Brasileirão

Coritiba para na trave, empata no Couto e barra séries vitoriosas do Athletico

(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)
(Foto: Valquir Aureliano)

Coritiba e Athletico Paranaense empataram em 0 a 0 nesse sábado (dia 9) à noite, no Couto Pereira, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe alviverde segue na lanterna, com 22 pontos. O Furacão ficou em 10º lugar, com 38 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

O empate interrompeu duas séries vitoriosas do Athletico, já que o time vinha de três vitórias consecutivas no Brasileirão e havia vencido os três últimos Atletibas (todos em 2020).

O Coritiba chegou a dez partidas sem vencer no Brasileirão, mas interrompeu uma série de quatro derrotas consecutivas.

Em relação ao desempenho, o Athletico teve mais posse de bola (59%), mas só exigiu uma defesa do goleiro Wilson — um chute de longa distância de Walter. O Coritiba chegou a colocar uma bola na trave com Robson e exigiu duas boas defesas do goleiro Santos.

Clique aqui para ver as ATUAÇÕES — notas para os jogadores do Coritiba.

Clique aqui para ver as ATUAÇÕES — notas para os jogadores do Athletico.

RIVALIDADE
Atletibas 347
Vitórias do Coritiba 135
Empates 101
Vitórias do Athletico 111
Gols do Coritiba 502
Gols do Athletico 449
Fonte: Grupo Helênicos

NOVO TÉCNICO
O contrato do técnico Gustavo Morínigo não foi registrado na CBF a tempo. Com isso, ele não ficou no banco comandando a equipe. Quem estava na beira do gramado era o auxiliar Júlio Sérgio.

ESCALAÇÃO DO CORITIBA
Os desfalques no Coritiba eram Galdezani, Matheus Sales, Mattheus Oliveira e Rafinha. As mudanças foram as saídas de Nathan Ribeiro, Jonathan e Neílton. As novidades foram Sarrafiore, Guilherme Biro, Cerutti e Ricardo Oliveira. O esquema tático era o 4-2-3-1, com Cerutti (direita), Sarrafiore (centro) e Robson (esquerda) na linha de três.

ESCALAÇÃO DO ATHLETICO
As ausências do Athletico eram Renato Kayzer e Nikão, suspensos por cartões amarelos, além de Márcio Azevedo e Erick, lesionados. O meia Canesin e o centroavante Bissoli entraram no time. As surpresas foram Lucho González, 39 anos, no lugar de Christian, 21, e Khellven na vaga de Jonathan. O esquema tático era o 4-2-3-1, com Richard e Cittadini de volantes. A linha de três tinha Lucho (centro), Canesin (esquerda) e Carlos Eduardo (direita).

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo foi morno, sem chances de gol. O Athletico até conseguiu impor seu domínio territorial e ter mais posse de bola, mas foi muito burocrático nos passes e não incomodou o adversário. O Coritiba ficou recuado, marcou forte e apostou nas bolas longas para Robson. Dessa forma, levou algum perigo em dois chutes de fora da área, com Robson e Sarrafiore, ambos defendidos por Santos.

SEGUNDO TEMPO
No intervalo, saiu Lucho e entrou Christian, como volante. Com isso, Canesin ficou centralizado como meia e Cittadini, como extremo pela esquerda. O segundo tempo teve o mesmo cenário de antes, sem jogadas ofensivas de perigo. A exceção ocorreu aos 9 minutos, quando o Coxa acertou a trave com bom chute de Robson de fora da área. Aos 14, Walter entrou no jogo. As primeiras trocas no Coritiba vieram aos 19 e aos 21, com as entradas Pablo Thomaz e de Natanael. Aos 27, Jadson entrou na partida. Aos 28, Sarrafiore foi substituído por Neilton e Hugo Moura por Ramon Martínez. O goleiro Wilson fez sua primeira defesa na partida aos 31, ao parar cobrança de falta de Walter, de longa distância. O jogo seguiu morno até o final.

ESTATÍSTICAS
Ao fim do jogo, o Coritiba somou 13 finalizações (2 certas e 1 na trave), 40% de posse de bola, 82% de acerto nos passes e 3 escanteios. O Athletico obteve 3 finalizações (1 certa), 87% de posse de bola, 65% de acerto passes e 2 escanteios. Os números são do site Sofascore.

CORITIBA 0x0 ATHLETICO
Coritiba: Wilson; Maílton, Rhodolfo, Sabino e Guilherme Biro (Natanael); Hugo Moura (Ramon Martínez) e Nathan Silva; Cerutti, Sarrafiore (Neilton) e Robson; Ricardo Oliveira (Pablo Thomaz). Técnico: Júlio Sérgio (interino)
Athletico: Santos; Khellven, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard e Cittadini; Carlos Eduardo (Jadson), Lucho (Christian) e Canesin (Bruno Leite); Bissoli (Walter). Técnico: Paulo Autuori
Cartões amarelos: Cittadini (A). Robson, Guilherme Biro (C).
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Local: Couto Pereira

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
13 - Wilson lança. Robson domina e chuta de fora da área. A bola desvia em Pedro Henrique e quase engana Santos, que manda para escanteio.
17 - Sarrafiore solta o sarrafo de fora da árae. Santos espalma no canto, para escanteio.
35 - Abner cruza rasteiro. Na área, Lucho erra a bola.
44 – Robson cruza. Guilherme Biro cabeceia para fora.
45 – Richard chuta de fora da área. A bola vai sobre o gol.

Segundo tempo
9 - Robson chuta de fora da área e acerta a trave.
18 - Cerutti cruza da intermediária. Ricardo Oliveira sobe e cabeceia perto, ao lado.
25 - Sarrafiore chuta de fora da árae. A bola passa perto.
31 - Falta de longe. Walter cobra com chute forte, no canto. Wilson defende.