro. 

E esta parece ser a condição do recordista mundial: ter uma montaria com chances de vencer o Grande Prêmio Brasil. Na entrevista dada ao jornalista Héctor Raúl Torres, Jorge Ricardo disse que "só não havia vindo ao Brasil antes por achar que a paralisação na Argentina duraria cerca de dois meses"

Segundo a matéria, a ideia de Ricardinho - caso tenha uma montaria boa para o Grande Prêmio Brasil - é vir para o Brasil no fim do mês, para poder montar o maior número de páreos possíveis, afim de recuperar o ritmo competitivo para chegar ao Festival do Grande Prêmio Brasil na melhor forma. 

Ricardinho deve montar em Palermo no dia 28, já que estão abertas as chamadas para a reunião. Agora é aguardado que o craque brasileiro acerte uma montaria para o Grande Prêmio Brasil e, a partir disso, venha buscar as 8 vitórias que faltam para ele chegar ao icônico número de 13 mil vitórias na carreira. 

Sobre a possível quarentena que deva enfrentar ao chegar ao Brasil, Ricardinho disse apenas que "se for para ganhar o Grande Prêmio Brasil, passarei a quarententa muito feliz". 

CONHEÇA E APOIE A DIVULGAÇÃO DO TURFE BRASILEIRO CLICANDO AQUI!