Publicidade
Campeonato Paranaense

Athletico estreia quatro novatos e vence na Arena, mas está fora da Taça Sicupira

Jogadores do Athletico comemoram gol na Arena, sobre o Cianorte
Jogadores do Athletico comemoram gol na Arena, sobre o Cianorte (Foto: Joka Madruga)

O Athletico Paranaense está fora da Taça Barcímio Sicupira Júnior – o primeiro turno do Campeonato Paranaense. A eliminação ocorreu nesse domingo (dia 10) à tarde, apesar da vitória por 1 a 0 sobre o Cianorte, na Arena da Baixada, pela sexta e última rodada da primeira fase da Taça. Com o resultado, o time da capital ficou em 5º lugar do Grupo A, com oito pontos. O Cianorte terminou na 4ª posição do Grupo B, com sete pontos. Clique aqui para ver a classificação.

Agora, o Athletico só volta a jogar pelo Paranaense em 9 de março, pela primeira rodada da Taça Dirceu Kruger – o segundo turno da competição. Para ir à final do Estadual, o time da capital precisa conquistar o título da Taça Kruger. Clique aqui para conhecer a fórmula de disputa da competição.

Assim como em anos anteriores, o Athletico só vem utilizando o elenco de aspirantes no Paranaense. O técnico dos aspirantes, Rafael Guanaes, soma agora uma vitória, dois empates e duas derrotas no comando da equipe. O time principal, do técnico Tiago Nunes, tem seu primeiro jogo oficial do ano em 5 de março, contra o Tolima, pela Copa Libertadores.

ESCALAÇÃO
O Athletico não tinha Erick, suspenso, e Eder, lesionado, na partida contra o Cianorte. As novidades eram as estreias no profissional dos volantes Christian, 18 anos, e Renzo, 20. No segundo tempo, o técnico Rafael Guanaes também colocou no jogo o meia Julian, 19 anos, que também fez sua primeira partida como profissional. Outra novidade na segunda etapa foi o centroavante Gabriel Poveda, ex-Guarani, que fez sua estreia pelo clube paranaense.

PRIMEIRO TEMPO
O time da casa teve o domínio no início, mas encontrou dificuldades para criar jogadas ofensivas. Um dos raros lances de perigo ocorreu aos sete minutos, quando Bergson arriscou de muito longe, em cobrança de falta. A bola foi ao lado do gol. O Cianorte não conseguiu incomodar o Athletico na primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO
O Cianorte até esboçou uma reação e tentou levar perigo no início do segundo tempo. Com o tempo, porém, o Athletico tomou conta do jogo e passou a atacar mais. Chegou ao gol aos nove minutos. Bruno Leite recebeu na área e chutou no cantinho.

ATHLETICO 1 x 0 CIANORTE
Athletico: Léo; Reginaldo (Bruno Leite), Robson Bambu, Lucas Halter e Nicolas; Christian e Renzo; Demethryus, Marquinho e Bill (Julian); Bergson (Poveda). Técnico: Rafael Guanaes
Cianorte: Silvio; Breno, Montoya, Maurício e Formiga (Matheus Nego); Jovany e Carrilho; Guioto, Fernandinho e Paulinho (Filipe Ramon); Madalena (Rafael Xavier). Técnico: Cristian de Souza
Gols: Bruno Leite (9-2º)
Cartões amarelos: Montoya, Formiga (C). Lucas Halter, Robson Bambu (A).
Árbitro: Selmo Pedro dos Anjos Neto
Público: 4.515
Local: Arena da Baixada

DESTAQUES DOS EDITORES