ÍDOLO

TREZE MIL VEZES JORGE RICARDO

E o grande momento do turfe mundial chegou! Pela primeira vez na história um jóquei chega ao número mágico de 13 mil vitórias na carreira. Estamos falando do ídolo máximo do turfe brasileiro, Jorge Antônio Ricardo!

E o nome do animal, que era a segunda força da primeira prova da programação, poderia muito bem ressaltar a carreira do brasileiro: GLORIOSA Negra. Largando e tomando a ponta desde os primeiros metros, Ricardinho não deu chances aos adversários. Uma vitória tranquila, muito pela qualidade de seu jóquei. 

Nascido no dia 30 de setembro de 1961, ele teve forte inspiração de seu pai, Antônio Ricardo. Aos 16 anos estreou como aprendiz no Hipódromo da Gávea, conquistando sua primeira vitória no dia 16 de novembro do mesmo ano, com o cavalo Taim. 

Seu primeiro Grande Prêmio Brasil veio com Falcon Jet, depois de dois anos batendo na trave. Logo após, teve em sua vida o campeão Much Better, com o qual realizou o feito inédito de vencer as quatro principais carreiras da América do Sul em um único ano, 1994 (Grande Prêmio Brasil, Grande Prêmio São Paulo, Gran Premio Latinoamericano e Grand Premio Carlos Pellegrini). No mesmo ano montou Much Better no Grand Prix L'Arch du Triomphe. 

Montando na Argentina conquistou diversas vitórias, se aproximando do recorde mundial. Superou um linfoma e diversas fraturas antes de, no dia 05 de fevereiro de 2018, pilotando Jubiléia igualar o recorde mundial. 

E coincidentemente, coube ao narrador Thiago Guedes narrar a vitória de Jubiléia e também a de hoje, com Gloriosa Negra. Ricardinho recebeu uma placa em homenagem do Jockey Club Brasileiro e deu uma entrevista muito emocionado. 

"Como você disse foram muitos anos de sacrifício em minha profissão, que eu abracei desde que nasci", falou Ricardo na entrevista após o páreo. "Eu fui crescendo e o amor aos cavalos de corrida foram aumentando até hoje. Muitos me perguntam porque eu continuo montando. Eu continuo montando porque as corridas de cavalo são minha vida. E o dia mais triste da minha vida será o dia que eu me aposentar."

Jorge Ricardo ainda montará em todo o Festival do Grande Prêmio Brasil, que acontece de hoje até segunda-feira. Na principal prova do turfe nacional ele montará Olympic Ipswich, do Haras do Morro. Na Milha Internacional ele também possui uma ótima montaria, o animal Ultimate Runner, do Haras Mabruk. 

Momento de alegria e de emoção para todos os turfistas, que - muitos deles - cresceram vendo Jorge Ricardo montar e têm a honra de acompanhar - e relatar - um momento tão especial como este. Ricardinho é o Pelé do turfe!