• Banda em turnê de despedida

    Creedence Clearwater Revisited em Curitiba

    Creedence Clearwater Revisited em Curitiba

    Com dois integrantes originais do Creedence Clearwater Revival, o projeto Creedence Clearwater Revisited desembarca em Curitiba no dia 27 de outubro para realizar show na Live Curitiba.

    Com o baixista Stu Cook e o baterista Doug Clifford como membros da formação clássica da banda que tocou no famoso festival Woodstock, de 1969, e gravou todos os álbuns, o CRR realiza apresentação da turnê de despedida.

    Não faltarão sucessos da década de 60 como “Have You Ever Seen the Rain?”, “Suzy Q”, “Bad Moon Rising”, “Green River”, “Suzy Q”, Who'll Stop the Rain", "I Heard It Through the Grapevine" e “Hey Tonight”.

    Até o fechamento desta nota, a produção ainda não tinha divulgado o preço dos ingressos.

    Mais informações no www.sinnersrockbeer.com

  • Festival será no dia 18 de setembro

    Scorpions, Whitesnake e Europe em Curitiba: Veja as atuais formações das bandas

    Scorpions, Whitesnake e Europe em Curitiba: Veja as atuais formações das bandas

    Na próxima semana Curitiba vai presenciar um dos principais festivais internacionais de rock do ano, na Pedreira Paulo Leminski. Desembarcam para o evento “Rock Ao Vivo” no dia 18 de setembro, o Scorpions, Whitesnake e o Europe.

    São bandas com mais de três décadas de atuação e que no decorrer do tempo passaram por diversas mudanças em suas formações. Vale mencionar que o Scorpions e o Whitesnake também vão participar do Rock In Rio deste ano. Eles, inclusive, estiveram na mitológica primeira edição do festival, em 1985.

    O Scorpions atualmente conta com três integrantes da formação clássica: o guitarrista e fundador Rudolph Schenker, o vocalista Klaus Meine, e o guitarrista Mathias Jabs, que ingressou no grupo após a saída do lendário Uli John Roth em 1979, para a gravação do álbum “Lovedrive”. Foi neste álbum que a banda desenvolveu o estilo característico da década de 80, se afastando do progressivo psicodélico setentista de “Fly To The Rainbow”.

    Já os demais integrantes são mais novos no grupo. O baixista polonês Pawel Maciwoda ingressou em 2004 e participou pela primeira vez em disco no álbum “Unbreakable” e o baterista sueco Mikkey Dee, que entrou em 2016, substituindo James Kottak. Dee, que integrou durante anos o Motorhead e tocou no King Diamond, deu nova vitalidade para a banda, que já prepara novo álbum, que deverá ser lançado em 2020.

    O Whitesnake do “chefão” David Coverdale deve ter sido das três a que mais passou por mudanças. Porém, já faz algum tempo que conta com a mesma formação. Dois integrantes desta formação merecem destaque. Primeiramente a lenda Tommy Aldridge (bateria), que integrou uma das formações clássicas do Whitesnake, que gravou o álbum “Slip Of The Tongue” no fim da década de 1980, que contou ainda com o guitarrista Steve Vai e o baixista Rudy Sarzo. O batera tocou e gravou também importantes álbuns com Ozzy Osbourne como o clássico ao vivo “Speak Of The Devil” e o “Bark At The Moon”. O segundo é Reb Beach, que foi revelado na banda Winger, do famoso hit do início da década de 90 “Miles Way”, e tocou também com o Dokken.

    Mais novos, mas consolidados no grupo, ainda apresentam-se Michael Devin (baixo), Michele Luppi (teclados), que foi integrante do Vision Divine, e o guitarrista Joel Hoekstra, que já tocou no Night Ranger.

    Já o Europe estará em Curitiba com a formação clássica do álbum “The Final Countdown”, de 1986. O grupo sueco conta com Joey Tempest (vocal), John Norum (guitarra), John Levén (baixo), Mic Michaeli (teclados) e Ian Haugland (bateria) e estará na capital paranaense pela primeira vez.

    ROCK AO VIVO

    CURITIBA - Scorpions | Whitesnake | Europe

    Data: 18 de setembro de 2019 (quarta-feira)

    Local: Pedreira Paulo Leminski (R. João Gava, 970)

    Horários: Abertura dos portões: 13h / Início dos shows: a partir das 17h

    INGRESSOS: variam de R$220,00 (meia-entrada) a R$780,00 (inteira), de acordo com o setor.

    Pista Premium (2 lote): meia entrada: R$390 | solidário: R$400 | inteiro: R$780

    Pista (lote 3): meia entrada: R$ 220 | solidário: R$ 230 | inteiro: R$ 440

    A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. *Ingresso solidário: mediante doação de 1kg de alimento não perecível no dia do evento.

    * Há o acréscimo de taxa de adm da tiqueteira

    Vendas online: www.uhuu.com

    Ponto de venda físico: Shopping Crystal (R. Comendador Araújo, 731, de segunda a domingo das 12h às 20h)

    Classificação: 14 anos

    Mais informações no www.sinnersrockbeer.com.br

     

     

     

     

  • Show deverá ser no dia 28 de outubro

    Offspring e Bad Religion em Curitiba

    Offspring e Bad Religion em Curitiba

    As bandas de hardcore melódico Offspring e Bad Religion deverão se apresentar no dia 28 de outubro na capital paranaense. A notícia foi publicada pelo jornalista José Norbeto Flesch, do Destak, em sua conta do Twitter nesta terça-feira (11/09).

