Política em Debate

Publicidade
Câmara

Vereadores rejeitam pedido de abertura de processo de impeachment contra Greca

Câmara: pedido foi rejeitado por 27 votos a 9
Câmara: pedido foi rejeitado por 27 votos a 9 (Foto: Carlos Costa/CMC)

Por 27 votos a 10, a Câmara Municipal de Curitiba rejeitou hoje a abertura de um processo de impeachment contra o prefeito Rafael Greca (DEM). O pedido foi apresentado pelo advogado Pierre Lourenço.

No pedido, Lourenço apontou suspeitas de irregularidades na concessão de subsídios às empresas de ônibus da Capital durante a pandemia do Covid-19. O advogado afirmou ainda não haver contrapartidas ou prova de prejuízo para as empresas, além da falta de indicação da origem dos recursos. Lourenço apontou ainda irregularidades na antecipação do pagamento de uma gratificação natalina aos servidores municipais. O advogado questiona ainda a publicidade de medidas de enfrentamento ao coronavírus.

Votaram contra a aceitação da denúncia os vereadores Alex Rato (Patriota), Beto Moraes (PSD), Bruno Pessuti (Podemos), Colpani (PSB), Cristiano Santos (PV), Dona Lourdes (PSB), Dr. Wolmir (Republicanos), Ezequias Barros (PMB), Fabiane Rosa (PSD), Geovane Fernandes (Patriota), Herivelto Oliveira (Cidadania), Jairo Marcelino (PSD), Julieta Reis (DEM), Katia Dittrich (Solidariedade), Maria Manfron (PP), Mauro Bobato (Podemos), Mauro Ignácio (DEM), Oscalino do Povo (PP), Osias Moraes (Republicanos), Paulo Rink (PL), Pier Petruzziello (PTB), Rogério Campos (PSD), Serginho do Posto (DEM), Thiago Ferro (PSC), Tico Kuzma (Pros), Toninho da Farmácia (DEM) e Zezinho Sabará (DEM).

Pela abertura do processo Cacá Pereira (Patriota), Dalton Borba (PDT), Marcos Vieira (PDT), Maria Letícia (PV), Mestre Pop (PSD), Noemia Rocha (MDB), Professor Euler (PSD), Professor Silberto (MDB) e Professora Josete (PT).

Os vereadores Sabino Picolo (DEM), presidente da Casa, e Tito Zeglin (PDT), 1º vice-presidente, não votaram.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES