Noticiário policial produzido pela equipe do Portal Bem Paraná

Morte

Polícia prende segundo suspeito de latrocínio contra diretor de obras da prefeitura de Curitiba

(Foto: Reprodução)

A Polícia Civil do Paraná prendeu o segundo suspeito de latrocínio contra Augusto Meyer Neto, diretor do Departamento de Pontes e Drenagem, da Secretaria Municipal de Obras Públicas. A captura aconteceu nesta quinta-feira (30). O primeiro suspeito de envolvimento no caso foi preso no dia 24 de junho deste ano.

Meyer Neto, 61 anos, foi morto a tiros na frente da sua própria casa, após uma tentativa de assalto, em 29 de maio deste ano. Ele era diretor do Departamento de Pontes e Drenagem, da Secretaria Municipal de Obras Públicas. A ocorrência foi por volta das 19 horas, na frente da casa da vítima, no bairro Santa Cândida. A ação foi captada por uma câmera de segurança. Meyer dirigia uma Fiat Toro, com um reboque quando parou na frente de casa e foi abordado por dois homens que estavam em um VW Gol. Um dos homens abordou a Fiat Toro pela porta do motorista. Outro homem havia feito a abordagem pela porta do passageiro da picape. Após alguns segundos, o primeiro homem deu um tiro em Meyer. Ele andou um pouco com a picape, saiu do carro e tentou dar um soco no atirador. Mas acabou levando outro tiro e caiu. Os assaltantes foram embora e o funcionário público ficou caído no chão. Socorristas atendera à ocorrência. A vítima, contudo, morreu antes de ser levada a um hospital. Na hora do socorro é que ela foi identificada como Augusto Meyer Neto. 

Nas redes sociais, o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, lamentou o ocorrido. "Muito triste com a notícia da morte precoce do servidor Augusto Meyer Neto, assassinado em uma tentativa de assalto agora à noite. Tive a oportunidade de trabalhar com ele quando fui secretário de Obras Públicas de Curitiba. Foi nosso competente e parceiro diretor de Pontes e Drenagens da Prefeitura. Sempre muito prestativo, conhecia como ninguém todo o sistema de drenagem da nossa capital. Meu sentimentos aos familiares e amigos, que Deus conforte a todos", escereveu Pimentel, em seu perfil no Facebook.