    Mais informações no www.sinnersrockbeer.com.br

  • Espaço será destinado no Festival Rock 'n Road no dia 12 de outubro

    Hard Rock Cafe terá palco na Pedreira Paulo Leminski com artistas locais

    Hard Rock Cafe terá palco na Pedreira Paulo Leminski com artistas locais

    Redação com Assessoria de Imprensa

    O Hard Rock Cafe Curitiba em mais uma iniciativa de apoio a cena rock da cidade apresenta no Festival Rock 'n Road, que acontece no dia 12 de outubro na Pedreira Paulo Leminski, um palco homônimo somente com bandas locais. República Pine, Rock Bugs, Pancake, BOR, o vencedor do Viva Rock Latino, festival que envolve toda a rede Hard Rock para escolher a melhor banda da América Latina, e o ganhador do Festival Canta Curitiba, iniciativa da Prefeitura Municipal de Curitiba de fomento aos artistas curitibanos, apresentam-se no palco Hard Rock durante os intervalos das bandas do palco principal.

    As apresentações do palco Hard Rock Cafe Curitiba acontecem a partir do meio dia com muito rock em shows entre Raimundos, Ira!, Frejat e Marcelo Falcão. Para Brunno Kukulka, sócio diretor do Hard Rock Cafe Curitiba, estrear um palco em um festival é um marco para a rede.

    “A Pedreira é um dos lugares mais rock do mundo e estamos felizes em estrear um palco com artistas da cena curitibana. O Hard Rock Cafe Curitiba é um dos principais apoiadores dos artistas da cidade e esta é uma chance incrível de disseminar música de qualidade e produzida aqui”, conta. 

    O Festival Rock 'n Road vai reunir na Pedreira estilo de vida, gastronomia, música, família e solidariedade, com parte da renda arrecadada com a venda dos ingressos destinada ao Hospital Erasto Gaertner e em prol da campanha do Outubro Rosa.

    Mais informações no www.sinnersrockbeer.com.br


    Na foto: República Pine, uma das bandas do festival.

  • “Dono do hit folk ´Lullaby Love´, o cantor desembarca na sexta, dia 13 de setembro

    Roo Panes se apresenta em Curitiba

    Roo Panes se apresenta em Curitiba

    O cantor e compositor inglês ROO PANES é a atração da próxima edição do Popload Gig. Serão três shows no Brasil e a abertura da turnê será em Curitiba na sexta, dia 13 de setembro, em única apresentação no Ópera Arte (R: João Gava, 920) às 20h30. Depois da capital paranaense, ele segue para São Paulo (14.09, Fabrique) e Rio de Janeiro (19.09, Belmond Copacabana Palace (Golden Room)). Esta é a primeira apresentação no país de Andrew “Roo” Panes, que está na trilha da novela das nove da Globo, ´A Dona do Pedaço´, com o seu grande hit “Lullaby Love”. O evento é apresentado por Heineken e tem a Deezer como player oficial.

    Navegando entre o folk clássico e o contemporâneo, Panes é conhecido por suas letras introspectivas com melodias marcantes, dessas que grudam na cabeça, a maior parte composta e dedilhada em seu violão de doze cordas. Segundo a revista Vogue americana, suas músicas “suaves e emotivas são a trilha perfeita para noites de verão”. Os mais de 200 milhões de plays em plataformas de streaming e seus mais de 20 milhões de views no Youtube que o digam. Mérito de “Tiger Striped Sky”, canção de seu primeiro disco Little Giant (2014), que conseguiu, sozinha, seus 100 milhões de streams. Paperweights, de 2016, também contribuiu trazendo o hit “Lullaby Love”, que voltou a tocar nas rádios depois de entrar na novela global. Quiet Man, de 2018, foi lançado após uma temporada do cantor no interior da Inglaterra: é um álbum meditativo, confessional, simples e delicado, rendendo comparações com Sufjan Stevens, Bon Iver e Ben Howard. Neste ano, Panes lançou uma versão deluxe do disco, com 22 faixas.

    Para o show de Curitiba, os ingressos poderão ser adquiridos pela internet (www.ticketload.com) e na bilheteria oficial do Botanique Café & Bar, sem taxa de conveniência.

    Os ingressos estão disponíveis custam: PISTA (1º lote) – R$ 60,00 (meia-entrada) e R$ 120,00 (inteira) / PISTA (2º lote) – R$ 80,00 (meia-entrada) e R$ 160,00 (inteira) / Camarote – R$ 100,00 (meia-entrada) e R$ 200,00 (inteira). A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE). Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. Online: www.ticketload.com e na bilheteria oficial (sem taxa de conveniência) – Botanique Café & Bar (R: Brigadeiro Franco, 1.193, de segunda a sexta-feira – 08h30 às 24h e sábados, domingos e feriados – 10h às 24h).

    SERVIÇO:

    ROO PANES – CURITIBA

    Data: 13 de setembro de 2019 (Sexta-feira)
    Horários: Abertura das portas: 19h / Início do show: 20h30

    Local: Ópera Arte (R: João Gava, 920)

    Capacidade: 500 pessoas
    Classificação etária: 18 anos.

    Duração: Aproximadamente 1h40.

    Ingressos: A partir de R$ 60,00
    PISTA (1º lote) – R$ 60,00 (meia-entrada) e R$ 120,00 (inteira);
    PISTA (2º lote) – R$ 80,00 (meia-entrada) e R$ 160,00 (inteira);
    Camarote – R$ 100,00 (meia-entrada) e R$ 200,00 (inteira).

    A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE). Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei.
    Pontos de venda: Online: www.ticketload.com e na bilheteria oficial (sem taxa de conveniência) – Botanique Café & Bar (R: Brigadeiro Franco, 1.193, de segunda a sexta-feira – 08h30 às 24h e sábados, domingos e feriados – 10h às 24h).

    Parcelamento: em até 2x nos cartões de crédito (consultar bandeiras)

    Taxa de Conveniência: 17% para vendas online e no aplicativo.

