Plantão de polícia

Noticiário policial produzido pela equipe do Portal Bem Paraná

Publicidade
Luto

Cabo da Polícia Militar de folga morre ao impedir roubo em Piraquara

(Foto: Reprodução)

O cabo Edson Luiz Cordeiro Borges, de 47 anos, do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC), perdeu a vida ao evitar um roubo a uma loja de departamentos no fim da tarde deste sábado (14/12) em Piraquara. Ele estava de folga quando tentou abordar os criminosos quando foi alvo de disparos de arma de fogo. Após ser socorrido ele acabou falecendo no hospital. Um suspeito de ter envolvimento no crime foi preso e uma arma, apreendida.

A situação ocorreu por volta de 19 horas, numa loja de conveniência localizada na Avenida Presidente Getúlio Dornelles Vargas, no centro de Piraquara. Informações preliminares apontam que o cabo Borges estava no local para fazer compras quando percebeu que dois homens anunciaram o roubo. Ele tentou fazer a abordagem e acabou atingido por disparos dos criminosos.

O Siate foi acionado e prestou os primeiros socorros, mas o cabo Edson morreu no Hospital Cajuru. Simultaneamente ao atendimento médico feito ao policial, uma equipe do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd) conseguiu prender um suspeito e apreender um revólver, o qual teria sido usado no crime. O homem estava ferido por disparo de arma de fogo. Ele foi encaminhado e deve ser entregue para a Polícia Civil após atendimento médico. Um segundo envolvido segue procurado pela polícia.

Querido

Querido por dezenas de companheiros de farda, o cabo Borges já se preparava para a reserva remunerada, tinha 23 anos de serviço pela PM e estava há 11 anos no Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária. Antes, também integrou as fileiras do 17° Batalhão de Polícia Militar (17° BPM) e fez sua formação como policial militar no 12° Batalhão em 1996.

Por todos os setores e unidades que passou, deixou amigos e admiradores pelo bom trabalho que desenvolvia. Para o Comandante do BPEC, tenente-coronel Mario Jorge Alves Lopes, a perda repentina do cabo Borges deixa o batalhão em luto, assim como toda a Corporação se consterna por mais uma vida sacrificada em prol da segurança pública.

"Com muita tristeza transmitimos as condolências aos familiares. É uma situação lamentável perder um guerreiro, era comprometido, era uma referência da comunidade escolar e para seus subordinados. Ele era prestativo e pronto para qualquer tipo de missão. Nos colocamos à disposição dos familiares para prestar o apoio necessário nesse momento de dor", disse o tenente-coronel Mario Jorge.

O velório será na Câmara Municipal de Piraquara, ainda sem horário definido. O sepultamento deverá ocorrer na manhã de segunda-feira (16/12). Mais detalhes serão divulgados em breve.

Quem faz o blog

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES