Copa do Brasil

'A arbitragem colocou o Coritiba na próxima fase', diz técnico do Operário

Matheus Costa
Matheus Costa (Foto: Divulgação/André Jonsson/OFEC)

A entrevista coletiva do técnico do Operário, Matheus Costa, após a derrota para o Coritiba, nessa terça-feira (dia 6) à noite, foi em clima de revolta. O treinador culpou diretamente a arbitragem pela eliminação na Copa do Brasil.

“Nossa vondade é ir embora e fazer luto por mais uma vez a arbitragem ter contribuição direta no resultado. É de ficar revoltado”, declarou. “Foi mais um resultado com ligação direta com a arbitragem”, repetiu. “O bandeira estava muito mal posicionado no lance, confirmando um gol que não ocorreu”, desabafou. “A arbitragem colocou o Coritiba na próxima fase”, disse.

Na Central do Apito, do SporTV, o ex-árbitro Paulo César Oliveira disse que a bola não entrou e que a arbitragem errou ao marcar o gol. "O goleiro pisa dentro do gol, mas mantém o braço direito estendido. O assistente não chega até a linha de fundo, e o corpo do goleiro tampa a visão do assistente, e os jogadores reservas estão dentro do campo, pressionando a arbitragem. Para mim, a bola não ultrapassou completamente a linha do gol. Ele pisa dentro, mas o braço direito está o tempo todo estendido. A bola não ultrapassou completamente a linha do gol, foi erro da arbitragem e com influência na classificação da Copa do Brasil. Não foi gol", declarou.