  • Banda alemã vai se apresentar em Curitiba ao lado do Whitesnake e Europe

    Após shows no Brasil, Scorpions vai gravar novo disco

    Após shows no Brasil, Scorpions vai gravar novo disco

    Com várias datas confirmadas para realizar shows no Brasil, a banda alemã Scorpions argumentou que após encerrar a turnê “Crazy World” vai começar a gravar um novo álbum de estúdio. Entre as datas brasileiras, incluindo o Rock In Rio, o Scorpions vai se apresentar em Curitiba no dia 18 de setembro, na Pedreira Paulo Leminski, no festival "Rock Ao Vivo" que contará, também, com o Whitesnake e o Europe.

    "Tantos anos depois, basta olhar ao redor. O mundo continua maluco, e esperamos com nossa música construir pontes para reunir as pessoas da maneira mais pacífica possível", afirmou o cantor Klaus Meine, em entrevista ao Destak.

    O novo álbum do Scorpions será o primeiro que contará na íntegra com o novo baterista Mikkey Dee, ex-Motörhead, que substituiu o baterista anterior, James Kottak.

    "Estamos preparando um álbum histórico. Dee é o motivo para entrarmos em estúdio, ele se tornou uma grande força para o Scorpions. Estávamos lutando por uma mudança que nos colocassem nos trilhos, mas as coisas não funcionavam, foi quando encontramos Mikkey, ele tem a química da banda", afirmou o guitarrista Rudolf Schenker, em entrevista ao Headbangers LifeStyle.


    Show em Curitiba

    Scorpions, Whitesnake e Europe

    Data: 18 de setembro de 2019 (quarta-feira)

    Local: Pedreira Paulo Leminski

    Endereço: Rua João gava, 970 – Abranches

    Horário: 17h

    Ingressos: a partir de R$ 190 (2º lote) + taxas (pagamento em até 10x)

    Venda online: www.uhuu.com

     Bilheteria oficial (Sem cobrança de Taxa de Serviço):

    Shopping Crystal – R. Comendador Araújo, 731 – Batel

    (horários: segunda a sábado das 12h às 20h, e domingo das 14h às 20h)


    Mais informações no: www.sinnersrockbeer.com.br

     

  • Cervejaria Bodebrown lança a cerveja Trooper IPA

    Iron Maiden e cervejaria curitibana firmam parceria

    Iron Maiden e cervejaria curitibana firmam parceria

    Da Redação com Assessoria

    A Cervejaria Bodebrown aproveita sua participação no Mondial de La Bière do Rio de Janeiro para divulgar uma nova parceria internacional de peso. Trata-se da cerveja Trooper IPA, criada em parceria com a banda Iron Maiden.

    Os irmãos Samuel e Paulo Cavalcanti, da Bodebrown, trabalharam com o vocalista Bruce Dickinson neste projeto por dois anos. O resultado poderá ser conhecido em primeira-mão no Mondial, onde as versões em lata de 473 ml estarão à venda.

    Para marcar a parceria da Bodebrown com o Iron Maiden, também foi criada uma série de produtos, com camisetas, copos, bonés, bandeiras e bandeirolas. Todo este material, assim como as latas, estarão em pré-venda disponível nos sites: www.loja.bodebrown.com.br e www.cervejaironmaiden.com.br.

    O lançamento faz parte das comemorações de 10 anos da Bodebrown, completados em 2019. “Trazemos a Trooper IPA como um presente para nossos fãs, que vêm nos dando suporte durante esta década de muito trabalho”, conta Samuel. “Não se trata de um licenciamento para usar a marca. Realmente criamos a cerveja a seis mãos, num cuidadoso processo, em colaboração direta nossa com o Bruce”.

    Dickinson conheceu o trabalho da cervejaria curitibana quando a Bodebrown realizou produções na Inglaterra. Entre 2014 e 2018, a cervejaria esteve quatro vezes no país europeu produzindo cervejas, chegando a conquistar duas medalhas de ouro em festivais locais. O convite para criar um rótulo com o Iron Maiden surgiu, então, no fim de 2018.

    Os irmãos Cavalcanti se encontraram com Dickinson pessoalmente duas vezes. A primeira vez, em abril deste ano, aconteceu em Paris (França), quando degustaram as primeiras amostras da cerveja. Foi desse encontro que notaram a necessidade de incluir um DNA brasileiro na Trooper. Ele veio na forma da adição de nibs de cacau e no blend de lúpulos que revela notas de frutas tropicais como a manga.

    Em julho deste ano, Paulo e Samuel Cavalcanti voltaram se reunir com Dickinson, desta vez na Flórida, em Fort Lauderdale. Juntos provaram mais uma safra de amostras, para então decidir a fórmula final desta cerveja.

    Os nibs de cacau adicionados na Trooper são provenientes de Ilhéus, Bahia. Se misturam com o blend de lúpulos adicionados no dry hopping (Sorachi Ace, Amarillo e Sabro). A combinação dá um baixo amargor à cerveja, que apresenta ainda suave sabor de malte, 5% de teor alcoólico e notas sutis de cacau, chocolate branco e manga.

    Esta cerveja será produzida e vendida exclusivamente no Brasil.


    Mais informações no www.sinnersrockbeer.com.br

  • Ex-Titã relê obras do Rei e canções consagradas da carreira

    Nando Reis revisita Roberto Carlos no Teatro Positivo

    Nando Reis revisita Roberto Carlos no Teatro Positivo

    O ex-Titã, Nando Reis, estará em Curitiba na próxima sexta-feira (06 de setembro) para realizar apresentação da nova turnê “Esse Amor Sem Preconceito”. O show que acontecerá no Teatro Positivo vai mesclar canções de sua obra autoral e clássicos do cantor Roberto Carlos. Vale mencionar que o último álbum do Nando conta com releituras de composições do “Rei”

    O roteiro do show parte da ligação pessoal de Nando Reis com a música de Roberto Carlos. Para conectar a relação entre os dois compositores, a turnê foi batizada com verso da canção “Amada Amante” (Roberto Carlos/ Erasmo Carlos), primeiro single do novo trabalho de Nando Reis.

