Campeonato Brasileiro

Coritiba precisa pontuar no Ceará para ter chance de alcançar meta do treinador

(Foto: Divulgação/ Coritiba)

O Coritiba joga na noite deste sábado (24 de outubro) contra o Ceará, no Castelão, em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. E para a equipe ainda ter chance de alcançar a meta estabelecida pelo técnico Jorginho, de somar ao menos 20 pontos no primeiro turno da competição, é necessário que o time volte de Fortaleza com ao menos um ponto na bagagem.

Até aqui, o time paranaense soma apenas 16 pontos em 17 rodadas, com quatro vitórias, quatro empates e nove derrotas (é a equipe que mais vezes foi batida no campeonato, ao lado do Sport). A péssima campanha, com apenas 31,4% de aproveitamento, deixa o Coxa em situação delicada, na 18ª colocação, dois pontos atrás do Vasco, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Há algumas semanas, o técnico Jorginho havia estabelecido que a meta do time era conseguir, ao fim das primeiras 19 rodadas do Brasileirão, somar ao menos 20 pontos na tabela, para não se complicar ainda mais na luta contra o rebaixamento no segundo turno. E para que isso seja possível, é necessário ao menos um empate na Arena Castelão - na última rodad do turmo, no dia 31/10, o Coxa encara o Atlético-GO, no Couto Pereira.

Para o confronto contra os cearenses, o desfalque será o volante Hugo Moura, suspenso após tomar três cartões amarelos. Os laterais Jonathan e Patrick Vieira e os zagueiros Rodolfo Filemon e Rhodolfo, por sua vez, estão em recuperação e também ficam de fora.

A novidade, por outro lado, será o retorno do zagueiro Sabino, que não enfrentou o Santos, no último domingo, por uma cláusula contratual. Além disso, também é possível que o volante Matheus Sales seja escolhido para ocupar a lateral-dreita, algo que aconteceu na última partida, quando Matheus Galdezani substituiu o lateral Natanael. Galdezani então entrou no meio de campo e Sales foi deslocado para o lado do campo.

Caso o técnico Jorginho realmente opte por essa improvisação, Natanel sairia então do time titular e o paraguaio Ramón Martínez poderia entrar no onze inicial. Dessa forma, a possível escalação do Coritiba seria a seguinte: Wilson; Matheus Sales, Sabino, Nathan Silva e William Matheus; Matheus Galdezani e Ramón Martínez (Natanael); Yan Sasse, Giovanni Augusto e Robson; Rodrigo Muniz.