Atletiba

ATUAÇÕES: Robson foi o melhor do Coritiba no clássico e Ricardo Oliveira, o pior

Robson, do Coritiba, disputa lance com Khellven, do Athletico
Robson, do Coritiba, disputa lance com Khellven, do Athletico (Foto: Valquir Aureliano)

Coritiba 0x0 Athletico, 9 de janeiro de 2021, Brasileirão 2020-21, Couto Pereira

Wilson (6,0)
Fez uma defesa, sem grande dificuldade. Não foi exigido.

Maílton (5,5)
Razoável na marcação. Não conseguiu apoiar.

Rhodolfo (6,0)
Seguro na bola aérea e nos duelos pelo chão.

Sabino (6,0)
Perdeu duas pelo alto, mas ganhou todas nos demais duelos individuais.

Guilherme Biro (6,0)
Eficiente na marcação e na saída de bola.

Natanael (6,0)
Entrou aos 22-2º. Seguro na defesa e com a bola.

Hugo Moura (5,5)
Razoável na marcação. Irregular nos passes.

Ramon Martínez (sem nota)
Entrou aos 29-2º. Pouco tempo.

Nathan Silva (5,5)
Seguro defensivamente, mas pouco útil com a bola.

Cerutti (6,0)
Levou algum perigo em três jogadas pela ponta. Pouco além disso.

Sarrafiore (6,0)
Incomodou em dois chutes de fora da área. Razoável na armação.

Neilton (sem nota)
Entrou aos 29-2º.

Robson (6,5)
Acertou uma na trave, lutou e incomodou em outros dois lances.

Ricardo Oliveira (5,0)
Uma jogada útil. Fora isso, errou nos poucos lances que participou.

Pablo Thomaz (5,5)
Entrou aos 19-2º. Uma jogada útil. Fora isso, quase nada.