    Além das canções do Rei, Nando incluiu ainda seus grandes sucessos solo como “O Segundo Sol”, “Luz dos Olhos”, “Relicário”, “All Star” e outros. Várias das composições ficaram famosas na voz da cantora Cássia Eller.


    Data: 06/09/2019

    Abertura dos portões: 20h00

    Início do show (previsão): 21h15

    Atenção: os horários deste evento podem sofrer alterações na semana do show.

    Local: Teatro Positivo

    (Endereço: R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 - Campo Comprido, Curitiba/PR)

    Ingressos disponíveis em bit.ly/NRRCcuritiba.

    Mais informações no: www.sinnersrockbeer.com.br

  • METAL

    Metal domina o underground no final de semana

    Metal domina o underground no final de semana
    Slammer tocará em dois festivais (Foto: DonnaUrsa Leth)

    O Metal vai dominar a cena underground em Curitiba e Araucária neste final de semana. No 92 Graus o Festival Living After Death reúne a banda catarinense Battalion, juntamente com o Thou Shall Not e a Slammer.

    A sonzeira começa a partir das 20 horas cm ingressos a R$ 15,00.

    No sábado (31), o Espaço Mion abre as portas para o 1º Hall Of Death, a partir das 15 horas, para receber as bandas Camos, Canifaz, Axecuter, Jailor e Slammer, em uma programação de arrebentar.

    O ingresso custa R$ 10,00 e o Espaço fica na Rodovia BR-476 – 2056, em Araucária.

    Mais informações no portal www.sinnersrockbeer.com.br 

  • Vocalista fará turnê brasileira em novembro

    Scott Stapp do Creed em Curitiba

    Scott Stapp do Creed em Curitiba

    Scott Stapp, vocalista da banda Creed, anunciou em suas redes sociais que vai fazer turnê que inclui México e Brasil no mês de novembro. Denominada “The Space Between The Shadows Tour”, para promover o terceiro disco solo que foi lançado recentemente, a excursão passará pela cidade de Curitiba no dia 13 de novembro.

    Vale mencionar que o cantor gravou com o Creed sucessos como "My Sacrifice", "Higher" e "One Last Breath".

    Mais informações: www.sinnersrockbeer.com.br

     

  • Guitarrista original do The Police , baterista dos Paralamas e ex-baixista do Barão Vermelho no Teatro Positivo

    Call The Police, projeto de Andy Summers, Barone e Rodrigo em Curitiba

    Call The Police, projeto de Andy Summers, Barone e Rodrigo em Curitiba

    Com informações da Assessoria de Imprensa

    Juntos em um mesmo palco, o guitarrista Andy Summers, do The Police, o baterista João Barone, dos Paralamas do Sucesso, e o baixista Rodrigo Santos, ex-Barão Vermelho, fazem um show dedicado à banda inglesa, batizado de Call The Police. A apresentação acontece nesta sexta-feira (30), no palco do Teatro Positivo. Os ingressos estão à venda a partir de R$70, via Disk Ingressos. A produção e realização são da RW7 Production & Entertainment.

    O repertório é recheado de hits como: “So Lonely”, “Every Breath You Take”, “Message in a Bottle”, “Driven To Tears”, Roxanne”, “Every Little Thing She Does Is Magic”, entre outras surpresas que o trio Summers/Santos/Barone, prepararam para a turnê.

    Call The Police

    O baixista, compositor e cantor Rodrigo Santos e o lendário guitarrista inglês Andy Summers, do The Police, se conheceram no Rio de Janeiro em 2014, por intermédio do empresário responsável pelo agenciamento de ambos. A partir daí iniciaram uma amizade musical que já se transformou em parceria e várias apresentações que mesclavam hits do The Police, do Barão Vermelho e da trajetória solo de Rodrigo Santos.

    Em 2017 Andy Summers e Rodrigo, convidaram João Barone (Paralamas do Sucesso), um dos mais renomados bateristas deste país para dividir o palco. Aliás foi o baterista quem sugeriu o título Call the Police.

    “É uma dádiva poder tocar e ser amigo de um ídolo de uma das maiores bandas da história. E esse cara está conosco, se divertindo, curtindo, querendo nos levar para vários países do mundo. Nos escolheu para sermos a turma oficial que vai rodar o planeta tocando The Police”, festeja Rodrigo.

    Serviço – Call The Police em Curitiba

    Quando: 30 de agosto de 2019 (sexta-feira)

    Local: Teatro Positivo (Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300)

    Horário: 21h15

    Ingressos: variam de R$70 (meia-entrada) a R$360 (inteira), de acordo com setor e modalidade escolhidos

    Setor Azul – R$70 (meia) e R$140 (inteira)

    Setor Laranja – R$90 (meia) e R$180 (inteira)

    Setor Verde Superior – R$110 (meia) e R$220 (inteira)

    Setor Verde Inferior – R$110 (meia) e R$220 (inteira)

    Setor Rosa – R$130 (meia) e R$260 (inteira) – ESGOTADO

    Setor Branco – R$180 (meia) e R$360 (inteira) – ESGOTADO

    Vendas: Disk Ingressos

    Forma de pagamento: Dinheiro | Cartão de Débito | Cartão de Crédito em até 4x com acréscimo

    Classificação Etária: Livre

    Realização: RW7 Production & Entertainment


    Mais informações: www.sinnersrockbeer.com.br

  • Fê Lemos prepara terceiro álbum do projeto Hotel Básico

    ENTREVISTA: Baterista do Capital Inicial desenvolve carreira na Música Eletrônica

    ENTREVISTA: Baterista do Capital Inicial desenvolve carreira na Música Eletrônica

    Dizer que o baterista Fê Lemos é uma figura histórica do rock brasileiro pode parecer clichê, mas em tempos de redes sociais, Fake News e informações cada vez mais desencontradas, torna-se relevante recordar. Fundador do Aborto Elétrico, ao lado do cantor e compositor Renato Russo, até hoje o músico é o responsável pelas baquetas do Capital Inicial. E paralelo ao ofício de integrar um dos grupos sobreviventes do rock nacional, com mais de 30 anos de trajetória, o baterista desenvolve uma consistente carreira na música eletrônica, que já prepara o terceiro álbum solo.

