Publicidade
PontoCom

Cinco novas tecnologias para transformar o serviço público

A Minsait, uma empresa Indra, afirma que as novas tecnologias devem atingir o setor de administração pública em breve, gerando melhorias aos cidadãos e reduzindo a burocracia no relacionamento com o setor público. De acordo com um estudo da Indra, que analisa os benefícios das novas tecnologias nos serviços públicos e o impacto nos modelos de negócios atuais, existem cinco principais ferramentas que devem ganhar força nos próximos anos. São elas:

1 — A análise preditiva ajuda a antecipar o que pode acontecer no futuro, como a identificação de padrões de consumo para prever a demanda e economizar água, além de detectar possíveis ameaças à saúde com antecedência. Já a análise prescritiva é capaz de otimizar e recomendar o melhor caminho para qualquer consequência pré-estabelecida, o que permite adaptar as políticas de atendimento à dependência ou canalizar a ajuda pública.

2 — Inteligência artificial é outro aliado para ampliar a capacidade cognitiva dos seres humanos. Graças às tecnologias de aprendizado de máquina, as plataformas de conversação e chatbots, é possível responder imediatamente às solicitações de informação dos cidadãos e reduzem a burocracia nesses chamados.

3 — Sistemas de reconhecimento automático e leitura inteligente de documentos devem auxiliar os funcionários públicos, facilitando as tarefas rotineiras e reduzindo os tempos de processamento. A inteligência artificial agilizar a manutenção do transporte público, a coleta de lixo e até aumentar a capacidade das câmeras urbanas para detectar as más condições de uma estrada.

4 — A realidade digital contribui para impulsionar o turismo de qualidade, atraindo visitantes e fazendo com que eles compartilhem experiências satisfatórias. A interatividade torna a realidade digital uma importante ferramenta para impulsionar o turismo, atrair a atenção dos estudantes e melhorar os tratamentos de reabilitação.

5 — Blockchain: proporciona aos serviços maior transparência e segurança, reduz os custos de transação e incentiva uma participação mais ativa nas decisões das autoridades garantindo a identidade digital e o anonimato.

Bizarrices

Funcionais  – Uma faca que esquenta. Ideal para quem mora em lugares frios. Dá para cortar a manteiga e passar no pão sem deixar  bolas de gordura espalhadas.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES