Pior momento da pandemia

Covid-19: 'Sistema hospitalar de Curitiba não tem para onde expandir', diz secretária da Saúde

(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

A  Secretaria Municipal da Saúde ativou neste sábado (27) mais 15 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19. Os novos leitos ficam no Hospital Santa Casa. Com isso, a cidade conta com 378 leitos de UTI, o maior número atingido desde o início da pandemia na cidade. Além dos 378 leitos UTIs a rede pública de assistência hospitalar para os pacientes com sintomas respiratórios conta com outros 486 leitos clínicos exclusivos para covid-19: um total de 864 leitos SUS exclusivos para covid-19. Os novos leitos vão além dos 553 inicialmente previstos no plano de contingência de enfrentamento à pandemia do município. Segundo a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak com as novas ativações o município atinge sua capacidade máxima de expansão de leitos de UTIs exclusivos para a covid-19.

“O momento é delicado e precisamos de toda a colaboração da população para reduzir a transmissão da doença. Nosso sistema hospitalar não tem mais para onde expandir. Estamos fazendo o possível e o impossível para não faltar assistência para os curitibanos”, disse. Márcia lembra ainda que abrir novos leitos não depende apenas de espaço físico. “Um leito para pacientes com covid-19 exige muita complexidade, equipamentos adequados e profissionais intensivistas especializados, tudo isso tem um limite”, explicou a secretária.

Cerca de 50% dos atendimentos de pacientes de covid-19 em Curitiba são feitos pela rede privada e a outra metade pela pública, mas Curitiba por ser a cidade com maior capacidade hospitalar, também recebe pacientes da região metropolitana. Para a secretária será necessário um esforço conjunto para passarmos por esse momento.

Mesmo com máximo de leitos, ocupação está em alta e há fila de pacientes

Mesmo com a ativação dos novos leitos a taxa de ocupação das UTIs segue alta. Neste sábado (27/2) a taxa de ocupação dos 378 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 está em 93%. No momento restam 25 leitos livres. A taxa de ocupação dos clínicos SUS covid-19 também vem aumentando: 87% dos 486 leitos clínicos estão ocupados. A capital que chegou a ter mais de 200 leitos clínicos livres em um dia, tem hoje apenas 64.

Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa),  no sábado (27), 127 pessoas com confirmação ou sintomas de Covid-19 estavam na fila por um leito em Curitiba e Região Metropolitana, sendo 47 para UTI e 80 para enfermaria. 

Poucos respiradores

O secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, afirmou que o Paraná tem apenas 17 respiradores na reserva técnica para atender toda a rede hospitalar do Estado. A declaração foi feita nesta manhã de sábado, 27, em entrevisa ao Bom Dia Sábado. O Paraná tem cerca de 70 hospitais com pacientes da Covid-19.

Desde o início da pandemia já foram distribuídos mais de 700 respiradores em toda a rede hospitalar do estado. Um pedido emergencial por mais aparelhos foi feito para o Ministério da Saúde, mas, segundo o secretário, o governo federal está com dificuldades para fornecer.  "Se nós quisermos abrir mais 80 leitos que necessitem de respiradores para entrar em operação, não temos. Estamos em um limite muito perigoso", disse Beto Preto.