    Fê Lemos esteve em Curitiba no último sábado (24 de agosto) para tocar com o Capital Inicial no clube Curitibano e aproveitou para participar, também, do show do primeiro guitarrista da Legião Urbana, Kadu Lambach, no Sheridans Irish Pub, onde concedeu entrevista sobre sua carreira.

    O nome do projeto do batera é Hotel Básico, que começou em 2005, com lançamento de seu primeiro disco. No início, “Hotel Básico” era o nome do primeiro álbum solo do Fê e, em seguida, se tornou o nome do projeto que já gravou dois CDs.

    “O primeiro disco foi mais experimental. Estava começando a mexer com a linguagem nova de música eletrônica. No segundo procurei focar mais em canção com uma cantora, a Carol Mendes. O objetivo foi fazer canções utilizando a música eletrônica como base”, argumenta o músico, citando o disco “Amor Vagabundo”, que desenvolveu um lado mais pop e menos experimental.

    Em 2019, Fê Lemos já começa a elaborar o terceiro álbum do Hotel Básico com novos colaboradores e com a intenção de aprimorar o estilo. “Em um terceiro disco vou utilizar esta ideia do pop com o peso da música eletrônica de pista, com um passo adiante. Estou trabalhando com a cantora Mel Ravasio, que era da banda Lipstick. A Mel é uma garota romântica. Que tem um estilo bem de menina”, argumenta.

    Após gravar o primeiro álbum experimental e o segundo mais pop, o músico diz que é o momento de somar os elementos dos dois discos. “No começo experimentei bastante os recursos da música eletrônica, mas meu foco agora é fazer canção. Tenho os pés no rock dos anos 60 e 70, que nunca vou perder. Uso a eletrônica, mas quero canções, que as pessoas cantem o refrão. Com letras bacanas. Foi o que consegui no segundo disco. No próximo álbum, vamos fazer a alquimia destes elementos em um bom trabalho”, afirma Fê que pretende soltar o novo álbum no início de 2020.

    Não é de agora que Fê tem fascínio pela música eletrônica. Ele começou a flertar com o estilo ainda na década de 1980. E com o pensamento pouco convencional de diversos músicos do rock, entende que a música eletrônica pode ser uma grande aliada do estilo. Para lembrar um pouco de como começou a se interessar pela eletrônica, o baterista citou os primeiros trabalhos do Capital Inicial que utilizou o gênero, em breve entrevista.

    O Capital Inicial já flertava com a música eletrônica desde os anos 80 e 90. Se não me engano a primeira vez foi no álbum “Todos os Lados”?

    Fê: Na verdade foi no disco anterior ‘Você Não Precisa Entender’. Este é um disco eletrônico. Que foi todo gravado praticamente no computador. Eu estava com uma bateria eletrônica. Naquela época era uma novidade muito grande. Foi em 1988. Eu estava começando a compor. Consegui meu primeiro sampler e primeiro sequenciador no final de 1987. Quem muito trouxe estes elementos foi o tecladista da banda na época, Bozo Barretti. Era ume época que teve o verão do amor na Inglaterra, da música do New Order, o Synthpop do Depeche Mode. O Capital nesta época foi muito influenciado. É o disco do Capital mais eletrônico.

    Além do significado do álbum “Você Não Precisa Entender”, Fê ainda analisou outros discos do Capital Inicial dos Anos 80 e 90 que receberam influências da música eletrônica

    Fê: No álbum ‘Independência’ (1987) já tem uma música chamada ‘Espelho no Elevador’, com letra minha, que o Bozo Barretti traz um flerte neste sentido, fugindo um pouco do punk rock do primeiro disco. No quarto álbum ‘Todos os Lados’ (1990) tem ‘Vênus em Pedaços’ que é totalmente eletrônica com samples de filme pornô e a canção ‘Mambo Club’ que programei a bateria eletrônica. Era uma influência minha na banda, já tinha a bateria de pads. No álbum seguinte, o ‘Eletricidade’, na música ‘Chuva’, minha e do Bozo, fiz a programação de baixo, de teclado. Criei aquele groove da música. Só que em seguida o Capital se separou e, quando voltou, optei em dedicar meu esforço criativo ao projeto Hotel Básico.

    Geralmente nas bandas de rock, o baterista tem um pouco de preconceito com a música eletrônica, com a afirmação de que é a máquina substituindo o músico. Pelo jeito você tem uma visão diferente...

    Fê: A bateria eletrônica não substitui. Ela agrega. Quando vou programar, eu toco a bateria. É uma opção minha. Estamos no século XXI e a distinção do que é acústico ou eletrônico está cada vez mais cinzenta. Estas áreas vêm se misturando. A ideia da banda de rock tradicional da década de 70, hoje ficou na história. O que importa é criar uma música que o público se identifique. É importante pegar elementos e fazer uma coisa sua, misturar em um caldeirão. A música tem que ser original. Eu gosto de misturar bateria acústica com eletrônica. As possibilitadas são ilimitadas. Tá na hora de perder esse pudor.


