Bombando

Mesmo com Covid em alta, Curitiba registra fila de carros e aglomeração de pessoas no Dia das Mães

(Foto: Franklin de Freitas)
(Foto: Franklin de Freitas)
(Foto: Franklin de Freitas)
(Foto: Franklin de Freitas)

Com a liberação da Prefeitura de Curitiba para que os restaurantes da cidade atendem ao público neste domingo (9 de maio), quando se celebra o Dia das Mães, o movimento nos principais polos gastronômicos da cidade é intenso na tarde de hoje. Se dentro dos restaurantes há controle no acesso de pessoas, até por conta da redução no público máximo permitido a entrar por conta das restrições sanitárias, do lado de fora dos estabelcimentos há registro de aglomerações e filas de pessoas e de carros.

As imagens acima, por exemplo, foram feitas por volta das 13 horas de hoje. Três delas mostram grupos de pessoas aguardando para poder entrar e almoçar num restaurante em Santa Felicidade, enquanto a outra registra uma fila de carros na Avenida Manoel Ribas. Abaixo, é possível conferir uma foto que retrata o movimento em restaurantes na Avenida das Torrer, outro tradicional polo gastronômico na capital paranaense.

Nos últimos dias, as autoridades sanitárias já vinham alertando para a necessidade das famílias tomarem os devidos cuidados para evitar a propagação do novo coronavírus. Entre as principais e mais básicas regras estão o uso de máscara e a prevenção de aglomerações.

O alerta é especialmente importante porque o número de casos na capital paranense voltou a subir recentemente, enquanto o nível de óbitos na cidade permanece em patamar elevadíssimo há semanas. Além disso, a taxa de transmissão da doença, que já esteve em 0,86, alcançou 1,06, o que indica uma tendência de agravamento da crise pandêmica.

Por outro lado, a data comemorativa é, do ponto de vista econômico, fundamental para o setor gastronômico, que teve de permanecer fechado, atendendo apenas por meio de delivery, por 23 dias entre meados de março e o começo de abril, quando a capital paranaense registrou o pico de casos e mortes por Covid-19, no que configurou a terceira onda da doença na cidade. Reportagem do Bem Paraná, inclusive, mostrou que a expectativa dos restaurantes é justamente utilizar a data para, pelo menos, conseguir minimizar os impactos econômicos das medidas de restrição no período em que o município atravessou a bandeira vermelha no enfrentamento à pandemia.

Movimento na Avenida das Torres. Foto: Franklin de Freitas

Cuidados fundamentais

Nas celebrações, os cuidados começam dentro de casa. A regra a ser seguida é: evitar convidados de fora do convívio do mesmo núcleo familiar, procurar fazer as refeições em lugares ventilados ou preferencialmente em espaço aberto, não compartilhar talheres e copos e, caso haja alguém de fora, todos deverão ficar de máscara antes e depois das refeições.

Para o tradicional almoço do dia das mães em restaurantes, o cuidado inicia na escolha de estabelecimento. Confira se o restaurante cumpre todos os protocolos: álcool em gel para os clientes, ambientes arejados e com distanciamento entre todas das mesas e cadeiras.

A máscara deve ser usada desde a chegada até o momento de fazer a refeição. Caso tenha que circular dentro do restaurante, coloque a máscara.