Comunicação

Agência curitibana dobra faturamento pelo 5º ano consecutivo e expande marca para São Paulo

Carlos Bonfim, Cezar Lima e Fernando Soni tocam a agência curitibana que segue em franco crescimento
Carlos Bonfim, Cezar Lima e Fernando Soni tocam a agência curitibana que segue em franco crescimento (Foto: Divulgação)

Os últimos dois anos, transformados pela pandemia, foram de incertezas em todas as áreas, afetando principalmente empresas de médio e pequeno porte. Porém, nestes meses turbulentos para a economia, algumas empresas conseguiram não apenas estabilidade, mas sim um crescimento exponencial durante a crise, caso da Stardust Digital.

A agência curitibana, especializada em soluções de comunicação para marketing digital, seguiu sua expansão ano a ano e atingiu as metas audaciosas estabelecidas no início de 2021, já em meio à pandemia.

Pelo quinto ano consecutivo, a Stardust dobrou o faturamento, saindo de R$ 1.6 milhão em 2020, para R$ 3.5 milhões em 2021. O aumento de mais de 100% foi atingido antes mesmo do final do ano.

"Iniciamos nossa operação no auge da crise de 2016, na contramão de milhares de outros negócios que fechavam as portas. Em geral, em um mercado consolidado e estável, a penetração e ascensão de novos players é muito difícil. Porém, em momentos de crise, as empresas precisam se reorganizar, cortar tudo que não dá o resultado esperado e arriscar novas estratégias. Nesse contexto, abrem-se oportunidades incríveis para quem tem realmente algo relevante a entregar ao mercado. Nascemos assim, e crescemos exponencialmente desde então, sempre fiéis aos nossos princípios e raízes, com um atendimento diferente, transparência e, acima de tudo, atrelando todo o trabalho à geração de resultado efetivo", destaca Cezar Lima, CEO da agência.

E existem outros segredos para crescer mesmo em um momento econômico complicado do país como: estratégia, muita criatividade e performance para os clientes, com um formato único de atendimento e entrega.

A Stardust soma clientes importantes em sua história como BWM, Sebrae, Detran-PR, OAB, Cineplus e IOP (Instituto de Oncologia do Paraná). Atualmente, são mais de 40 empresas atendidas dos mais variados segmentos e portes.

A forte atuação em Marketing Digital vai desde utilização de anúncios patrocinados em redes sociais, até produção de conteúdo, reposicionamento de marca, desenvolvimento e criação de identidade visual.

"O marketing, em especial o digital, é de uma dinamicidade ímpar, exigindo uma mente aberta e uma equipe sempre atualizada às tendências e mudanças de ferramentas e cenários. Hoje, oferecemos soluções de ponta a ponta para todos os nossos clientes, desde a concepção da ideia até a produção, roteiro, captações, edições, e todas as demais etapas até o lançamento e promoção de vídeos, campanhas, podcasts e todos os demais formatos de conteúdo. Isso simplifica o processo para o cliente, garante harmonia e integração em cada etapa do processo, celeridade nas entregas, divulgações e, por consequência, nos resultados.", aponta Fernando Soni, CCO da Stardust Digital.

Expansão
Além do crescimento no faturamento, a Stardust ampliou fronteiras em 2021. Com o escritório no bairro do Batel, em Curitiba, já consolidado, a agência chegou até São Paulo (SP). O novo escritório, localizado na conhecida Avenida Paulista, abre um leque de possibilidades para que a empresa siga crescendo em 2022.

Segundo dados do Banco Mundial, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Fundação Seade, divulgados no final de 2020, São Paulo ocupa a 21ª posição no ranking de maiores economias do mundo, liderando os números no Brasil, com PIB na casa dos U$ 603,4 bilhões.

"São Paulo é o centro econômico do Brasil, onde o potencial é imenso e o ritmo é infinitamente mais acelerado. Estar presente nesse cenário era um objetivo antigo, que veio amadurecendo nos últimos anos, até se tornar realidade no segundo semestre de 2021. Como sempre, a Stardust não entra para ser apenas mais um player, mas para agitar o mercado, aproveitando novamente um período de oportunidades deixado pela crise”, finaliza Cezar Lima.