    Entrevista: André Molina

    Foto: Divulgação

    Mais informações no: www.sinnersrockbeer.com.br

     

  • Ópera de Arame contou com Flausino e Sideral cantam a Cazuza

    Lançamento do Prime Rock Brasil 2019 com Dinho Ouro Preto, Rogério Flausino e Thedy Corrêa

    Lançamento do Prime Rock Brasil 2019 com Dinho Ouro Preto, Rogério Flausino e Thedy Corrêa

    A Ópera de Arame recebeu nesta terça-feira (20 de agosto) a festa de lançamento do Prime Rock Brasil 2019, que acontecerá na Pedreira Paulo Leminski no dia 07 de dezembro e contará com Capital Inicial, Nenhum de Nós, Biquini Cavadão, Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá tocando Legião Urbana e duas outras atrações.

    Da mesma maneira que foi o evento de 2018, o festival vai celebrar o rock nacional com expoentes do estilo e deverá lotar o Parque das Pedreiras. Em 2019, além de Curitiba, o espetáculo está sendo realizado também em outras capitais brasileiras.

    Estiveram no lançamento alguns músicos que participarão do show de 2019 e participaram da edição de 2018, como Dinho Ouro Preto (vocalista do Capital Inicial), Rogério Flausino (cantor do Jota Quest) e Thedy Corrêa (vocalista do Nenhum de Nós), além de autoridades como o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, empresários e produtores envolvidos na realização do festival.

    Aberto a convidados, o lançamento contou com o show “Flausino e Sideral Cantam Cazuza”, que expôs um tributo honesto ao grande poeta do rock carioca e brasileiro. Em seguida, houve homenagem ao cantor Renato Russo, com a participação de Dinho e Thedy.

    Para o cantor Dinho Ouro Preto, o festival celebra a importância do rock nacional no cenário da MPB. “O grande trunfo é que hoje o rock brasileiro faz parte da música popular brasileira. Em qualquer lugar do Brasil toca rock nacional. Não podíamos imaginar um festival como esse quase 40 anos depois. O rock que fazíamos, até ser gravado, demonstrava que estávamos nas trincheiras. Hoje podem nos olhar como uma banda comercial, mas éramos as bandas indies. Muito mais radical. Não tínhamos rádios, festivais. Estas mesmas músicas da primeira fase do Capital, mostramos para as gravadoras e ninguém quis gravar. Com Legião, Ira! e Titãs foi igual. Cinco anos depois foram gravadas e se tornaram o que são hoje. Não foram feitas com propósito comercial. Não existia proposito comercial no Brasil. De repente encontramos ressonância na garotada por causa das letras”, argumentou Dinho, em entrevista.

    Rogério Flausino, que cantou na primeira edição do festival em 2018 com o Jota Quest, falou sobre o fato de participar, sendo de uma geração posterior ao da década de 80. Vale recordar que o Jota Quest surgiu no cenário na década de 90. “É um privilégio. Eu sou fã destes caras. Estou aqui hoje porque quando tinha 13 anos de idade eu vi o rock brasileiro nascendo, vi as bandas tocando no programa do Chacrinha, fazendo playback e de repente no palco do Rock in Rio, em 1985. Eu e um monte de moleques ficamos desesperados e montamos bandas. Hoje estamos aqui comemorando o sucesso que tivemos ano passado na Pedreira, com seis bandas e shows lotados, em um lugar tão clássico”, argumentou.

    Thedy Corrêa, do Nenhum de Nós, que foi o mestre de cerimônias do evento de lançamento destacou a oportunidade de participar da segunda edição. “Estou muito satisfeito por fazer parte deste festival. Será nossa primeira vez neste grande evento que celebra o rock nacional. Um festival de grande importância para o Nenhum de Nós. É admirável que depois de 30 anos temos um festival deste porte, com atrações do rock brasileiro”, disse.


    Valor dos Ingressos no Disk Ingressos

    Clube Diskingressos&Uningressos

    R$125,00

    R$10,00

    R$135,00

    Clube Prime

    R$125,00

    R$10,00

    R$135,00

    Doador de Sangue

    R$125,00

    R$10,00

    R$135,00

    Estudante

    R$125,00

    R$10,00

    R$135,00

    Id Jovem

    R$125,00

    R$10,00

    R$135,00

    Idoso

    R$125,00

    R$10,00

    R$135,00

    PNE - PCD

    R$125,00

    R$10,00

    R$135,00

    Portador de Câncer

    R$125,00

    R$10,00

    R$135,00

    Professor

    R$125,00

    R$10,00

    R$135,00

    Inteira

    R$250,00

    R$10,00

    R$260,00

  • Kiko Loureiro vai se apresentar em Trio

    Guitarrista do Megadeth no Hard Rock Cafe Curitiba

    Guitarrista do Megadeth no Hard Rock Cafe Curitiba

     

    Ex-guitarrista do Angra e atualmente no Megadeth, o músico Kiko Loureiro dá uma pausa nos trabalhos com Dave Mustaine para se apresentar no Hard Rock Cafe Curitiba no dia 28 de agosto, com o seu trio. A casa por enquanto só confirmou a data, sem detalhar os valores dos ingressos e o set list a ser apresentado pelos músicos.

    Vale dizer que Kiko Loureiro se tornou conhecido por ser um dos fundadores da banda brasileira Angra no início da década de 1990, ao lado do lendário André Matos e do guitarrista companheiro Rafael Bittencourt.

    Depois de se consagrar no cenário nacional e internacional durante anos com o Angra, Kiko foi convidado pelo guitarrista Dave Mustaine a fazer parte do Megadeth, onde gravou o álbum Dystopia em 2015, vencedor do Grammy, maior prêmio da música.

