Noticiário policial produzido pela equipe do Portal Bem Paraná

Proteção animal

Após denúncia, canil clandestino em Curitiba é fechado com 43 cães de raça

(Foto: Divulgação/SMCS)

Uma nova ação conjunta de fiscalização da Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba com a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) da Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (19/3), resultou na apreensão de 43 cães de raça em um canil clandestino no bairro Lamenha Pequena, região Norte da cidade.

A denúncia foi feita via Central 156. Ao chegar ao local, os fiscais, veterinários e policiais se depararam com os animais em condição de maus-tratos em baias pequenas e em meio a bastante sujeira, além de seringas e medicamentos vencidos.

“Ainda havia fortes evidências de criação para comércio ilegal de cães”, contou a chefe da Rede de Proteção Animal, Vivien Midori Morikawa.

O responsável foi autuado pelo município em R$ 21 mil e levado para a delegacia para lavrar o termo circunstanciado. Os animais ficarão sob a guarda de um fiel depositário até a conclusão do processo. Assim que estiverem em condições, serão encaminhados para adoção responsável.

É crime

Deixar um animal sem abrigo adequado, privá-lo de alimento e água, feri-lo e abandoná-lo são alguns dos comportamentos descritos pela Lei Municipal 13.908/2011 como maus-tratos contra animais. Esse tipo de situação pode ser denunciado pela população pela Central 156 da Prefeitura.

A população também pode ajudar a combater a prática da criação irregular de animais optando pela adoção dos bichinhos de estimação. Ao escolher comprar, é fundamental conhecer a origem para evitar que venham de canis clandestinos.

Reforço

Desde o início de fevereiro, o Departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e a DPMA promovem ações conjuntas para a verificação de denúncias de maus-tratos, posse ilegal, comércio ilegal e tráfico de animais silvestres e domésticos.