Publicidade
Encontro adventista

Como escolher a melhor proposta pedagógica para seu filho

A proposta pedagógica é um dos itens que mais pesa aos pais no momento de decidir por uma instituição de ensino para seus filhos. Tomada essa decisão, porém, não é o suficiente para que -  pais e alunos -  entendam a importância da linha de ensino, algo que está na essência de tudo aquilo que o estudante vivencia diariamente. Neste sentido, a Rede Adventista de Educação, da Associação Central Paranaense, promove encontros de forma distinta para que a comunidade escolar e até mesmo a própria sociedade possam conhecer como a Proposta Pedagógica da instituição é aplicada na prática.

“A Educação Adventista enfatiza o processo educativo de forma integral e incentiva a interação entre a teoria e a prática, o pensar e o fazer, a razão e a emoção, o individual e o coletivo, a causa e o efeito; entende que tanto os educadores como os educandos podem ensinar e aprender”, explicar a coordenadora pedagógica da Rede, Fabiana Retamero.

A proposta pedagógica visa atender às necessidades gerais de aprendizagens, formando alunos pensantes e criativos. Baseado nesta premissa, em 2018 a comunidade escolar participou do projeto “Água, fonte de vida”. No próximo domingo (02), o III Seminário Insignare marca o encerramento das pesquisas, reflexões e estudos sobre o tema Água que foram desenvolvidos e despertaram nos alunos e professores o gosto pela ciência, o espírito investigativo e a sensibilidade artística. Mais de dois mil pessoas de Curitiba e dos Campos Gerais vão participar do encontro.

Na programação, professores e alunos farão apresentações de inúmeros trabalhos escritos pelos estudantes como é o caso do livro “Cartas Além-Mar” (Coletânea Literária – gênero carta pessoal). Além disso, a comunidade estudantil fará mostra de cartazes.  Paralelamente, doutores e especialistas vão ministrar palestras sobre diferentes temas ligados ao assunto ao longo do dia.

“O Insignare sintetiza as vivências pedagógicas dos nossos alunos ao longo do primeiro semestre. A cada ano trabalhamos um tema. Em 2018 estamos discorrendo sobre a água. Nossos estudantes, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio praticam pesquisas a partir de um roteiro elaborado que prevê aulas teóricas, experimentos, aula de campo e pesquisas”, explica a coordenadora pedagógica, que desta ainda que o “evento é devidamente registrado. Possui ISSN. Assim, desde a Educação Básica os alunos constroem seu currículo lattes”. 

Ao longo de 2018 o tema vem sendo trabalhado em diferentes disciplinas. Professores e alunos focaram em projetos e ciclos de discussões. “Por meio do tema, a intenção é fazer com que o estudante reflita sobre a complexidade da vida na terra e como sua atitude afeta as pessoas e o meio ambiente”, conclui Fabiana.

Essa é a oportunidade da comunidade escolar observar na prática o que é uma proposta pedagógica e como isso se reflete na vida estudantil e da própria família do estudante.  

DESTAQUES DOS EDITORES