    Ao lado do Metallica, o Megadeth é um dos maiores expoentes do Thrash Metal internacional.


    Mais informações no www.sinnersrockbeer.com.br

    Na foto: Kiko Loureiro é o primeiro à direita

     

  • Evento contará com 10 bandas

    Exylle celebra 5 anos com festival no Hangar

    Exylle celebra 5 anos com festival no Hangar

    Informações com Assessoria de Imprensa

    O
    Hangar - A Casa do Ócio, espaço cultural alternativo da cidade de Curitiba, abrirá suas portas para o festival organizado pela banda Exylle. O grupo celebra seus 5 anos de carreira com duas noites - sexta-feira (23) e sábado (24) - de shows de bandas locais. Os ingressos para cada noite custam R$ 10, mas na venda antecipada o combo sai por R$ 15. Esses ingressos promocionais estão sendo vendidos pelas bandas, na loja Let's Rock e no Hangar.

    O Exylle lança oficialmente essa semana seu disco de estreia, autointitulado; o single "Burn Your Leaders" já está em todas as plataformas digitais. O grupo iniciou sua história em 2014, e com o lançamento do EP "Dead When Born By the Church", ganhou visibilidade no cenário local por fazer muitas apresentações ao vivo, principalmente no Paraná. A banda também tocou em festivais em Santa Catarina e dividiu o palco com grandes nomes do Metal brasileiro, como Flagelador, Whipstriker, Cemitério e Flesh Grinder.

    Programação

    O festival será dividido em duas partes, com cinco bandas se apresentando em cada noite. Confira o cronograma oficial.

     

    Sexta-feira (23/08)

    -Chubasa (20h)

    -Dead Sky Dawning (21h)

    -Hell Gun (22h)

    -Mercy Killing (23h)

    -Slammer (0h)

     

    Sábado (24/08)

    -Impested (20h)

    -Atrocitus (21h)

    -Violent Curse (22h)

    -Mustaphorius (23h)

    -Exylle (0h)

     

    SERVIÇO
    Exylle - Comemoração de 5 anos

    Datas: 23 e 24 de agosto de 2019 (sexta-feira e sábado)

    Local: Hangar - A Casa do Ócio

    Endereço: Al. Dr. Muricy, 1091 - Largo da Ordem

    Horário: 20h

    Ingressos: R$ 10 (por dia) ou R$ 15 (pacote para as 2 noites)

    Venda antecipada: Let's Rock, Hangar e com as bandas

    Evento: https://www.facebook.com/events/2320356751571382 

    Apoio: Quiat Produções, Pinhão Profano e Coletivo Santa Dinamite

  • Músico estará acompanhado de expoentes do rock nacional

    Sergio Britto dos Titãs no Claymore Highway

    Sergio Britto dos Titãs no Claymore Highway

    Sergio Britto, um dos compositores e vocalistas dos Titãs, estará em Curitiba para se apresentar no dia 22 de agosto, no Claymore Highway Bar. O músico terá como  banda os SPOILERS, formada por renomados instrumentistas do rock nacional: Bacalhau (Ultraje a Rigor), Martin (Pitty), Johnny (DeFalla), Emilio Carrera (Secos e Molhados) e Chuck Hipolitho (Vespas Mandarinas).

    A apresentação vai incluir 20 sucessos dos Titãs, como Epitáfio, Polícia, Sonífera Ilha, Homem Primata, É Preciso Saber Viver e outras.

    Ingressos estarão a venda no bar e no Alo Ingressos.


    Mais informações acesse: sinnersrockbeer.com.br



    https://www.facebook.com/events/594921477683039/

  • Viva Rock Latino vai envolver 12 países na disputa

    Hard Rock Cafe promove concurso para melhor banda da América Latina

    Hard Rock Cafe promove concurso para melhor banda da América Latina

    Informações com Assessoria de Imprensa

    As bandas selecionadas no campeonato Viva Rock Latino concorrem ao prêmio de 5 mil dólares

    O Hard Rock Cafe Curitiba recebe a partir desta semana o campeonato Viva Rock Latino, uma disputa entre músicos de toda a América Latina para eleger a melhor banda de rock do continente. Porém, o concurso tem uma exigência: o rock precisa ser em espanhol ou português. As inscrições para o Viva Rock Latino já estão abertas e devem ser feitas pelo site http://www.hardrock.com/promos/vivarocklatino.

    O Viva Rock Latino terá a participação de 12 países diferentes com batalhas em 21 unidades do Hard Rock de todo o continente. No Brasil, a unidade curitibana selecionará 10 bandas para apresentações entre os dias 1º e 11 de outubro, onde um júri composto por músicos e profissionais do segmento escolherão o grande campeão local que irá se apresentar na Pedreira Paulo Leminski, no palco Hard Rock, durante o Festival Rock´n´Road Curitiba, no dia 12 de outubro.

    Para conquistar o primeiro lugar do Viva Rock Latino, seis bandas duelam no dia 20 de outubro, quando sai o resultado final e o prêmio de 5 mil dólares.

    Segundo Brunno Kukulka, sócio diretor do Hard Rock Cafe Curitiba, o Viva Rock Latino é uma chance única das bandas brasileiras conquistarem o público internacional. “O Hard Rock coloca à disposição dos músicos a sua infraestrutura mundial, com toda a rede direcionada para as bandas desempenharem o seu melhor com o respaldo e a qualidade que só nós temos”, conta.

    A escolha do Hard Rock Cafe Curitiba para o evento é um reconhecimento ao sucesso da casa que desde a inauguração é uma das unidades com maior frequência de público e promove eventos que agregam valor para a cena rock nacional.

