Publicidade
Largo da Ordem

Noite de Carnaval termina em confusão no Largo da Ordem pelo segundo dia consecutivo

(Foto: Reprodução/ YouTube/ Plantão 190)

Pelo segundo dia consecutivo o Carnaval de Curitiba terminou com confusão nas ruas do Centro da capital paranaense. Se ontem foram os feirantes da tradicional Feira do Largo da Ordem que reclamaram de vandalismo e balbúrdia na região, desta vez houve confronto entre Guardas Municipais e pessoas que jogavam pedras e outros objetos que encontravam pelo chão.

Segundo relato publicado pelo jornalista João Frigério, do site Plantão 190, comércios localizados nas proximidades do Largo da Ordem foram atacados e chegaram a ser saqueados. Viaturas da GM foram então acionadas e apelaram ao uso de balas de borracha e bomba de efeito moral para dispersar a multidão.

Prefeitura de Curitiba se pronuncia

A Prefeitura de Curitiba se pronunciou no começo da tarde de hoje sobre os episódios registrados no Largo da Ordem, informando ter aumentado o efetivo da Guarda Municipal na região central da cidade, com módulos móveis no Memorial e do Palacete Wolf. Na região do Largo, são cerca de vinte homens, com cinco viaturas. O policiamento será ostensivo no Centro Histórico durante esta segunda-feira (24/2) e nos próximos dias.

“Fizemos o reforço com a presença da Guarda Municipal e o apoio de equipes da Polícia Militar, em função dos atos de vandalismo registramos na madrugada desta segunda-feira”, explicou o secretário municipal da Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

Também no início desta manhã (24/2), equipes extras fizeram a limpeza da região.

Além disso, técnicos que já estão tomando providências para os reparos necessários nos imóveis que são de responsabilidade do município, como o Palacete Wolf, Casa da Memória e Memorial, que tiveram vidros quebrados e paredes pichadas.

As imagens, que podem revelar a identidade dos envolvidos, serão repassadas à Polícia Civil, para investigação.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES