Publicidade
Tempo de brincadeiras

Colônias de férias: opção para os pequenos

Com o fim da aulas, pais precisam “se virar” para conseguir entreter a garotada durante o período que estarão fora dos bancos escolares
Colônias de férias: opção para os pequenos
Crianças brincam na Colônia de Férias da Escola Atuação: hora de diversão e descanso (Foto: Ernani Ogata)

As férias de verão, as mais esperadas pelas crianças por serem a maiores, estão chegando. Esse é um momento que a criançada tanto espera, mas para alguns pais é a hora. de começar se preocupar com o que eles irão fazer. As colônias de férias são uma das opções a que os pais podem recorrer.
Um dos primeiros lugares a buscar é na própria escola onde a criança estuda. Normalmente, as escolas particulares que trabalham com educação infantil oferecem atividades neste período. A Escola Atuação terá, no mês de dezembro, nas duas sedes (Boqueirão e Santa Quitéria) duas semanas de colônias de férias, em período integral das 8h30 às 17h, com café da manhã, lanche, almoço, lanche da tarde e janta. 
De 5 a 10 de dezembro, os participantes terão, entre as atividades, brincadeiras de pular corda, queimada, elástico, pintura, futebol, corrida de obstáculos, jogos de tabuleiro, aeróbica maluca, corrida e cinema na escola, e o merecido descanso todos os dias. Já de 10 a 17 de dezembro, a programação inclui brincadeiras diversas, além de dobradura, gincana, dança, confecção de brinquedos em sucata, caça ao tesouro, cidade mirim, atividades natalinas (música, pintura e bingo), além do descanso também, importante e realizado todos os dias.
Já a rede municipal costuma oferecer atividades em alguns Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) no começo do ano, após o Ano Novo. O mesmo vale para os órgãos ligado ao governo do estado, como o Museu Oscar Niemeyer (MON). Os clubes também costumam oferecer atividades para os filhos de associados, casos do Clube Curitibano, Círculo Militar e Santa Mônica Clube de Campo. 
A Colônia de férias de verão da Casa Poppins, por exemplo, terá programação de 3 de dezembro a 1º de fevereiro, das 8 às 18 horas, com entrada de R$ 60 a R$ 480. Serão atividades recreativas e direcionadas, entre elas haverá brincadeiras na piscina do clube Urca (participação opcional e somente para crianças a partir de 5 anos), experimentos com pintura e gastronomia além de brincadeiras ao ar livre em uma área verde de 1.500m2, espaço sugestivo para que as crianças possam rolar na grama, se sujar na terra e interagirem umas com as outras.
A única proibição é o uso de aparelhos eletrônicos. “Acho importante que as crianças fiquem um tempo sem brincadeira dirigida e até mesmo sem fazer nada, deitada na rede ou contemplando o céu”, diz a diretora da Casa Poppins, Nany Semicek.
A Colônia será dividida em duas turmas: para crianças de três a cinco anos e de seis a onze anos. Os participantes deverão levar na mochila muda de roupas, colete inflável de piscina, repelente e protetor solar. Os preços vão de R$ 60, por turno, a R$ 816, para mensal, com lanche incluído. Irmãos têm 10% de desconto.
Todos os dias as atividades começam com uma grande roda onde são ofertadas várias opções aos grupos de crianças e elas decidem do que querem brincar.  Temos mais de 200 brincadeiras/atividades pré organizadas para brincar! Priorizamos que a escolha de como será o dia seja feito pelas crianças. Atividade direcionada acontecerá as 10h30 e 14h30, sendo as listadas abaixo (as crianças não serão obrigadas a participar das aulas direcionadas)


Como escolher a Colônia de Férias ideal 
 
    1     Encontre as opções

Faça uma busca das empresas que oferecem esse tipo de atividade para as crianças em época de férias escolares. Há várias opções, uma dica é um clube em sua própria cidade.

    2     Peça referências
Busque informações com outros pais, cujos filhos já foram para o local. Com isso, você checará a qualidade e a confiabilidade das opções de colônia de férias que estiver analisando.

    3     Entre em contato
Dê um telefonema ou passe um e-mail para tirar as suas dúvidas sobre a infraestrutura e segurança do local, além de conhecer as atividades que são oferecidas, bem como os preços e a forma de pagamento. Pergunte sobre a equipe que irá acompanhar seus filhos nas atividades e passeios.
 
    4     Faça uma visita
Se a colônia de férias for um clube em sua cidade ou em um outro lugar próximo, visite-a. Essa é a melhor maneira de conhecer onde seu filhos ficarão e tirar todas as dúvidas que surgirem. Você também terá uma boa noção se o local está suficientemente preparado para receber crianças pequenas com segurança. 

    5     Pergunte sobre a conduta em caso de acidentes
Não é exagero! Todo mundo sabe que criança se machuca quando menos esperamos. Indague aos responsáveis pela colônia de férias sobre quais os procedimentos em casos de crianças que se machucam (há uma enfermaria?). Pergunte, ainda, como é feito o resgate das crianças que se acidentam. Por fim, é fundamental questionar se a empresa possui algum convênio médico.

DESTAQUES DOS EDITORES