Publicidade

Coreia do Norte prende cidadão americano na imigração

SÃO PAULO, SP, 25 de abril (Folhapress) - A Coreia do Norte prendeu um cidadão americano acusado de comportamento impetuoso durante sua passagem pelos serviços de imigração em sua chegada ao país, no dia 10 de abril, indicou hoje a agência de notícias oficial KCNA.

Em uma breve nota, a KCNA indica que o americano, identificado como Miller Matthew Todd, de 24 anos, foi detido no dia 10 de abril "por seu comportamento impetuoso durante as formalidades de entrada" na Coreia do Norte.
A KCNA disse que Todd tinha um visto de turista para a Coreia do Norte, mas que o rasgou em pedaços e gritou que ele tinha vindo "para a Coreia do Norte depois de escolher o país como abrigo."

O anúncio da detenção coincide com o início da visita de dois dias do presidente americano, Barack Obama, à Coreia do Sul.

Missionário

Kenneth Bae, um missionário americano-coreano, está preso há mais de um ano na Coréia do Norte e foi condenado a 15 anos de trabalhos forçados sob a acusação de tentar derrubar o governo do país comunista.

A Coreia do Norte rejeitou uma oferta de Robert King, enviado especial dos EUA para assuntos norte-coreanos de direitos humanos, que iria visitar Pyongyang para discutir o caso de Bae em agosto de 2013 e rescindiu um convite para uma visita em fevereiro de 2014.

Obama, disse hoje que a Coreia do Norte representa uma ameaça não apenas para a Ásia, mas também para os Estados Unidos. Ele e a presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye disseram que iriam responder com firmeza a qualquer "provocação" do norte.

DESTAQUES DOS EDITORES