Sub-23

Aspirantes do Athletico perdem em Cianorte no jogo de abertura do Paranaense

Jajá enfrenta o Cianorte
Jajá enfrenta o Cianorte (Foto: Divulgação/Athletico.com.br/José Tramontin)

O Athletico Paranaense perdeu por 1 a 0 para o Cianorte, nesse sábado (dia 27) à tarde, em Cianorte, pela 1ª rodada do Campeonato Paranaense. Com o resultado, o time da capital ficou em 12º (último) lugar, sem pontos. A equipe do Interior está na liderança, com 3 pontos.

A partida marcou a abertura da competição. Atual tricampeão (2018, 19 e 20), o Athletico manteve a tradição de utilizar apenas jogadores do elenco de aspirantes no Paranaense.

Pela tabela do campeonato, o Athletico voltaria a jogar na quinta-feira (dia 4), contra o Operário, na Arena da Baixada. No entanto, todos os jogos em Curitiba foram suspensos pela prefeitura, seguindo orientação do Ministério Pública baseada no decreto do Governo do Estado relacionado à Covid-19.

NOVATOS
Dos 11 titulares, o mais velho do Athletico na partida desse sábado era o centroavante Bissoli, de 23 anos. Os mais jovens eram os pontas Jajá e Reinaldo, ambos de 19 anos, e o zagueiro Luan Patrick, 19. A média de idade da equipe titular ficou em 20,3 anos.

ESCALAÇÃO
O técnico António Oliveira promoveu a estreia do zagueiro Edu, 20 anos, que foi contratado do Cruzeiro em 2020 e ainda não havia atuado pelo profissional do Athletico. O esquema tático era o 4-2-3-1, com o zagueiro Luan Patrick improvisado como volante. A linha de três tinha Reinaldo (direita), Jajá (esquerda) e Matheus Anjos (centro).

PRIMEIRO TEMPO
A primeira etapa teve o Athletico avançado e com mais posse de bola, mas com péssimo desempenho técnico. O time errava seguidamente na defesa, no meio-campo e no ataque. A única jogada com algum perigo foi aos 11, em lance individual de Jaderson finalizado por Jajá. O Cianorte apresentou uma equipe com graves fragilidades técnicas, mas com boa capacidade física e muita organização tática. A equipe do Interior ficou recuado e esperou erros do adversário para atacar. Foram três boas chances para o Cianorte, a melhor delas aos 25, quando a linha de impedimento errou, Edu furou a bola e Wilson Junior saiu na cara do gol, mas chutou para fora.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, saiu Jajá e entrou o ponta Yago. Aos 9, saiu o meia Matheus Anjos e entrou o centroavnate Mingotti. O Cianorte fez o gol aos 18 em cobrança de escanteio de Calabrês para a 2ª trave. Bento furou e Khellven não acompanhou. Wilson Jr ficou livre para cabecear. Aos 22, entrou o médio-centro Ramon no lugar de Denner. O Athletico seguiu errando demais e sem criar chances. Aos 33, saíram Bissoli e Reinaldo, e entraram os atacantes Julimar e Elias Carioca. O time da capital partiu para o 'abafa', mas levou pouco perigo. E o Cianorte quase fez o segundo gol aos 49, em contra-ataque perigoso puxado por Tales.

CIANORTE 1x0 ATHLETICO
Cianorte: Bruno; Michel, Doma, Maurício e Rael; Zé Vitor, Morelli, Grafite (Pachu), Wilson Jr (Tales), Calabrês e Buba (Ynaiã). Técnico: João Burse
Athletico: Bento; Khellven, Edu, Lucas Halter e Jáderson; Luan Patrick e Denner (Ramon); Reinaldo (Julimar), Matheus Anjos (Mingotti) e Jajá (Yago); Bissoli (Elias Carioca). Técnico: António Oliveira
Gol: Wilson Jr (18-2º)
Cartões amarelos: Calabrês, Doma, Wilson Jr (Cia). Edu (A).
Árbitro: Paulo Roberto Alves Jr
Local: Estádio Albino Turbay, em Cianorte

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
11 – Jaderson invade a área e rola para Jajá, que chuta perto, ao lado.
12 – Calabrês chuta de fora da área. A bola passa perto, ao lado.
22 – Wilson Jr passa por Halter, invade a área e chuta cruzado. Bento rebate para escanteio.
25 – Lançamento. A zaga do Athletico fura. Edu falha e Wilson Jr fica na cara do gol. Ele chuta para fora e perde gol feito.

Segundo tempo
18 – Gol do Cianorte. Escanteio. Calabrês cruza para a 2ª trave. Bento fura e Khellven não acompanha. Wilson Jr fica livre para cabecear.
29 – Yago parte pela ponta-direita e chuta do bico da área. A bola vai sobre o gol.

49 - Tales puxa contra-ataque, invade a área e rola para Ynaiã, que chuta em cima de Bento e perde grande chance.