Publicidade
Campeonato Paranaense

Athletico foi a 'única equipe que tentou jogar', diz Rafael Guanaes

Guanaes
Guanaes (Foto: Geraldo Bubniak)

O técnico do time de aspirantes do Athletico Paranaense, Rafael Guanaes, analisou a derrota para o Toledo, nesse domingo (dia 14), no primeiro jogo da final do Campeonato Paranaense. “Eles foram felizes no gol. Foi mérito da equipe deles. Foi o ponto forte deles em toda competição. Criamos não muitas chances, mas criamos chances que poderiam nos dar a vitória. Fomos a única equipe que tentou jogar”, declarou.

Guanaes explicou a dificuldade do Athletico para atacar. “O time deles tirou a profundidade, baixou bem a linha, marcando quase com uma linha de seis homens atrás. É uma situação complicada para criar tantas alternativas. O jogo ficou lento. O gramado é muito alto. Tivemos dificuldade para deixar o jogo mais rápido. Mesmo assim, tivemos três, quatro chances claríssimas”, disse. Para o treinador, o Toledo terá dificuldade para repetir essa estratégia no gramado sintético da Arena da Baixada, na segunda partida da final. “Lá a bola rola rápido”, disse.

O técnico também não citou falhas individuais dos jogadores nessa partida. “Agora não adianta ficar pregando todo mundo numa cruz”, declarou.

Perguntado se receberá reforços do elenco principal para a segunda partida da final, Guanaes explicou que será decidido depois. “Isso vai ser construído no decorrer da semana. Vai ser conversado com o Tiago (Nunes)”, comentou.

DESTAQUES DOS EDITORES