Brasileirão

Athletico desperdiça 'gols feitos', perde para o Internacional e aumenta jejum

Cittadini tenta jogada de cabeça contra o Internacional
Cittadini tenta jogada de cabeça contra o Internacional (Foto: Divulgação/Internacional/Ricardo Duarte)

O Athletico Paranaense perdeu por 2 a 1 para o Internacional, nesse domingo (dia 11) à noite, em Porto Alegre, pela 15ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, o time paranaense ficou em 15º lugar, duas posições acima da zona de rebaixamento (ZR), e empatado em pontos (com 15) com o Corinthians, que está dentro da ZR. A equipe gaúcha está na 2ª colocação, com 28 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

Com o resultado, o Athletico aumentou o jejum, completando quatro jogos seguidos sem vencer.

Clique aqui para ver as ATUAÇÕES, notas para os jogadores do Athletico na partida.

Já o Inter está invicto como mandante no Brasileirão, com cinco vitórias e dois empates. O Athletico é o segundo pior visitante, com uma vitória e cinco derrotas fora de casa.

DESEMPENHO
Em relação ao desempenho, o Athletico começou mal na partida, com falhas na defesa e pouco futebol. No fim do primeiro tempo, porém, já era melhor que o Inter. No entanto, pagou caro pela fraca pontaria. Renato Kayzer marcou o único gol da equipe, mas perdeu duas chances claras – uma aos 48-1º e outra aos 46-2º. Walter também desperdiçou um ‘gol feito’ na segunda etapa. O empate esteve perto na segunda etapa, quando o meia Ravanelli colocou uma bola no travessão, em boa cobrança de falta.

ESCALAÇÃO
O técnico Eduardo Barros tinha cinco baixas: o goleiro Santos (seleção brasileira), o lateral-esquerdo Márcio Azevedo (dores no joelho), o ponta Nikão (tornozelo), o volante Wellington (suspenso) e o ponta Geuvânio (suspenso). O treinador manteve o esquema das últimas rodadas: o 4-1-2-1-2 para atacar e o 4-4-1-1 para defender.

Clique aqui para saber mais sobre o esquema tático.

O Inter não contava com Edenílson (suspenso) e outros cinco jogadores em recuperação: Boschilia, Johnny, Daniel, Guerrero e Saravia. O time jogou no 4-1-3-2.

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo teve duas equipes com atuações irregulares, alternando momentos de bom futebol com erros infantis. O Inter fez 1 a 0 já aos 6 minutos, após escanteio e cruzamento de Heitor para o miolo da área. Thiago Galhardo cabeceou e fez seu 13º gol no Brasileirão. O segundo gol da equipe gaúcha veio aos 35, após rebote de escanteio, lançamento de Heitor e cabeceio de Abel Hernandez. O Athletico diminuiu aos 41, em grande jogada de Carlos Eduardo, que cruzou na cabeça de Renato Kayzer: 2 a 1. Aos 48, o time teve chance clara de gol, mas Kayzer foi ‘fominha’ e decidiu chutar, com dois companheiros livres na área.

SEGUNDO TEMPO
Os dois times voltaram do intervalo com postura ofensiva e intensidade física. Aos 16, a primeira troca no Athletico, com a saída de Erick para a entrada do meia Ravanelli. O ritmo do jogo foi reduzindo aos poucos e a disputa seguiu equilibrada. Aos 26, entraram Fabinho e Pedrinho na partida. Aos 35, o centroavante Walter entrou na vaga do lateral-direito Jonathan. O Athletico partiu para o ‘abafa’ e criou três chances. O gol de empate quase veio aos 41, em bela cobrança de falta de Ravanelli, que acabou explodindo na trave. O time paranaense perdeu mais duas oportunidades claras, uma com Walter aos 42 e outra com Kayzer aos 46.

ESTATÍSTICAS
Ao fim do jogo, o Athletico somou 14 finalizações (4 certas e 1 na trave), 55% de posse de bola, 80% de acerto nos passes e 1 escanteio. O Internacional obteve 13 finalizações (6 certas), 45% de posse de bola, 76% de acerto passes e 5 escanteios. Os números são do site Sofascore.

INTERNACIONAL 2x1 ATHLETICO
Internacional: Marcelo Lomba; Heitor (Rodnei), Zé Gabriel, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso, Marcos Guilherme, Praxedes (Musto) e Patrick (Pottker); Thiago Galhardo (Yuri Alberto) e Abel Hernández (D´Alessandro). Técnico: Eduardo Coudet
Athletico: Jandrei; Jonathan (Walter), Thiago Heleno, Pedro Henrique e Abner; Richard (Alvarado), Erick (Ravanelli), Christian e Leo Cittadini (Pedrinho); Carlos Eduardo (Fabinho) e Renato Kayzer. Técnico: Eduardo Barros
Gols: Thiago Galhardo (6-1º), Abel Hernandez (35-1º) e Renato Kayzer (41-1º)
Cartões amarelos: Heitor, D´Alessandro (I).
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
6 – Gol do Inter. Escanteio curto para Heitor, que cruza da direita. Thiago Galhardo cabeceia no canto.
25 - Boa troca de passes do Athletico. Abner cruza rasteiro, da esquerda. Livre na área, Cittadini chuta rasteiro. O goleiro segura no centro.
34 - Pedro Henrique erra o passe. Praxedes dispara pela direita e cruza rasteiro. Marcos Guilherme chuta 'prensado' na defesa.
35 - Gol do Inter. Depois do rebote do escanteio, Heitor lança para a área. Abel Hernandez entra nas costas da defesa e toca de cabeça sobre Jandrei.
41 - Gol do Athletico. Carlos Eduardo rouba a bola. Richard lança Carlos Eduardo, que dispara até a ponta e cruza na medida para Kayzer marcar de cabeça.
48 - Falha do Inter. Athletico parte em contra-ataque de 4 contra 2. Kayzer banca o fominha e erra o chute, com três companheiros livres.

Segundo tempo
6 – Marcos Guilherme dispara na ponta-direita e cruza. Abel Hernandez é travado na cara do gol.
15 – Erick invade a área e chuta cruzado, ao lado.
22 – Falta na esquerda. Moisés joga para a área. Galhardo cabeceia perto, ao lado.
30 – Patrick dá bom passe em profundidade. Marcos Guilherme sai na cara do gol, mas chuta fraco. Jandrei segura.
34 – Christian chuta de fora da área, cruzado. A bola passa perto.
41 - Falta de longa distância. Ravanelli cobra com um chute forte e acerta o ângulo da trave.
42 – Boa jogada de Pedrinho na ponta-esquerda. Ele cruza rasteiro e Walter, na marca do pênalti, chuta para fora.
46 – Abner cruza. Kayzer finaliza de joelho. Lomba rebate no reflexo. Fabinho tenta o chute. O goleiro salva de novo.