Turfe

Wil Myers dá o bicampeonato do Clássico Criadores ao Stud Ajato

(Foto: Divulgação Jockey Club do Paraná por Felipe Neves)

Nesta tarde de quinta-feira (13) foi disputado o Clássico Criadores (Listed), criterium para a geração 2017 no Jockey Club do Paraná. E a prova marcou o bicampeonato da farda "pistache e rosa" do Stud Ajato. 

Logo na largada, Long Journey buscou a primeira colocação, tentando fazer um ritmo mais forte na prova. Pelo externo da pista se apresentou Wil Myers, seguido por Barry More Court, Oakland Bay, Najar do Iguassu e Lord Trick. 

No fim da reta aposta, Wil Myers fez a diagonal e assumiu a segunda colocação muito próximo ao ponteiro, mostrando que antes mesmo da reta final tentaria assumir a primeira colocação. E foi isso que aconteceu. 

Na entrada da reta, o crioulo do Haras LLC já assumia a ponta, com Barry More Court conseguindo boa passagem por dentro e passando para o segundo posto. Porém, ao invés da esperada briga pela ponta, a partir dos 300 metros finais o potro do Stud Ajato começou a abrir mais e mais vantagem. 

Vindo do fundo do pelotão, Najar do Iguassu conquistou a segunda colocação, seguido por Lord Trick, Barry More Court e Oakland Bay. Long Journey, que fez carreira para Lord Trick, acabou chegando na última colocação. 

Filho de Kodiak Kowboy e Magic Carolina (Torrential), Wil Myers repetiu a vitória de Art Dollar, também do Stud Ajato na edição de 2019 do Clássico Criadores (Listed). Ele defende as sedas do Stud Ajato e foi criado pelo Haras LLC. Treinamento de Dilson Antunes e pilotagem de Marcos Ribeiro. O tempo foi de 1'41"40 para os 1.600 metros na pista de areia macia.

Na Taça, Kopenhagen passeou: 

O melhor animal e atividade no Tarumã venceu mais uma. Estamos falando de Kopenhagen, que levou a Taça Jockey Club do Paraná a "petit galop" na tarde de hoje. Em 2.000 metros, a carreira servia como primeira preparatória para o Grande Prêmio Paraná (G3), que este ano acontecerá em dezembro. 

O cavalo do Haras Springfield correu na ponta por boa parte do percurso, sendo superado na reta oposta por Energy Secret. Na entrada da reta final ele já era o ponteiro novamente e, quando Band Ship começou a melhorar pelo externo da pista, Michel Platini ajustou as rédeas para que o filho de Midshipman abrisse mais e mais vantagem. 

Na segunda colocação chegou Band Ship, com Trick Step, Grand Mago e Energy Secret a seguir. Filho de Midshipman e Left Handed (Vettori), ele é de criação e propriedade do Haras Springfield. O tempo para os 2.000 metros foi de 2'11"80.