Contra o River Plate

Athletico tem seis novos casos de Covid-19 e acumula mais desfalques

Nikão: desfalque
Nikão: desfalque (Foto: Divulgação/Athletico.com.br/José Tramontin)

O Athletico Paranaense divulgou nessa segunda-feira (dia 23) que mais seis jogadores do elenco testaram positivo para Covid-19. Com isso, eles não enfrentam o River Plate, nesta terça-feira (dia 24), pelas oitavas de final da Copa Libertadores. Os novos seis são: os goleiros Santos e Jandrei, o lateral-esquerdo Abner, o zagueiro Zé Ivaldo, o volante Jaime Alvarado e o meia-atacante Nikão.

“O protocolo da CONMEBOL Libertadores, diferentemente do aplicado pela CBF, exige que os testes para detecção da COVID-19 sejam realizados em todos os membros da delegação do Clube, mesmo aqueles que já testaram positivo anteriormente. Casos de alguns dos citados abaixo. Seis atletas do elenco profissional apresentaram resultado positivo: Santos, Jandrei, Zé Ivaldo, Alvarado, Abner e Nikão. Assim como em casos anteriores, o Clube está tomando todas as providências para garantir a segurança e a saúde de todos os seus funcionários, atletas e familiares”, informou o clube, em nota no site oficial.

Além desses jogadores, já testaram positivo para Covid-19 na semana passada: o ponta Geuvânio e o meia Fernando Canesin. Eles seguem em isolamento e não enfrentam o River Plate.

ESCALAÇÃO
Sem Santos e Jandrei, o técnico Paulo Autuori pode escalar no gol Bento (21 anos) ou Léo Linck (19 anos). Outro goleiro inscrito na Libertadores, Anderson (23 anos), está emprestado ao Náutico.

Para o lugar de Abner, o substituto imediato é o novato João Victor, 18 anos. Outra opção é improvisar um zagueiro ou um volante nessa posição.

A principal opção para o lugar de Nikão, que vinha atuando como meia ofensivo centralizado, é Ravanelli.

Com isso, a provável escalação para terça-feira é Bento (Léo Linck); Erick (Khellven), Pedro Henrique, Thiago Heleno e João Victor; Richard (Wellington) e Léo Cittadini; Carlos Eduardo (Fabinho), Ravanelli e Reinaldo; Renato Kayzer.

ESQUEMA TÁTICO
Nos último jogo, Autuori armou o time no 4-2-3-1, com Nikão centralizado na linha de três, com Reinaldo na extrema esquerda e Cittadini na extrema direita. Com a lesão de Christian, o ponta Fabinho entrou na partida e ficou aberto na direita. Cittadini recuou para volante.

Continuam em recuperação de lesões o lateral-direito Jonathan, o lateral-esquerdo Márcio Azevedo e o ponta Vitinho.