Turismo cauteloso

Morretes reabre para turismo neste fim de semana, mas visitante precisa gerar QR Code

(Foto: Priscilla Forone)

A Prefeitura de Morretes acaba de anunciar a reabertura do turismo na cidade litorânea, a partir desta sexta-feira (9 de abril). Mas a decisão é cautelosa e segue recomendações das autoridades sanitárias para não colocar em risco a saúde dos turistas, dos colaboradores dos empreendimentos turísticos e dos moradores do município.

Para acessar a cidade, será necessário entrar no site www.morretesdestinocerto.com.br para fazer um cadastro e gerar um QR Code, que será apresentado na barreira sanitária. O objetivo da ferramenta, implantada pela Motu Inteligência Digital, é controlar o fluxo na cidade e fazer rastreamento de contatos, caso necessário. Cerca de 5 mil pessoas poderão visitar Morretes por dia, desde que tenha o QR Code. Caso contrário, o visitante não poderá entrar na cidade. A recomendação é que seja feita reserva antecipada diretamente com os estabelecimentos da região ou compra prévia dos passeios.

Com as atividades baseadas quase que totalmente no turismo, a cidade foi uma das mais afetadas no Paraná durante a pandemia. “A abertura dos destinos de turismo é crucial para o desenvolvimento financeiro da região. Temos plena consciência disso e as empresas estão capacitadas, dentro de cada área, para fazer valer todos os protocolos de segurança. Aos poucos, e com muita responsabilidade, tenho certeza que iremos superar as dificuldades”, destaca a secretária de Turismo, Cultura, Urbanismo e Meio Ambiente de Morretes e proprietária do Ekôa Park, Tatiana Perim.

O empreendimento, que é um atrativo turístico que retorna neste final de semana. O paraíso ecológico ocupa uma área de 238 hectares, localizado dentro da maior área contínua remanescente de Mata Atlântica, denominada Grande Reserva. O Ekôa Park oferece atividades de aventura, lazer, entretenimento, educação ambiental e desenvolvimento profissional. O parque se adequou ao plano de reabertura, trazendo algumas novidades para garantir a segurança dos turistas, colaboradores e moradores da cidade.

Uma das medidas adotadas foi restringir o número de pessoas e o acesso a algumas atrações. Além disso, o restaurante Oka Gastronomia deixou de servir o tradicional buffet para oferecer pratos a la carte e opções de cestas de piquenique, para as famílias degustarem ao ar livre.

A cidade por si só apresenta lazer, cultura, história e gastronomia típica regional. “É um ótimo destino para aqueles que querem se desligar da rotina do dia a dia, viajar e vivenciar experiências enriquecedoras. Os empreendimentos da região se prepararam para receber os turistas com muita alegria e segurança. É uma ótima oportunidade para se reconectar com a natureza e recarregar as baterias”, finaliza a secretária.