    Entre as regras do Viva Rock Latino, destaque para a interpretação de no mínimo três canções covers ou originais em português ou espanhol, ter no máximo cinco membros na banda e um dos integrantes precisa residir em um raio de 50 km do Hard Rock Cafe Curitiba.

    Mais informações no www.sinnersrockbeer.com.br

     

  • Em Curitiba, apresentação será no dia 23 de abril

    Greta Van Fleet e Ego Kill Talent abrirão shows do Metallica no Brasil

    Greta Van Fleet e Ego Kill Talent abrirão shows do Metallica no Brasil

    Apesar de muito se comentar que a banda de abertura dos shows do Metallica no Brasil seria o Ghost, a banda norte-americana divulgou em suas redes sociais, nesta quarta-feira (14 de agosto), que o grupo será o Greta Van Fleet. A turnê nacional conta com quatro datas: 21 de abril (Porto Alegre), 23 de abril (Curitiba), 25 de abril (São Paulo) e 27 de abril (Belo Horizonte). Na capital paranaense a apresentação acontecerá no Estádio Couto Pereira. A pré-venda exclusiva para clientes Cartão Elo será nos dias 20 e 21 de agosto. Ao público geral será dia 22 de agosto.

    Vale mencionar ainda que além do Greta Van Fleet, o evento contará também com a participação da banda brasileira Ego Kill Talent, que conta com o ex-baterista do Sepultura, Jean Dolabella, que gravou os álbuns A-lex e Kairos.

    Valores lote atual - Ingressos

    Meia entrada

    Pista R$ 200

    Pista premium R$ 375

    Cadeira social superior R$ 230

    Cadeira social inferior R$ 210

    Cadeira Pro Tork R$ 265

    Arquibancada R$ 145

    Inteira

    Pista R$ 400

    Pista premium R$ 750

    Cadeira Social Superior R$ 460

    Cadeira Social Inferior R$ 420

    Cadeira Pro Tork R$ 430

    Arquibancada R$ 290



    Mais informações no www.sinnersrockbeer.com.br

  • Show acontece no Hard Rock Cafe Curitiba

    Tributo ao Dream Theater com músicos do Angra será na faixa

    Tributo ao Dream Theater com músicos do Angra será na faixa

    Com o fim da extensa turnê do Angra, alguns integrantes já começam atividades em projetos paralelos. É o caso do baixista Felipe Andreoli e do guitarrista Marcelo Barbosa, que se uniram a Alirio Netto (vocal, Queen Extravaganza), Rodrigo Silveira (bateria, Andre Matos) e Daniel Santos (teclados, Scenes From a Dream) para trabalhar no projeto Dream Theater Tribute, que nasceu com o objetivo de ser uma distração para os músicos envolvidos de suas bandas principais.

    Com esta proposta, o grupo já marcou show no terceiro piso do Hard Rock Cafe Curitiba, no dia 17 de agosto (sábado), para executar na íntegra os consagrados álbuns “Awake” e “Images And Words”, do Dream Theater.

    Vale mencionar que com cadastro na página do facebook do Hard Rock Café Curitiba, o show será gratuito, sem necessidade de pagamento de ingresso, e com patrocínio da rádio Mundo Livre FM:

    https://www.facebook.com/events/2494612690602745/?ti=icl

    SERVIÇO

    Hard Rock Cafe Curitiba

    Sábado, 17 de agosto de 2019, 22:00

    Rua Buenos Aires, 50, 80250-070

  • Primeiro guitarrista da Legião Urbana e batera do Capital Inicial em parceria

    Kadu Lambach e Fê Lemos revisitam o Rock de Brasília no Sheridans

    Kadu Lambach e Fê Lemos revisitam o Rock de Brasília no Sheridans

    Kadu Lambach, primeiro guitarrista da Legião Urbana, estará com seu novo projeto “Banda Origem Legião” no Sheridans Pub para apresentar um set list com os maiores sucessos do grupo de Brasília como “Que País é Este”, “Geração Coca Cola”, “Tempo Perdido”, além de canções que faziam parte do repertório quando o músico integrava a banda de Renato Russo, como “Conexão Amazônica”, “Música Urbana II”, entre outras.

    Vale mencionar que a apresentação que acontecerá no dia 24 de agosto, às 20h30, contará com a participação muito especial do amigo Fê Lemos, baterista do Capital Inicial e um dos fundadores do Aborto Elétrico, banda embrionária do rock de Brasília.

    Ao lado de sucessos da Legião Urbana, do Capital Inicial e do Aborto Elétrico, serão apresentados ainda clássicos do rock brasiliense de nomes importantes como Plebe Rude, Raimundos e Cássia Eller.

    O tributo inédito ao rock de Brasília contará também com os músicos Matheus Masioli (Baixo / Teclados) e Edu Kardeal (Bateria).

    “Conseguimos montar um tributo autêntico ao rock de Brasília com a participação de pessoas que viveram a sua história. Na época jamais imaginávamos que aquelas canções que nós tocávamos em ensaios e apresentações despretensiosas para nossos amigos se tornariam clássicos do rock e da música brasileira. Será uma bela celebração. Com o apoio de grandes músicos de Curitiba, vamos tocar a origem da obra do Renato Russo”, afirma o guitarrista Kadu Lambach, um dos fundadores da Legião Urbana.


    Queimando baquetas

    Além da participação no show, o baterista do Capital Inicial, Fê Lemos, estará no Sheridans Pub também para a gravação do talk show “Queimando Baquetas” que ele disponibiliza no canal do YouTube chamado “Hotel Básico”. No programa, o músico faz entrevistas, apresenta um boteco escolhido nas cidades em que visita e apresenta uma nova banda.



    Mais informações acesse: www.sinnersrockbeer.com.br

     

     

Quem faz o blog

DESTAQUES DOS EDITORES